Cardápio de ideias: reflexões e práticas de Educação Ambiental e segurança alimentar

Autores

  • Monise Terra Cerezini Universidade Federal de São Carlos, SP
  • Flávia Darre Barbosa Universidade de São Paulo, SP
  • Caroline Lins Ribeiro Ferreira Universidade Federal de São Carlos, SP

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13509

Palavras-chave:

Alimentação, Educação Ambiental, Meio Ambiente

Resumo

A questão ambiental articulada à segurança alimentar surge como uma necessidade para refletir sobre a problemática socioambiental suscitada pelo modelo hegemônico da produção agrícola. A presente pesquisa-ação, realizada no restaurante Mamãe Natureza, em São Carlos (SP), teve como objetivo ampliar a compreensão teórico e prática da Educação Ambiental dos/as clientes. Para o levantamento histórico, realizou-se entrevista semiestruturada com as sócias do restaurante e análise de documentos e fotos. A abordagemmunicativo-crítica orientou a produção de conhecimento mútuo e diversificado, em uma intervenção denominada “Cardápio de Ideias”, que resultou na sistematização de sugestões de atividades de Educação Ambiental e alimentação natural para o espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monise Terra Cerezini, Universidade Federal de São Carlos, SP

Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais

Flávia Darre Barbosa, Universidade de São Paulo, SP

Departamento de Geografia.

Caroline Lins Ribeiro Ferreira, Universidade Federal de São Carlos, SP

Departamento de Ciências Ambientais

Referências

ARAÚJO, I. M. M. D.; OLIVEIRA, A. G. R. D. C. Agronegócio e agrotóxicos: impactos à saúde dos trabalhadores agrícolas no nordeste brasileiro. Trabalho, Educação e Saúde, v. 15, p. 117-129, 2016.

ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DE SÃO CARLOS (APASC). Restaurante Mamãe Natureza. Disponível em: <http://apasc.org.br/RESTAURANTE/>. Acesso em: 06 de set. 2015.

BRASIL. Lei n. 10.831, de 23 de dezembro de 2003. Dispõe sobre a agricultura orgânica e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.831.htm>. Acesso em: 06 de set. 2015.

BRASIL. Lei n. 11.346, de 15 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN com vistas em assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11346.htm>. Acesso em: 06 de set. 2020.

BRASIL. Prefeitura de São Carlos. Programa municipal de coleta seletiva “recicla óleo”. Disponível em: <http://www.saocarlos.sp.gov.br/index.php/noticias/2009/154999-recicla-oleo.html>. Acesso em: 06 de out. 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. 2.ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

BRASIL. Prefeitura De São Carlos. Coleta Seletiva. Disponível em: <http://www.saocarlos.sp.gov.br/index.php/utilidade-publica/programa-municipal-de-coleta-seletiva.html>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

CARVALHO, I. C. M. Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004.

CEREALI, M.; WIZIACK, S. R. DE C. Hortas em espaços urbanos como ferramenta de Educação Ambiental, segurança alimentar e qualidade de vida. Revista Brasileira De Educação Ambiental, n.16, v.3, p.473–488, 2021.

ECOVILA TIBÁ. São Carlos. Disponível em: <http://www.ecovilatiba.org.br/site/index.phpb>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

FREIRE, A. M. A. O legado de Paulo Freire à Educação Ambiental. In: NOAL, F. O.; BARCELOS, V. H. L. Educação Ambiental e cidadania: cenários brasileiros. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2003. p. 11-21.

FUBÁ. Educação Ambiental e Criatividade. Disponível em: <https://fubaeaecriatividade.wordpress.com/>. Acesso em: 06 de out. 2015.

GRUN, M. Decartes, historicidade e Educação Ambiental. In: GRUN, M.; CARVALHO, I. C M; TRAIBER, R. Pensar o Ambiente: bases filosóficas para a Educação Ambiental.

INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (IDEC). Saiba o que são os alimentos transgênicos e quais os seus riscos. Disponível em: <http://www.idec.org.br/>. Acesso em: 02 de set. 2015.

INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL. Programa institucional de bolsa de iniciação à docência. Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável. Disponível em: <http://www.sertao.ifrs.edu.br/site/midias/arquivos/2013311105741464folder_plantas_nao_convencionais_(pancs).pdf>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

LEFF, E. Epistemologia ambiental. São Paulo: Cortez, 2001.

MAGRI, D. Governo encurta prazo para aprovar agrotóxicos e provoca desconfiança até no setor agrícola. Jornal El País. São Paulo, 29 de fevereiro de 2020. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/ciencia/2020-02-29/governo-encurta-prazo-para-aprovar-agrotoxicos-e-provoca-desconfianca-ate-no-setor-agricola.html>. Acesso em: 10 de fev. 2021.

MEDINA, N. M. Breve Histórico da Educação Ambiental. In: PÁDUA, S. M.; TABANÊS, M. P. Educação Ambiental: caminhos trilhados no Brasil. FNMA/IPE, 1997. p. 257-269.

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO E CULTURA (MEC). Alimentação saudável e sustentável. Programa pró-funcionário. Curso técnico de formação para os funcionários em Educação. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/profunc/alimet_saud.pdf>. Acesso em: 06 de set. 2015.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). A ONU e a população mundial. Disponível em: <http://nacoesunidas.org/acao/populacao-mundial/>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

SANTOS, S. T. DA S.; MUTIM, A. L. B. Educação Ambiental e a educação alimentar: os saberes no campo das práticas educativas. Revista Brasileira de Educação Ambiental, n.15, v.5, p.109-123, 2020.

SAUVÉ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 31, n. 2, p. 317-322, maio/ago. 2005.

UNIVERSIDADE ABERTA DA TERCEIRA IDADE. São Carlos. Disponível em: <http://www.fesc.com.br/>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. USP. SÃO CARLOS. Programa USP Recicla. Disponível em: <http://www.saocarlos.usp.br/index. php?option=com_content&task=view&id=8551&Itemid=186>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS. UFSCar. Programa PET-Química. Disponível em: <http://www2.ufscar.br/graduacao/int_quimica.php>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

VERACIDADE. A Veracidade. Disponível em: <http://veracidade.eco.br/a-veracidade/>. Acesso em: 20 de nov. 2015.

VIOLA, E. J. O movimento ecológico no Brasil (1974-1986): do ambientalismo à ecopolítica. Notre Dame: Kellogg Institute, 1987.

Downloads

Publicado

01-12-2022

Como Citar

Cerezini, M. T., Barbosa, F. D., & Ferreira, C. L. R. (2022). Cardápio de ideias: reflexões e práticas de Educação Ambiental e segurança alimentar. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 17(6), 9–28. https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13509

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2022-02-17
Aceito: 2022-09-23
Publicado: 2022-12-01