O estágio supervisionado e a constituição da profissionalidade docente

Autores

  • Maria de Fátima Garcia Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Francisca Geny Lustosa Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.78

Resumo

Este artigo discute o estágio supervisionado sob três aspectos interrelacionados: a pesquisa colaborativa entendida como uma metodologia problematizadora de atuação utilizada no desenvolvimento das práticas do referido estágio; a imersão do estudante em sua futura profissionalidade docente; e a escola, território de tensões e transformações, lugar de operacionalização dos estágios e das práticas profissionais. Os dados produzidos remetem-se ao segundo semestre/2010 tendo como empiria relatórios de estágio dos estudantes do curso de Pedagogia do Centro de Ensino Superior do Seridó/UFRN, Caicó/RN. Teorizações relacionadas à pesquisa colaborativa, estágio e profissionalização trazem, dentre outros, Garcia (2002); Pimenta e Lima (2002;2004);  Sacristán (1995); Lustosa (2010), os filósofos Deleuze; Guattari (1995;1996; 2008), intercessores do estudo. Ao final da investigação pode-se afirmar que a experiência do estágio, com base na problematização da escola, na ação-colaboração, e na multiplicidade de vivências, compõe a miríade rizomática traduzida na constituição da profissionalidade docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Garcia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Docente do curso de Pedagogia do Centro de Ensino Superior do Seridó, campus de Caicó, Estado do Rio Grande do Norte. Departamento de Educação/DEDUC

Francisca Geny Lustosa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Docente do curso de Pedagogia do Centro de Ensino Superior do Seridó, campus de Caicó, Estado do Rio Grande do Norte. Departamento de Educação/DEDUC

Downloads

Publicado

2013-05-03

Como Citar

Garcia, M. de F., & Lustosa, F. G. (2013). O estágio supervisionado e a constituição da profissionalidade docente. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 1(1), 90–115. https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.78