Educação Ambiental e o descarte de resíduos eletroeletrônicos no sul de Santa Catarina

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.11872

Palavras-chave:

Logística Reversa, Eletrônico, Políticas Públicas, Gestão Ambiental, Urussanga

Resumo

O aumento no consumo de tecnologias e a redução da vida útil dos aparelhos eletrônicos vem gerando aumento nos resíduos, cuja destinação ainda é pouco compreendida pela sociedade, especialmente nos pequenos municípios brasileiros. O objetivo deste trabalho foi analisar, por meio de um questionário, os conhecimentos sobre Resíduos Eletroeletrônicos (REE) e seu descarte por pais de alunos do Ensino Fundamental II de uma escola pública de Urussanga/SC. A maioria dos entrevistados realiza o descarte dos REEs na coleta seletiva do município e desconhecem a legislação específica. São propostas ações de Educação Ambiental para subsidiar estratégias de descarte adequado dos REE por moradores e poder público local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Rodrigues de Freitas, Universidade do Sul de Santa Catarina

Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais.

Vandete Zanatta de Oliveira, Universidade do Sul de Santa Catarina

Matemática, Especialista em Inovação na Educação, Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Referências

ABREU, R.L. Localização de Urussanga. Wikipédia: Urussanga. 2006. Disponível em <https://pt.wikipedia.org/wiki/Urussanga>. Acesso em: 12 set. 2020.

BALDÉ, C.P.; FORTI V.; GRAY, V.; KUEHR, R.; TEGMANN, P. The Global e-Waste Monitor – 2017. United Nations University, International Telecommunication Union (ITU) & International Solid Waste Association (ISWA), Bonn/Geneva/Vienna, 2017. Disponível em < https://www.itu.int/en/ITU-D/Climate-change/Documents/GEM%202017/Global-E-waste%20Monitor%202017%20.pdf> Acesso em: 02 març. 2021.

BARBIERI, J.C.; SILVA, D. Educação Ambiental na Formação do Administrador. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

BRASIL. Lei 9.795 de 27 de abril de 1999. Institui a Política Nacional de Educação Ambiental, 1999. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 05 jul. 2020.

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 257, de 30 de junho de 1999. Disponível em: <https://www.mma.gov.br/estruturas/a3p/_arquivos/36_09102008040356.pdf>. Acesso em: 04 jul. 2020.

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 401, de 04 de novembro de 2009. Disponível em: <http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=589>. Acesso em: 05 jul. 2020.

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 424, de 22 de abril de 2010. Disponível em: <http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=629>. Acesso em: 05 jul. 2020.

BRASIL. Lei n.12.305 de 12 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. 2010. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm>. Acesso em: 04 jul. 2020.

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Plano Nacional de Resíduos Sólidos. Brasília, set. 2011. Disponível em: <https://www.mma.gov.br/estruturas/253/_publicacao/253_publicacao02022012041757.pdf>. Acesso em: 05 jul. 2020.

BRASIL. Decreto 10.240 de 12 de fevereiro de 2020. Regulamenta o inciso VI do caput do art. 33 e o art. 56 da Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, e complementa o Decreto nº 9.177, de 23 de outubro de 2017, quanto à implementação de sistema de logística reversa de produtos eletroeletrônicos e seus componentes de uso doméstico.2020. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Decreto/D10240.htm>. Acesso em: 04 jul. 2020.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Logística reversa deve aumentar de 70 para mais de 5 mil pontos de coleta de lixo eletroeletrônico no país. Brasília, fev. 2020. Disponível em: <https://mma.gov.br/informma/item/15702-log%C3%ADstica-reversa-deve-aumentar-de-70-para-mais-de-5-mil-pontos-de-coleta-de-lixo-eletroeletr%C3%B4nico-no-pa%C3%ADs.html> Acesso em: 13 abr. 2020.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Descarte de eletroeletrônicos. Brasília, fev. 2020. Disponível em: <https://mma.gov.br/component/k2/item/15710-descarte-de-eletroeletr%C3%B4nicos.html>. Acesso em: 13 abr. 2020.

BRASIL. Secretaria de Governo da Presidência da República. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: ODS 12 – Consumo e Produção Responsável. 2019. Disponível em: <http://www4.planalto.gov.br/ods/objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel/12-consumo-e-producao-responsavel/12-consumo-e-producao-responsavel>. Acesso em: 09 dez. 2020.

CARVALHO, I.C. de M. O sujeito ecológico: a formação de novas identidades na escola. In: PERNAMBUCO, M.; PAIVA, I. (Org.). Práticas coletivas na escola. 1ed.Campinas: Mercado de Letras, 2013, v. 1, p. 115-124.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Cidades e Estados: Urussanga. Rio de Janeiro: IBGE, 2020. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/sc/urussanga.html>. Acesso em: 15 nov. 2020.

KIDDEE, P.; NAIDU, R.; WONG, M.H. Electronicwaste management approaches: An overview. Waste Management, n. 33, p. 1237–1250, 2013.

KITAJIMA, L. F. W.; GUARDA, G. F.; DALSTON, R. C. R.; BARCELOS, B. R.; DE MOURA CUNHA, G. H.; FERNEDA, E. A Educação Ambiental como instrumento na administração dos problemas do lixo eletrônico: uma proposta. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v.14, n.3, pp.122-137, 2019.

MACEDO, M.F.S.; CAPANO, E.F. Política Educacional de descarte do lixo eletrônico como medida de combate ao crime ambiental. Revista Jurídica Cesumar. maio/agosto, v. 17, n. 2, p. 431-464. 2017.

NICOLESCU, B. O Manifesto da Transdisciplinaridade. Triom: São Paulo, 1999. Disponível em: <https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4144517/mod_resource/content/0/O%20Manifesto%20da%20Transdisciplinaridade.pdf> Acesso em: 18 mai. 2021.

ONU. Gestión Sostenible de residuos de aparatos eléctricos y electrónicos em América Latina. 2015. Disponível em: <https://www.itu.int/dms_pub/itu-t/oth/0b/11/T0B110000273301PDFS.pdf> Acesso em 13 abr. 2020.

OTERO; P. B. G.; NEIMAN, Z. Avanços e desafios da Educação Ambiental Brasileira entre a rio92 e a Rio+20. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo. v.10, n.1, p.20-41, 2015.

PREFEITURA pode recolher apenas lixo domiciliar em Urussanga. Município de Urussanga. 2015. Disponível em: <https://www.urussanga.sc.gov.br/noticias/index/ver/codMapaItem/6335/codNoticia/272998>. Acesso em: 17 abr. 2020.

RESÍDUOS ESPECIAIS. Cirsures: Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos Urbanos da Região Sul, 2020. Disponível em: <http://www.cirsures.sc.gov.br/coleta-seletiva/residuos-especiais>. Acesso em: 27 jun. 2020.

ROA, K.R.V., et al. Pilhas e baterias: usos e descartes x impactos ambientais. Caderno do professor. GEPEQ- USP: curso de formação continuada de professores, 2009. Disponível em: <https://silo.tips/download/pilhas-e-baterias-usos-e-descartes-x-impactos-ambientais-caderno-do-professor>Acesso em: 24 mar. 2020.

SALES, E.S. et al. O lixo eletrônico e as suas potencialidades: um estudo das teses e dissertações nos últimos 3 anos. In: 6º Fórum Internacional ECOINOVAR, 2017, Santa Maria/RS, Anais. Santa Maria/RS: Ecoinovar, 2017, p.1-11. Disponível em: <http://ecoinovar.com.br/cd2017/arquivos/artigos/ECO1531.pdf>. Acesso em: 27 jun. 2020.

SCHARF, R. Baterias velhas voltam às fábricas. Gazeta Mercantil, São Paulo, 13 mar.2000. Caderno Nacional, p.A-10.

VILELA, P.R. Decreto obriga empresas a recolherem lixo eletrônico. Agência Brasil, 2020. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2020-02/decreto-obriga-empresas-recolherem-lixo-eletronico> Acesso em: 04 jul. 2020.

SILVA, M.W.X.; SANTOS, E.A. dos; JESUS, C.V. Avanços e desafios na Educação Ambiental após a Conferência Rio+20: uma revisão da literatura. Disponível em: <http://engemausp.submissao.com.br/20/anais/arquivos/359.pdf> Acesso em: 22 out. 2020.

WIDMER, R.; OSWALD-KRAPF, H.; SINHA-KHETRIWAL, D.; SCHNELLMANN, M.; BÖNI, H. Global perspectives on e-waste. Environmental Impact Assessment Review, n.25, p. 436–458, 2005.

Downloads

Publicado

2021-08-01

Como Citar

Freitas, R. R. de, & Oliveira, V. Z. de. (2021). Educação Ambiental e o descarte de resíduos eletroeletrônicos no sul de Santa Catarina. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 16(4), 134–152. https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.11872

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2021-03-10
Aceito em 2021-04-20
Publicado em 2021-08-01