A Pedagogia de Rousseau e sua crítica à educação na França do século XVIII

  • Jhonatan Diógenes de Oliveira Alves Universidade Estadual de Maringá
  • Cézar de Alencar Arnaut de Toledo Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Rousseau, Educação, Século XVIII

Resumo

Este artigo analisa a crítica realizada pelo filósofo Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) acerca do cenário educacional da França do século XVIII. Opondo-se à educação de sua época, sobretudo àquela conduzida por grupos religiosos, como o dos Jesuítas e dos Lassalistas, o que o filósofo propôs foi uma educação que priorizava o homem, bem como o seu autoconhecimento como condição indispensável para o encontro de sua felicidade. Segundo ele, o movimento iluminista e sua crença na razão não teriam por si só as condi- ções necessárias para formar o homem integralmente, tampouco as instituições vigentes, sendo necessário o retorno aos valores intrínsecos ao homem dispostos pela natureza. Pela metodologia Histórico-crítica, se conclui que Rousseau lançou as bases de sua teoria confiando os primeiros passos da educação à natureza do homem. Por ela, ele retomava a abordagem naturalista, ao mesmo tempo em que negava a educação religiosa, rompia com o Iluminismo e fazia da educação um ato político.

Métricas

Carregando métricas...

Referências

ARIÈS, P. História social da criança e da família. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.

BOTO, C. Instrução pública e projeto civilizador: o século XVIII como intérprete da ciência, da infância e da escola. São Paulo: UNESP, 2017.

CAMBI, F. História da Pedagogia. São Paulo: UNESP, 1999.

CASSIRER, E. A questão Jean-Jacques Rousseau. São Paulo: UNESP, 1999.

CASSIRER, E. A filosofia do Iluminismo. Campinas: UNICAMP, 1992.

CORBELLINI, M. A. A sociedade das escolas-cristãs França 1679 a 1719: Contribuição para novos olha- res sobre sua origem. São Leopoldo, 2002. 229 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

CHÂTEAU, Jean. Os grandes pedagogistas. São Paulo: Nacional, 1978. DENT, N.J.H. Dicionário Rousseau. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

LEONEL, Z. Contribuição à história da escola pública: elementos para a crítica da teoria liberal da edu- cação. Campinas, 1994. 258 f. Tese (Doutorado em Educação) – UNICAMP.

LEUBET, A. E.; PAULY, E. L.; SILVA, V. L. Contribuições de João Batista de La Salle para a constituição da escola moderna. Revista Brasileira de História da Educação, Maringá, v. 16, n. 4, p.32-63, 2016. Out/dez.

MANACORDA, M. A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. 13. Ed. São Paulo: Cortez, 2010.

MONROE, P. História da educação. Vol. 34. São Paulo: Nacional, 1956.

PRADO, Márcio Roberto do. Rousseau, ou das verdades mentirosas: Prolegômenos a uma perspectiva dogmática da literatura. In: MARQUES, José Oscar de Almeida (Org.). Verdades e Mentiras: 30 ensaios em torno de Jean-Jacques Rousseau. Ijuí: UNIJUÍ, 2005. p. 455-470.

PUENTE, Fernando Rey. Confissões: a verdade e as mentiras. Notas para um confronto entre Agostinho e Rousseau. In: MARQUES, José Oscar de Almeida (org.). Verdades e Mentiras: 30 ensaios em torno de Jean-Jacques Rousseau. Ijuí: UNIJUÍ, 2005. p. 61-72.

ROUSSEAU, J-J. Emílio ou da Educação. 2. ed. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1973.

ROUSSEAU, J-J. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. Volume II. São

Paulo: Nova Cultural, 1999a.

ROUSSEAU, J-J. O Contrato social. Volume II. São Paulo: Nova Cultura, 1999b.

SILVA, A. de F. S. A formação do homem virtuoso no Emílio de Jean-Jacques Rousseau. Goiânia, 2017. 144 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Goiás.

SIMPSON, M. Compreender Rousseau. Petrópolis: Vozes, 2009.

STAROBINSKI, J. Jean-Jaques Rousseau: A transparência e o obstáculo. São Paulo: Companhia das Le-

tras, 1991.

TAGLIAVINI, J. V.; PIANTKOSKI, M. A. João Batista de La Salle (1651-1719): um silêncio eloquente em tor- no do educador católico que modelou a escola moderna. HISTEDBR, Campinas, n. 53, p.16-40, out. 2013. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640191>. Acesso em: 13 set. 2018.

LA SALLE, J. B. de. Obras completas. Volume I. Canoas: UNILASSALLE, 2012.

Publicado
2019-11-30
Como Citar
Alves, J. D. de O., & Toledo, C. de A. A. de. (2019). A Pedagogia de Rousseau e sua crítica à educação na França do século XVIII. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 7(3), 166-177. https://doi.org/10.34024/olhares.2019.v7.9425