Reflexões sobre o ensino do sistema de escrita alfabética em documentos curriculares: implicações para a formação de professores

Autores

  • Telma Ferraz Leal Universidade Federal de Pernambuco
  • Ana Carolina Perrusi Brandão Universidade Federal de Pernambuco
  • Fabiana Belo dos Santos Almeida Universidade Federal de Pernambuco
  • Erika Souza Vieira Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.151

Resumo

O artigo objetiva refletir sobre a alfabetização como direito das crianças brasileiras. Na primeira parte, há uma reflexão sobre diferentes dimensões relativas ao ensino da leitura e da escrita no primeiro ciclo do Ensino Fundamental: (1) Apropriação do Sistema de Escrita Alfabética; (2) Desenvolvimento de habilidades/capacidades de produção e compreensão de textos orais e escritos: (3) Inserção em práticas sociais diversas, com base no trabalho de produção, compreensão e reflexão sobre gêneros textuais variados; (4) Reflexão sobre temáticas relevantes por meio dos textos. Na segunda parte, são expostos dados de uma pesquisa que tratou do ensino do sistema de escrita alfabética, por meio da análise de documentos curriculares brasileiros, com base na qual conclui-se que o ensino do sistema de escrita é contemplado nas propostas curriculares, mas há diferentes tendências quanto às concepções acerca de como tal aprendizagem deve ocorrer. No artigo, defende-se a terceira tendência: alfabetização na perspectiva do letramento.  Por fim, na última parte do artigo, são realizadas reflexões acerca das convergências entre a abordagem da alfabetização na perspectiva do letramento e a proposta de formação de professores presente no Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, do Governo Federal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-30

Como Citar

Leal, T. F., Brandão, A. C. P., Almeida, F. B. dos S., & Vieira, E. S. (2013). Reflexões sobre o ensino do sistema de escrita alfabética em documentos curriculares: implicações para a formação de professores. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 1(2), 69–99. https://doi.org/10.34024/olhares.2013.v1.151