Fungolândia: jogo educativo de tabuleiro sobre a diversidade e importância dos fungos da Caatinga

Autores

  • Isnara Evelin Barbosa da Silva Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)
  • Laís Alanna de Sá Jardim Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)
  • Elâine Maria Santos Ribeiro Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)
  • Regina Lúcia Félix de Aguiar Lima Universidade de Pernambuco (UPE) - Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.11449

Palavras-chave:

Reino Fungi; Ferramenta didática; Serviços ecossistêmicos; Educação Ambiental; Metodologias ativas.

Resumo

Os fungos estão distribuídos em todos os ecossistemas da biosfera, onde atuam principalmente como decompositores da matéria orgânica e na ciclagem biogeoquímica. Apesar de sua importância e distribuição, sua presença nos ecossistemas nem sempre é percebida, pois há espécies micro e macroscópicas. Visando contribuir para o conhecimento a diversidade dos fungos e seus serviços ecossistêmicos na Caatinga, foi desenvolvido o jogo de tabuleiro Fungolândia, destinado à educação básica. Fungolândia apresenta algumas espécies de fungos que ocorrem na Caatinga e o papel que podem desempenhar em ambientes naturais e urbanos. O jogo é uma ferramenta didática para o professor e contribui para o aprendizado de forma lúdica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSOCIAÇÃO CAATINGA. Bioma Caatinga. 2020. Disponível em: https://www.acaatinga.org.br/sobre-a-caatinga/?gclid=Cj0KCQjwwuD7BRDBARIsAK_5YhUNlVed1EpaXFdl9bJx077RWpytXSqumKJ2yF0Y6FjLpDHY47V9HrsaAuDiEALw_wcB. Acesso em: 1 de outubro de 2020.
BARBOSA-SILVA, A.M.; SILVA, A.C.; PEREIRA, E.C.G.; BURIL, M.L.L.; SILVA, N.H.; CÁCERES, M.E.S.; APTROOT, A.; BEZERRA-GUSMÃO M.A.; Richness of lichens consumed by Constrictotermes cyphergaster in the Semi-arid Region of Brazil. Sociobiology v. 66, n. 1, p. 154-160, 2019. https://doi.org/10.13102/sociobiology.v66i1.3665
BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999. Política Nacional de Educação Ambiental. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm. Acesso em: 22 de julho de 2020.
BRASIL. Serviços ecossistêmicos. Ministério do Meio Ambiente – MMA, Brasília, 2018. Disponível em: https://www.mma.gov.br/biodiversidade/economia-dos-ecossistemas-e-da-biodiversidade/servi%C3%A7os-ecossist%C3%AAmicos.html Acesso em: 22 de julho de 2020.
BRASIL. Caatinga. Ministério do Meio Ambiente – MMA. Brasília, 2020. Disponível em: https://www.mma.gov.br/biomas/caatinga.html. Acesso em 1 de outubro de 2020.
BREDA, T.V.; PICANÇO, J.L. Jogo de tabuleiro “Conhecendo o Parque Ecológico" como recurso lúdico e educacional em geociências. 2015. Disponível em: http://abrapecnet.org.br/atas_enpec/viiienpec/resumos/R0037-1.pdf Acesso em: 1 de outubro de 2020.
CONAMA, Conselho Nacional do Meio Ambiente, Ministério do Meio Ambiente. Resolução nº 001, de 23 de janeiro de 1986. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res86/res0186.html Acesso em: 04 de outubro de 2020.
DRECHSLER-SANTOS, E.R.; SANTOS, P.J.P.; GIBERTONI, T.B.; CAVALCANTI, M. A. Q. Ecological aspects of Hymenochaetaceae in an area of Caatinga (semi-arid) in Northeast Brazil. Fungal Diversity v. 42, p. 71–78, 2010. https://doi.org/10.1007/s13225-010-0021-9
DOMICIANO, M. F. I. Controle alternativo da antracnose na pimenta (Capsicum spp.) causada por fungo do gênero Colletotrichum gloeosporioides. Minas Gerais, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/29041/3/ControleAlternativoAntracnose.pdf. Acesso em: 17 de outubro de 2020.
ESPOSITO, E.; AZEVEDO, J.L. Fungos: uma introdução à biologia, bioquímica e biotecnologia. 2 ed. Caxias do Sul: Educs, 2010.
FALKOSKI, L. Experiências pedagógicas em educação ambiental. Eventos Pedagógicos. 2020. Disponível em http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/view/4116/278. Acesso em: 14 de Outubro de 2020.
FREIRE, N.C.F.; MOURA, D.C.; SILVA, J.B.; MOURA, A.S.; MELO, J.I.M.; PACHECO, P. Atlas das caatingas: o único bioma exclusivamente brasileiro. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2018.
GRÜBEL, J.M.; BEZ, M.R. Jogos Educativos. Renote, v. 4, n. 2, p. 1–7, 2006.
LIMA, C.E.P.L.; SANTANA, A.S.; MERGULHÃO, A.C.E.S.; LIMA, R.L.F. A. Micorriza arbuscular: alternativa para uso na agricultura sustentável. In: FIGUEIREDO, M.V.B. et al. Tecnologias potenciais para uma agricultura sustentável. Recife: Ipa/Emater/Seagri-AL, 2013.
LUCHETA, F. et al. Comunidade de liquens corticícolas em um gradiente de urbanização na Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos, no sul do Brasil. Rodriguésia, v. 69, n. 2, p. 323-334, 2018.
KAVANAGH, K. Fungi: biology and applications. London: John Wiley & Sons. 2005.
MAIA, L.C. Fungos do Parque Nacional do Catimbau. Recife: Editora UFPE, 2014.
MENEZES, I.S.; FREITAS, S.H.S.; CARA, P.A.A.; COUTO-SANTOS, A.P.L. Jogo didático como ferramenta para a Educação Ambiental no município de Itapetininga (BA). Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA), v. 11, n. 5, p. 19-29, 2016. https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.2181
MIRANDA, S. Do fascínio do jogo à alegria do aprender nas séries iniciais. Ciência hoje, v. 28, n.168, p. 64-65. São Paulo: Papirus, 2001.
PEIXOTO, A.L.; LUZ, J.R.P.; BRITO, M.A. Conhecendo a biodiversidade. Brasília: Vozes, 2016.
PUTZKE, J. Cogumelos no Sul do Brasil. Estrela: Casa das Letras, 2014.
REIGOTA, M. O que é educação ambiental. São Paulo: Brasiliense, 2017.
SILVA, C.J.A.; MALTA, D.J.N. A importância dos fungos na biotecnologia. Caderno de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde, v. 2, n. 3, p. 49-66, 2016.
SILVA, J.M.C.; LEAL, I.R.; TABARELLI, M. Caatinga: the largest tropical dry forest region in South America. Cahm: Springer International Publishing, 2017.
SILVA, P.C.G.; MOURA, M.S.B.; KIILL, L.H.P.; BRITO, L.T.L.; PEREIRA, L.A.; SÁ, I.B.; CORREIA, R.C.; TEIXEIRA, A.H.C.; CUNHA, T.J.F.; GUIMARÃES FILHO, C. Caracterização do semiárido brasileiro: Fatores naturais e humanos. In: Sá, I.B.; SILVA, P.C.G. (Eds.), Semiárido brasileiro: Pesquisa, desenvolvimento e inovação. Petrolina: Embrapa Semiárido, 2010.
SILVA, S.S., IZABEL, T.S.S., GUSMÃO, L.F.P., 2014. Fungos conidiais associados a substratos vegetais submersos em algumas áreas do bioma Caatinga. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2175-78602014000200014&lng=pt&tlng=pt Acesso em: 14 de Outubro de 2020.
SMITH, S.E.; READ, D.J. Mycorrhizal Symbiosis. 3 ed. San Diego: Elsevier. 2008.
SPIELMANN, A.A. Fungos Liquenizados. São Paulo: Instituto de Botânica - IBt., 2006.
STOFELL, S.C.G., et al. Micorrizas arbusculares no crescimento de leguminosas arbóreas em substrato contendo rejeito de mineração de carvão. CERNE. v. 22, n. 2, 2016. Disponível: https://doi.org/10.1590/01047760201622021969.
TABARELLI, M., LEAL, I.R., SCARANO, F.R., SILVA, J.M.C. Caatinga: legado, trajetória e desafios rumo à sustentabilidade. Ciência e Cultura v. 70, p. 25-29. 2018.
TEIXEIRA, M.N. O sertão semiárido. Uma relação de sociedade e natureza numa dinâmica de organização social do espaço. Sociedade e Estado, v. 31, n. 3, p. 769–780, 2016.
VICHIATO, B.T.; LIMA, P.J. A educação ambiental a partir de jogos: aprendendo de forma prazerosa e espontânea. p. 1–13, 2011.

Downloads

Publicado

28-11-2020

Como Citar

Silva, I. E. B. da, Jardim, L. A. de S., Ribeiro , E. M. S., & Lima, R. L. F. de A. (2020). Fungolândia: jogo educativo de tabuleiro sobre a diversidade e importância dos fungos da Caatinga. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(6), 52–99. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.11449

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)