Entre disciplinas pedagógicas e disciplinas específicas: a formação de professores e a questão do estágio supervisionado em um curso de Licenciatura Integrada

Autores

  • Tacita Ansanello Ramos Faculdade de Educação/UNICAMP
  • Maria Inês Petrucci Rosa Faculdade de Educação/UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.16

Resumo

As disciplinas pedagógicas e específicas, especialmente nos cursos de formação de professores, historicamente vêm sendo marcadas por disputas e relações de poder no que concerne à constituição dos currículos dos cursos de licenciatura. Nessa perspectiva, esse artigo pretende problematizar o aumento da carga horária dos estágios supervisionados, em decorrência das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica - DCNFP (PARECER CNE/CP 9/2001), e as possibilidades que esse aumento tem significado para o afastamento da antiga concepção de formação de professores, que ficou caracterizada como modelo 3+1, para a menor diferenciação entre disciplinas específicas e disciplinas pedagógicas, deixando de lado a antiga concepção da licenciatura como algo de responsabilidade exclusiva da Faculdade de Educação e para tentativas de construção de um currículo mais integrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-05-03

Como Citar

Ramos, T. A., & Rosa, M. I. P. (2013). Entre disciplinas pedagógicas e disciplinas específicas: a formação de professores e a questão do estágio supervisionado em um curso de Licenciatura Integrada. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 1(1), 207–238. https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.16