A Educação Ambiental nos curso técnicos integrados ao ensino médio do campus Penedo – IFAL: análise dos livros didáticos de língua portuguesa e a construção de cartilha ambiental

  • Adriano Souza Freitas IFAL
  • Denise Regina Costa Aguiar Universidade Brasil
  • Cristina Veloso Castro Universidade Brasil
Palavras-chave: Educação Ambiental. Língua Portuguesa. Livro didático. Paradidático. Paulo Freire.

Resumo

A Educação Ambiental (EA) é um processo contínuo, permanente e interdisciplinar, está relacionada à cultura, à ética, à economia, à política e à ecologia. Sendo isso considerado, este trabalho pretende analisar como a (EA) está introduzida nos livros didáticos (LD) de Língua Portuguesa (LP) adotados pelo campus Penedo (IFAL). A metodologia da investigação é documental-bibliográfica de cunho exploratório, subsidiada por Freire (1979, 1986, 1987, 2000, 2006 a&b), Reigota (2014), Guimarães (2014), Loureiro (2014) e Marcuschi (2008). Considerou-se que os LD tratam da EA de maneira superficial/introdutória no aspecto qualitativo, assim, foi confeccionado um paradidático, proposta interventiva em uma perspectiva crítico-emancipatória

Biografia do Autor

Adriano Souza Freitas, IFAL
Professor EBTT, Campus Penedo - IFAL
Denise Regina Costa Aguiar, Universidade Brasil
Doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil(2011).
Cristina Veloso Castro, Universidade Brasil
Doutorado em Sistema Constitucional de Garantias de Direito pelo Instituto Toledo de Ensino, Brasil(2015)
Publicado
2019-06-19
Como Citar
Freitas, A. S., Aguiar, D. R. C., & Castro, C. V. (2019). A Educação Ambiental nos curso técnicos integrados ao ensino médio do campus Penedo – IFAL: análise dos livros didáticos de língua portuguesa e a construção de cartilha ambiental. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 14(2), 306-327. https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2649
Seção
Artigos