Reconhecimento e validação de indicadores de sustentabilidade aplicáveis ao ensino superior: estudo de caso aplicado à Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)

Autores

  • Natalia Cassis Molina de Siqueira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)
  • Arthur Bispo Ferreira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)
  • Fabiana Alves Fiore Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14845

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Indicadores, Instituições de Ensino Superior

Resumo

Para medir os avanços rumo à sustentabilidade, são adotados indicadores que propiciam a leitura das condições de qualidade em ciclos de melhoria. Nesse contexto, o presente estudo objetiva reconhecer e validar um conjunto de indicadores aplicáveis à auto-certificação de IES, com estudo de caso na UNESP. Para tal, foi realizada revisão sistemática que subsidiou a proposição de uma lista inicial de indicadores validada com membros da comunidade acadêmica na temática, por meio de uma Survey. Dentre os resultados destacam-se: o reconhecimento de ferramentas de sustentabilidade aplicáveis a IES e a proposição de categorias e subcategorias de indicadores de sustentabilidade aplicáveis a IES em casos de auto certificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, C.M.V.B.; SANTOS, P.; BONILLA, S.H.; GIANNETTI, B.F.; HOUSING, D. The roles, Australian engineering curriculum. J Clean Prod. v.18, pp.652–658. 2013.

BELLEN, H.M.V. Indicadores de sustentabilidade: um levantamento dos principais sistemas de avaliação, 2004.

BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Vamos cuidar do Brasil com escolas sustentáveis: educando-nos para pensar e agir em tempos de mudanças socioambientais globais. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, Ministério do Meio Ambiente; elaboração de texto: Tereza Moreira. -- Brasília: A Secretaria, 2012.

COSTA LIMA, G. F. O debate da sustentabilidade na sociedade insustentável. Revista de ciências sociais-política & trabalho, v.13, 1997.

DESHA, C.J.; Hargroves K.C. Surveying the state of higher education in energy efficiency, in energy synthesis study of the engineering programme at the Paulista University in Brazil. 2010. Disponível em: <http://www.advancesincleanerproduction.net/papers/journals/2013/2013_jcp.pdf>. Acesso em: 12 de julho de 2023.

FREITAS, H.; OLIVEIRA, M.; SACCOL, A.Z.; MOSCAROLA, J. O método de pesquisa survey. Revista de Administração, v.35, n.3, p.105-112, 2000.

FOLARI, G. Avanços e limites da sustentabilidade social. Revista Paranaense De Desenvolvimento. Revista Paranaense de Desenvolvimento, v.102, p. 103–113. 2002.

UI GREENMETRIC. Guideline of UI GreenMetric World University Ranking 2020. Universitas Indonesia: Depok, Indonesia, 2020. Disponível em: <http://greenmetric.ui.ac.id/ranking-by-country-2019/>. Acesso em: 12 de julho de 2023.

GUIMARÃES, R.P.; FEICHAS, S.A.Q. Desafios na construção de indicadores de sustentabilidade, Ambient. soc., v.12, n.2, 2009.

HORDIJK, I. Position paper on sustainable universities. J. Clean. Prod., v.14, p.810-819, 2014.

JACOBI, P. Meio ambiente e sustentabilidade. In: O Município no século XXI: cenários e perspectivas. Cepam–Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal, p. 175-183, 1999.

LIKERT, R. A technique for the measurement of attitudes. Archives of psychology, v.22, n.140, 1932.

LOZANO, R. A tool for a graphical assessment of sustainability in universities (GASU). Journal of Cleaner Production, v.14, n.2, p. 963-72. 2006.

LUCKMAN, R.; GLAVIC, P. What are the key elements of a sustainable university? Clean Technol. Environ., v.9, p.103–114, 2007.

MAMAT, L.; NOOR, E.A.B.; SHAROM, M.D.Z.; RAHMAH, E. Environmental Sustainability Indicators As Impact Tracker: A Review. Journal of Sustainability Science and Management, v.11, n.1, p.29-42, 2016.

MOREIRA, G.A.S.; MEDEIROS, M.G.S.; MICARONI, R.C.C.M.; SILVA, W.R.R.; ARRUDA, B.M.; RUTKOLWSKI, E.W. Programa Unicamp LixoZero. Anais do 4th National Workshop on UI GreenMetric World University Rankings for Brazilian Universities, 2020. Disponível em: <https://www.depi.unicamp.br/wp-content/uploads/2020/10/ANAIS_NWGM.pdf#page=22>. Acesso em 09 de agosto de 2023.

NIXON, A. Improving the Campus Sustainability Assessment Process. Honors Theses,1405, 2002. Disponível em: <http://scholarworks.wmich.edu/honors_theses/1405>. Acesso em 09 de agosto de 2023.

PACHECO, R.M. Análise Da Sustentabilidade Das Operações Dos Campi Da Universidade Federal De Santa Catarina Com A Ferramenta Stars. Dissertação de mestrado, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/168644/339927.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em 09 de agosto de 2023.

PERCHINUNNO, P.; CAZZOLE, M. A clustering approach for classifying universities in a world sustainability ranking. Environmental Impact Assessment Review, v.85, 2020.

PIRES, J.M.D.C.M. Proposta para certificação ambiental em um campus universitário. Disponivel em: <http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1296#preview-link0> Acesso em: 22 de junho de 2021.

SANTOS, M.S. Escolas Sustentáveis no Brasil: As COM-VIDAS – “Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida” – como mobilizadoras da participação da comunidade local e de transformações socioambientais nas escolas. Dissertação de mestrado, Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2019. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/handle/11449/182343>. Acesso em: 26 de junho de 2021.

SEARCY, D.; MENTZER, J. A framework for conducting and evaluating research. Journal of Accounting Literature, v.22, p.130-69, 2003.

SILVA E SOUZA, B. Sistematização de indicadores de sustentabilidade aplicáveis à unidades educacionais. Universidade Estadual Paulista (Unesp), Trabalho de conclusão de curso, Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2021. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/216336>. Acesso em: 26 de junho de 2021.

TAUCHEN, J.; BRANDLI, L.L. A gestão ambiental em instituições de ensino superior: modelo para implantação em campus universitário" Gestão & Produção, v.13, n.3, p.503-515, set.-dez. 2006

UNESCO - United Nations Educational Scientific and Cultural Organization (2014) Education for sustainability—from Rio to Johannesburg: lessons learnt from a decade of commitment. 2002. Disponível em: <http://www.unesco.org/new/en/jakarta/education/education-for-peace-and-sustainabledevelopment-psd/education-esd/>. Acesso em: 26 de junho de 2021.

Downloads

Publicado

18-08-2023

Como Citar

Siqueira, N. C. M. de, Ferreira, A. B., & Fiore, F. A. (2023). Reconhecimento e validação de indicadores de sustentabilidade aplicáveis ao ensino superior: estudo de caso aplicado à Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 18(5), 368–381. https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14845

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2023-02-16
Aceito: 2023-03-17
Publicado: 2023-08-18

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.