Interdisciplinaridade: Uma Experiência na Formação Docente na relação com artefatos culturais

Autores

  • Maria Inês Petrucci Rosa Faculdade de Educação da Unicamp
  • Claudia Amoroso Bortolato Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.53

Resumo

O presente artigo relata uma experiência de estágio ocorrida em cursos de licenciaturas de uma universidade pública, que tem como referencia princípios formativos apoiados em perspectivas interdisciplinares. Do ponto de vista teórico-metodológico, a análise etnográfica das escolas envolvidas forneceu subsídios para que os estagiários pudessem propor, planejar e desenvolver projetos interdisciplinares. Outro princípio relevante para as ações formativas que norteou os projetos foi a articulação com elementos da cultura juvenil, destacando-se o cinema e a música. A experiência de estágio trouxe, como resultados, uma gama de conhecimentos produzidos apoiados na capacidade de negociação entre estagiários de diferentes cursos; trouxe também a valorização do trabalho coletivo como premissa formativa e a consideração da relevância de uma educação estética, tanto para os professores em formação inicial, como também para os estudantes da escola básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Inês Petrucci Rosa, Faculdade de Educação da Unicamp

Doutora em Educação pela FE~UNICAMP, é graduada em química pela Universidade Estadual de Campinas (1984), especialista em Química Orgânica e mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1995). É pesquisadora orientadora no Programa de Pós-Graduação da FE/UNICAMP e integrante do Departamento de Ensino e Práticas Culturais da Faculdade de Educação, desde 2001. Foi vice-diretora da Divisão de Ensino da Sociedade Brasileira de Química (gestão 2004-2006), e tesoureira na gestão 2006-2008. Foi membro do CT do PNLD 2012, nomeada pelo Minstério da Educação e coordenadora de área (Química) do PNBE/MEC/2010. Foi Coordenadora de Licenciaturas da FE - UNICAMP, nos períodos de 2004-2005 e 2007-2011. Foi também coordenadora de graduação da Licenciatura Integrada em Química e Física (UNICAMP). No PPG/FE/UNICAMP, no momento, orienta três doutorandos e três mestrandos, tendo duas orientações de doutorado e oito de mestrado concluídas. No Programa Multiunidades de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática/ UNICAMP, orienta três mestrandas e uma doutoranda.Tem artigos publicados em periódicos indexados da área de educação e educação em ciências, bem como livros e capítulos de livros. Seus trabalhos de pesquisa se relacionam com temáticas de formação docente, currículo, cultura, disciplinas escolares e cotidiano escolar. É Bolsista Produtividade CNPq , Nível 2.

Downloads

Publicado

2013-05-03

Como Citar

Rosa, M. I. P., & Bortolato, C. A. (2013). Interdisciplinaridade: Uma Experiência na Formação Docente na relação com artefatos culturais. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 1(1), 401–415. https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.53