ESTRATÉGIAS PARA O ACOLHIMENTO DO PROFESSOR INICIANTE EM ESCOLAS TÉCNICAS: aspectos do início da trajetória docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2023.v11.14813

Palavras-chave:

integração do professor, integração docente-assistencial, progressão na carreira docente

Resumo

O início da trajetória profissional docente é um momento decisivo, que envolve sentimentos como expectativas e inseguranças causadas pelo novo. A descoberta desse universo docente pode ser complexa, distinta do que os professores imaginavam quando ainda eram acadêmicos. O estudo possui como objetivo geral propor estratégias para o melhor acolhimento de professores iniciantes em um Centro de Estudo Tecnológico. A metodologia escolhida foi uma abordagem qualitativa. Esse artigo é parte de uma dissertação de mestrado na qual foram pesquisadas duas escolas de nível médio e técnico, situadas no estado de São Paulo. Sessenta e um professores responderam a três questionários e oito docentes considerados iniciantes, segundo Huberman (1989), ou seja, lecionando há até 3 anos nessa instituição, participaram de um grupo de discussão com 3 encontros. A análise dos dados empregada foi a do materialismo histórico-dialético, baseada em Vygotsky, com base nos Núcleos de Significação (NS) propostos por Aguiar e Ozella (2006, 2013). Neste texto discute-se um Núcleo de Significação intitulado: Estratégias para o acolhimento do docente iniciante em escolas técnicas. Conclui-se que um programa de mentoria pensado para o Centro de Estudo Tecnológico pesquisado cooperaria para um acolhimento do docente inexperiente de modo humanizado, proporcionando-lhe maior segurança.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziélli Teixeira da Rocha Santos, Universidade de Taubaté - UNITAU

Mestre em Educação Profissional pela UNITAU (2023), licenciada em Pedagogia pela FACIC (2018), pós-graduada em Saúde Pública (2016) pela UNINTER, pós-graduada em Docência em Enfermagem (2014) pela Faculdade de Tecnologia Paulista, pós-graduada em Enfermagem do Trabalho pela UNITAU (2012), bacharel em Enfermagem pela UNIFATEA (2010).

Cristovam da Silva Alves, Universidade de Taubaté - UNITAU

Doutor e Mestre em Educação: Psicologia da Educação pela PUC/SP, graduado em Ciências com Habilitação em Biologia (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade de Mogi das Cruzes/SP (1983) e em Pedagogia (Licenciatura) pela Universidade Camilo Castelo Branco/SP (1986), professor permanente no MPE/UNITAU.

Referências

AGUIAR, Wanda Maria Junqueira; OZELLA, Sérgio. Núcleos de significação como instrumento para a apresentação da constituição dos sentidos. Psicologia: ciência e profissão, junho, 2006. Acesso em: 11 nov. 2022.

AGUIAR, Wanda Maria Junqueira; OZELLA, Sérgio. Apreensão dos sentidos: aprimorando a proposta dos núcleos de significação. Ver. Bras. Est. Pedag., v. 94, n. 236, p. 299-322, jan./abr, 2013. Acesso em: 4 out. 2022.

ANDRÉ, Marli. Políticas de formação continuada e de inserção à docência no Brasil. Educação Unisinos, v. 19, n. 1, p. 34-44, jan.-abr. 2015. Disponível em: https://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/edu.2015.191.03/4570. Acesso em: 12 mar. 2022.

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Professores iniciantes: egressos de programas de iniciação à docência. Revista Brasileira de Educação. V. 23, p.1-20, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/BY5fzpxPtrsBp5gbhXYJcfj/abstract/?lang=pt. Acesso em: 7 fev. 2022.

BOCK, Ana Mercês Bahia.; GONÇALVES, Maria das Graças Marchina; FURTADO, Odair. Psicologia Sócio-histórica: Uma perspectiva crítica em Psicologia. 6ª ed. São Paulo, Cortez Editora, 2015. Acesso em: 14 jul. 2021.

CALIL, Ana Maria Gimenes; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo André. La Política de Formación de Sobral/CE: un trabajo de corresponsabilidad institucional. PARADIGMA, [S. l.], v. 42, n. e2, p. 65-87, 2021. Disponível em: http://revistaparadigma.online/ojs/index.php/paradigma/article/view/1051/944. Acesso em: 26 set. 2022.

CASSÃO, Pamela Aparecida. CHALUH, Laura Noemi. Da solidão do trabalho docente à necessidade do trabalho coletivo na escola: relatos de professores iniciantes. Revista de Educação, PUC-Campinas, v.23, nº2, 2018. Disponível em: https://periodicos.puc-campinas.edu.br/reveducacao/article/view/3863/2607. Acesso em: 26 set. 2021.

COSTA, Fátima Roseni. As significações de professores dos anos iniciais da educação básica sobre o PNAIC. 2020. 121 páginas. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) – Universidade de Taubaté (UNITAU), Taubaté, 2020. Disponível em: https://mpe.unitau.br/wp-content/uploads/dissertacoes/2020/Fatima-Roseni-da-Costa.pdf. Acesso em: 29 ago. 2021.

FERREIRA, Andreia Dias Pires; CALIL, Ana Maria Gimenes; PINTO, Joseane Amâncio; SOUZA, Mariana Aranha de. A inserção profissional sob o olhar dos professores iniciantes: possibilidades de implantação de políticas públicas. Educação, Porto Alegre. 40, n. 3, p. 431-439, set.- dez. 2017. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/26148/16542. Acesso em: 29 ago. 2022.

HUBERMAN, Michael. On teachers careers: once over light, with a broad brush. International Journal of Educationa Research, v.13, n. 4, 1989, pp. 347-62. Acesso em: 12 maio 2021.

HUBERMAN, Michael. O Ciclo de vida profissional dos professores in NOVOA, A. (org.) Vidas de professores. Portugal: Porto Editora, 2013, p. 31-61. Acesso em: 15 jun. 2021.

IMBERNÓN Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo, Cortez Editora, 2009. Acesso em: 8 set. 2021.

LIBÂNEO, José Carlos. Organização e Gestão da Escola: teoria e prática. 5ed. Revisada e ampliada. Goiânia, GO: Alternativa, 2004. Acesso em: 1 nov. 2021.

MAGALHÃES, Luciana de Oliveira Rocha. A dimensão subjetiva dos processos de inclusão escolar no movimento da pesquisa-trans-formação. 2021. 608 páginas. Tese (Dourado em Educação: Psicologia da Educação). São Paulo, PUCSP, 2021. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/23706/2/Luciana%20de%20Oliveira%20Rocha%20Magalh%c3%a3es.pdf. Acesso em: 1 nov. 2021.

MARCELO GARCIA, Carlos. Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Revista de Ciências da Educação. Nº 8, jan/abril, 2009. Disponível em: http://www.unitau.br/files/arquivos/category_1/MARCELO___Desenvolvimento_Profissional_Docente_passado_e_futuro_1386180263.pdf. Acesso em: 14 jul. 2021.

MARCELO GARCÍA, Carlos. Formação de professores: para uma mudança educativa. Tradução de Isabel Narciso. Porto: Portugal, 1999. Acesso em: 17 set. 2021.

MARCELO GARCÍA. Carlos. O Professor Iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Formação Docente. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, Autêntica, Belo Horizonte, v. 03, n. 03, p. 11-49, ago./dez. 2010. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/234007470_O_professor_iniciante_a_pratica_pedagogica_e_o_sentido_da_experiencia. Acesso em: 28 ago. 2022.

MARCELO GARCÍA, Carlos; VAILLANT, Denise Elena Políticas y programas de inducción en la docencia en Latinoamérica. Cadernos de Pesquisa, v. 47, n. 166, p. 1224-1249, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/yHHMMHyY7TnCtkZFGCQrsKP/?lang=es#:~:text=Los%20programas%20de%20inducci%C3%B3n%20a,proceso%20de%20convertirse%20en%20docente. Acesso em: 14 jul. 2022.

MORICONI, Gabriela. et al. Formação continuada de professores: contribuições da literatura baseada em evidências. São Paulo: Fundação Carlos Chagas (FCC), 2017. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/textosfcc/issue/view/340/169. Acesso em: 19 maio 2021.

NÓVOA, António. Desafios do trabalho do professor no mundo contemporâneo. Nada substitui o bom professor. Palestra proferida no Sindicato dos Professores de São Paulo, São Paulo: 2006. Acesso em: 6 jun. 2022.

NÓVOA, António. Imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009. Acesso em: 6 jun. 2022.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 5ª edição, 2005. Acesso: 17 maio 2021.

TIBA, Aline Massako Murakami. Processos de tornar-se mentora: um estudo de caso sobre uma participante do programa híbrido de mentoria da UFSCAR. 2022. 121 páginas. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2022. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/16978/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20-%20ALINE%20MASSAKO%20MURAKAMI%20TIBA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 10 dez. 2022.

VILLANI, Susana. Mentoring programs for new teachers: models of Induction and Support. Thousand Oaks, California: Corwin Press, 2002. Acesso em: 1 set. 2022.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1998. Acesso em: 6 jun. 2021.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2001. Acesso em: 21 jul. 2021.

Downloads

Publicado

2023-10-21

Como Citar

Santos, G. T. da R. ., & Alves, C. da S. . (2023). ESTRATÉGIAS PARA O ACOLHIMENTO DO PROFESSOR INICIANTE EM ESCOLAS TÉCNICAS: aspectos do início da trajetória docente. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 11(1). https://doi.org/10.34024/olhares.2023.v11.14813