Metodologias ativas na Pós-Graduação: relato de caso da disciplina Educação Ambiental para a Sustentabilidade

Autores

  • Regina Lúcia Félix de Aguiar Lima Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)
  • Alessandra Gomes Marques Pacheco Secretaria de Municipal de Educação de Petrolina, Petrolina, Pernambuco
  • Elâine Maria Santos Ribeiro Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.11446

Palavras-chave:

Aprendizagem Invertida; Educação remota; TIC; Educação em tempos de Covid19; Ensino on-line.

Resumo

A aprendizagem invertida é uma metodologia ativa que possibilita a construção de conhecimentos de forma significativa e rompe barreiras físicas, geográficas e temporais. Nesse relato de caso visamos descrever a inversão da disciplina Educação Ambiental para a Sustentabilidade e aprendizagem baseada em projeto. A organização da disciplina foi feita seguindo o Guia para Utilização da Aprendizagem Invertida no Ensino Superior, de Robert Talbert. A experiência com a aprendizagem invertida, pactuada por docentes e discentes do mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental e viabilizada por tecnologias de informação e comunicação, foi exitosa frente ao desafio educacional enfrentado no contexto da pandemia causada pela Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABEYSEKERA, L.; DAWSON, F. Motivation and cognitive load in the flipped classroom: definition, rationale and a call for research. Higher Education Research and Development, v. 34, n. 1, p. 1-14, 2015.
ANDERSON, L.W.; KRATHWOHL, D.R.; BLOOM, B.S. A taxonomy for learning, teaching, and assessing: a revision of Bloom’s taxonomy of educational objectives. New York: Allyn & Bacon. 2001.
BACICH, L.; MORAN, J. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática (Série Desafios da Educação), Porto Alegre: Penso, 2018. E-book.
CAMARGO, F.; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo (Série Desafios da Educação), Porto Alegre: Penso, 2018. E-book.
DEBALD, B. Metodologias ativas no ensino superior: o protagonismo do aluno (Série Desafios da Educação), Porto Alegre: Penso, 2018. E-book.
DEMIREL, E.E. Basics and key principles of flipped learning: classes upside down. International Journal of Languages, Literature and Linguistics, v. 2, n. 3, 2016. DOI: 10.18178/ijlll.2016.2.3.77
FERRAZ, A.P.C. M.; BELHOT, R.V. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instrucionais. Gest. Prod., v. 17, p. 421-431, 2010.
FLN - Flipped Learning Network. Definition of flipped learning. 2014. Disponível em: http://flippedlearning.org/definition-of-flipped-learning/. Acesso em: 17 jul. 2020.
GUERRA, A.F.S., ORSI, R.F.M., STEUCK, E.R., SILVA, M.P., SERPA, P.R., SANTOS, B.C.L.S., ROCKETT, A.N. Educação Ambiental: a resistência e o esperançar em tempos de pandemia. Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA), v. 15, n. 4, p. 237-258, 2020. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.10794
LAGE, M.J.; PLATT, G.J.; TREGLIA, M. Inverting the classroom: a gateway to creating an inclusive learning environment. Journal of Economic Education, v. 31, n. 1, p. 30-43, 2000.
LAYRARGUES, F.P.; LIMA, G.F.C. As macrotendências político-pedagógicas da educação ambiental brasileira. Ambiente e Sociedade v. XVII, n. 1, p. 23-40, 2014.
LO, C.; HEW, K. A critical review of flipped classroom challenges in K-12 education: possible solutions and recommendations for future research. Research and Practice in Tecnology Enhanced Learning v. 12, n. 4, 2017. DOI: 10.1186/s41039-016-0044-2
O‘FLAHERTY, J.; PHILLIPS, C. The use of flipped classrooms in higher education: a scoping review. The Internet and Higher Education, v. 25, p. 85-95, 2015.
SOARES-LEITE, W.S.; NASCIMENTO-RIBEIRO, C.A. A inclusão das TICs na educação brasileira: problemas e desafios. Magis, Revista Internacional de Investigación en Educación, v. 5 n. 10, p. 173-187, 2012.
TALBERT, R. Guia para Utilização da Aprendizagem Invertida no Ensino Superior (Série Desafios da Educação), Penso: Porto Alegre, 2019. E-book.
TREVELIN, A.T.C.; PEREIRA, M.A.A.; OLIVEIRA NETO, J.D. A utilização da “sala de aula invertida” em cursos superiores de tecnologia: comparação entre o modelo tradicional e o modelo invertido “flipped classroom” adaptado aos estilos de aprendizagem. Revista de Estilos de Aprendizaje, v. 6, n. 12, p. 137-150. 2013.
VALENTE, J.A. Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Educar em Revista, v. 4, p. 79-97, 2014.

Downloads

Publicado

28-11-2020

Como Citar

Lima, R. L. F. de A., Pacheco, A. G. M., & Ribeiro , E. M. S. (2020). Metodologias ativas na Pós-Graduação: relato de caso da disciplina Educação Ambiental para a Sustentabilidade. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(6), 4–16. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.11446
##plugins.generic.dates.received## 2020-11-27
##plugins.generic.dates.published## 2020-11-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.