Contributo da geografia no planeamento e gestão do espaço urbano: caso da Cidade de Nampula

Autores

  • Joao Francisco de Carvalho Choe Universidade Pungue - Chimoio, Moçambique

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.12491

Palavras-chave:

Contributo, Geografia, Planeamento, Gestão, Espaço Urbano

Resumo

Este artigo tem como tema contributo da geografia no planeamento e gestão do espaço urbano. A pesquisa surge no âmbito da inquietação pessoal como docente da Universidade Púnguè - Chimoio diante da problemática constatada que o facto da permeabilidade da geografia á adaptação de novas circunstância e flexibilidade para moldar-se aos novos contextos, assim como da sua capacidade de resposta e de intervenção ativa na sociedade e junto de outros profissionais, que decorre a sua aceitação e valorização no tempo e no espaço. Em termos metodológicos, a presente pesquisa adoptou por uma abordagem quantitativa. A abordagem quantitativa considera que tudo pode ser quantificável. Para a interpretação dos dados objetivou se compreender o contributo da geografia no planeamento e gestão do espaço urbano. Para esse propósito, apresentou-se uma revisão bibliográfica, com a discussão sobre como é que a Ciência Geográfica pode Contribuir no Planeamento e Gestão do Espaço Urbano na Cidade de Nampula através dos seus vários campos e instrumentos de aplicação? Posteriormente apresenta-se o estudo empírico realizado com 42 inqueridos, direcionado aos Docentes do Curso de Geografia da UPN, aos Professores de Geografia do ESG, aos Estudantes do Curso de Geografia e da Unilúrio. Como instrumento foi usado o questionário e a observação direta. Em termos de conclusões, os resultados mostraram claramente que a necessidade de se conhecer a distribuição espacial dos componentes urbanos, para a partir de então se planear as ações de administração pública visando melhorar a qualidade de vida dos citadinos, fez com que os planeadores da atualidade utilizassem certas ciências integradas para essa atividade como é o caso da Geografia que é praticamente de extrema importância, pois tem como objeto principal de estudo o espaço com o uso das geotecnologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Francisco de Carvalho Choe, Universidade Pungue - Chimoio, Moçambique

Mestre em Educação/Psicologia Educacional pela Universidade Licungo (UL) e Licenciado em Psicologia Escolar pela Universidade Pedagógica Delegação de Quelimane (UP-Q) Docente na Categoria de Assistente Universitário na Universidade Púnguè – Chimoio.

Referências

AGUIAR, V. Ler o espaço: Utilização das representações no ensino de Geografia. 3º Ed., Brasil, 2002.

ATLAN, H. Organização do Espaço Urbano. s/ed, Zhar editora, Rio de Janeiro, 1992.

ARAÚJO, M.G.M. Cidade de Maputo: Espaços Contrastante do Urbano ao Rural. Lisboa, 1999.

BARDIN. L. Análise de conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70,1979.

BERNARDES, N. A Geografia e o Planeamento Regional, São Paulo, 1996.

CASTRO, I.E.; GOMES, C.P.; CORRÊIA, R.L. Explorações Geográficas. s/ed, São Paulo - Brasil, 1997.

CARLOS, A.F. A reprodução do espaço urbano. Editora USP, São Paulo, 1994.

CHEREWA, D. et al. Perfil Ambiental da Cidade de Nampula, Maputo, 1996.

COSTA, S.F. Dinâmicas Espaciais e Ordenamento do Território. s/ed, Editora Colibri, Porto, 1999.

CORREIA, R.L. O espaço Urbano. 3ª Edição, Editora Ática, Série Princípios, Brasil, 1995.

DIETER, P. Urbanismo I – Projeto Urbano. S/Ed. Editora Presença, Lisboa, 1999.

FÓRUM TERRA – NAMPULA. Legislação sobre a Terra (Lei n°19/97); Regulamento da Lei de Terras (Decretos n° 66/98 e 1/2003), Nampula, 2003.

FURLAN, S. A. Ordenamento Ecológico e Económico do Território: A Geografia Sócio – Ambiental. s/ed. México, 2004.

GIL, A.C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 3 ed., Editora Atlas, São Paulo, 1991.

GONÇALVES, C. Os caminhos Urbanos. São Paulo, 1998.

INE. III Recenseamento Geral da População e Habitação: Resultados Definitivos, 2007.

LEFEBRVE, H. O Direito da Cidade. São Paulo, 2001.

PLANO ESTRATÉGICO MUNICIPAL DE GESTÃO AMBIENTAL (PEMGA) da Cidade de Nampula, 2000.

PEREIRA, G.C.; SILVA, B.C. Geoprocessamento e Urbanismo. São Paulo, 2001.

PEREIRA et al. Uso e Ocupação do Solo. Porto Alegre/ Brasil. 1997.

REBELO, F. Geografia Física e Ambiente. s/ed. Editora Atlas, Coimbra, Portugal, 1991.

ROSA, R. Introdução ao Sensoriamento Remoto. 3ª Edição, São Paulo, 1995

ROSA, R.; BRITO J.L. Introdução ao Geoprocessamento: SIG, São Paulo, 1996

SANTOS, B.S. Um discurso sobre as ciências geográficas. Porto Alegre/ Brasil, 2002.

SANTOS, M. O espaço da Cidade. Editora Nobel, são Paulo, 1987..

SILVA, F.N. Políticas urbanas para uma mobilidade sustentável, Lisboa, 2004.

SINGER, M. Ordenamento Territorial: uma conceituação para o planeamento estratégico, 4ª edição, são Paulo, 2005

SOUZA, M.L. O Território: sobre o espaço e poder, autonomia e desenvolvimento, 3ª edição, Rio de Janeiro/Brasil, 2003.

SOUZA, M.A.A. Mudar a cidade: uma introdução crítica ao planeamento e a gestão urbanas. 2ª Edição, Rio de Janeiro/ Brasil, 2003.

VILLAÇA, F. Uma contribuição para a história do planeamento urbano. São Paulo, 1999.

Downloads

Publicado

01-08-2022

Como Citar

Choe, J. F. de C. (2022). Contributo da geografia no planeamento e gestão do espaço urbano: caso da Cidade de Nampula. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 17(4), 360–384. https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.12491

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido: 2021-08-02
Aceito: 2022-05-31
Publicado: 2022-08-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.