PERMANÊNCIA ESCOLAR E A TRAJETÓRIA DE JOVENS DE ESCOLA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Bruna Faria Simões Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
  • Sônia Cristina Soares Dias Vermelho Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ https://orcid.org/0000-0003-2205-8070

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2022.v10.14509

Palavras-chave:

Ensino Médio, Escola Pública., Permanência escolar

Resumo

A taxas de abandono escolar no Brasil são altas e ocorrem em sua maioria na escola pública e com jovens em condições de vulnerabilidade. Face a maioria das pesquisas observarem o fenômeno pela ótica da evasão, o objetivo deste trabalho foi analisar pelo da permanência. A pesquisa foi feita em uma escola pública de Ensino Médio da região metropolitana do Rio de Janeiro, foi aplicado um questionário estruturado aos alunos de Ensino Médio, contendo perguntas acerca da trajetória e permanência escolar. Ao todo, 115 alunos responderam o questionário. Os resultados indicaram que a perspectiva de futuro apareceu como principal motivo da permanência escolar, e que a escola é importante para vida, mostrando que a permanência está atrelada a um futuro melhor, relacionado a um trabalho e à garantia de ganho financeiro para melhoria de vida, aspectos que cercam a vida da população mais pobre. A permanência, portanto, indica uma forte relação com o desejo de sair do ciclo ligado a condição de vulnerabilidade, pois apesar do desestímulo pelas dificuldades em aprender, permanecem, pois, têm a esperança de que estudar lhes garantirá um futuro e uma vida melhor.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Bruna Faria Simões, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Doutoranda em Educação em Ciências e Saúde; Mestre em Agronomia-Ciência do Solo; Laboratório de Estudos das Ciências. Interesses de pesquisa: Educação em Ciências, Evasão e Permanência Escolar, Educação e Novas Tecnologias.

Sônia Cristina Soares Dias Vermelho, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade (PUCSP), professora adjunta da UFRJ, Laboratório de Estudos das Ciências. Interesses de pesquisa: Educação e Teoria Crítica, pesquisa social e participante, Educação e Novas Tecnologias.

 

Referências

ABRAMOVAY, Miriam. Juventudes na escola, sentidos e buscas: Por que frequentam? Brasília-DF: Flacso - Brasil, OEI, MEC, 2015. 346p.

ATLAS BRASIL. http://www.atlasbrasil.org.br/consulta/map 2010. Acessado em 18 de Março de 2022.

CARDOSO, Vanda Figueiredo. Permanência escolar no PROEJA: olhares dos estudantes do curso técnico em cozinha. 2016. 139p. Dissertação. (Mestrado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Alagoas, Alagoas, 2016.

CARMO, Gerson Tavares & CARMO, Cíntia Tavares. A permanência escolar na Educação de Jovens e Adultos: proposta de categorização discursiva a partir das pesquisas de 1998 a 2012 no Brasil. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 22, 2014 http://dx.doi.org/10.14507/epaa.v22n63. 2014

CARMO, Gerson Tavares; EMERICK OLIVEIRA, Gleice; ALMEIDA, Georgia Maria Mangueira de. Da inquietação sobre a abissal diferença quantitativa entre as publicações sobre a permanência e a evasão escolar. Anais VIII SITRE - Simpósio Internacional Trabalho, Relações de Trabalho, Educação e Identidade, 2020.

CARMO, Gerson Tavares; MANHÃES, Elainde Kreile; COLA, Maria Luiza Terra. Pistas sobre a permanência estudantil como virada epistemológica: iniciativas de um núcleo de pesquisa por uma sociologia da permanência na educação a partir de Vincent Tinto. [SYN]THESIS, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 54-63, jan./jun. 2018.

CARMO, Gerson Tavares; REIS, Dyane Brito; MANGUEIRA, Georgia. Educação de Jovens e Adultos na contramão da evasão: o enigma da permanência escolar. Cátedra Digital, v. 3, p. 1-8, 2017.

CIMERI, Fabiana; BORGES, Narayanna. Jovens negros têm três vezes mais chances de serem mortos pela polícia no Rio, segundo dados do ISP. G1 – Globo.com, 2021. Acessado em 15 de março de 2022. Disponível em https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/06/18/jovens-negros-tem-tres-vezes-mais-chances-de-serem-mortos-pela-policia-no-rio-segundo-dados-do-isp.ghtml

COELHO, Alexsandra Joelma dal Pizzol. Permanência e abandono escolar na educação profissional: um estudo sobre Instituições Federais de Joinville e Jaraguá do Sul. 2014. 227p. Dissertação. (Mestre em Tecnologia) Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 2014

COSTA, Denise Pires de Oliveira. Educação profissional e tecnológica: avaliação do ensino como instrumento de gestão para a permanência escolar. 2020. 213p. Dissertação (Mestra em Educação Profissional e Tecnológica). Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica, Campus Olinda, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco. 2020.

DAYRELL, Juarez Tarcísio. A escola faz as juventudes? : Reflexões em torno da socialização juvenil, Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, 2007, p. 1105-1128

DAYRELL, Juarez Tarcísio; JESUS, Rodrigo Edinilson de. Juventude, ensino médio e os processos de exclusão escolar. Educ. Soc., Campinas, v. 37, nº. 135, p.407-423, abr.-jun, 2016

FIGUEIREDO, Gustavo de Oliveira. Los jóvenes en favelas de Rio de Janeiro, Brasil: de La vulnerabilidad social a las oportunidades para el desarrollo humano. Ciência & Saúde Coletiva, 21: p. 2437-2450, 2016. DOI: 10.1590/1413-81232015218.01622015

FRAGA, Aline dos Santos. O que te faz continuar? Fatores de permanência na Educação de Jovens e Adultos. 2020. 97p. Dissertação (Mestre em Gestão Educacional). Programa de Pós-Graduação em Gestão Educacional, Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. 2020.

GUIMARÃES, Shirley Mirone Martins. Permanência discente: gestão da ead no instituto federal do norte de minas gerais – estudo de caso. 2017. 230p. Dissertação (Mestre em Gestão Pública). Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública, Universidade de Brasília. 2017.

INEP. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Sinopse estatística da educação superior 2015. Brasília, DF: INEP, 2016. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br>. Acesso em: 07 out. 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE) Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira : 2020 / IBGE, Coordenação de População o e Indicadores Sociais. - Rio de Janeiro : IBGE, 2020.148 p. https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/8b9eafcfed9d8742b0a8eaa5fce7ae94.pdf acessado em 13 de setembro de 2020

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.(INEP) Censo da Educação Básica 2019 [recurso eletrônico].Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnísioTeixeira, 2020a. 94p.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.(INEP) Resumo Técnico: Censo da Educação Básica Estadual 2019 [recurso eletrônico].Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnísioTeixeira, 2020b. 86p.

LENSKIJ, Tatiana. Direito à permanência na escola: a lei, as políticas públicas e as práticas escolares. 2006. 180p. Dissertação (Mestre em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2006

MARQUES, Waleska Barroso dos Santos Kramer. HENRIQUE, Ana Lúcia Sarmento. Fatores de permanência escolar: entre o estado da arte e a revisão bibliográfica. Anais VI Congresso Nacional de Educação. 2019.

OLIVEIRA, Gleice Emerick. OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales. A permanência escolar e suas relações com a política de assistência estudantil. Revista Eletrônica de Educação, v. 9, n. 3, p. 198-215, 2015

OLIVEIRA, Isaura Francisco de. Permanência escolar: desafios na educação de pessoas jovens e adultas. 2018. 161p. Dissertação (Mestre em Educação de Jovens e Adultos). Programa de Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos, Campus I, Universidade do Estado da Bahia – UNEB. 2018

PAES, Rhena Schuler da silva Zacarias. Retratos sociológicos: do fracasso iminente à permanência e êxito escolar. 2019. 148p. Dissertação (Mestra em Sociologia Política). Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Universidade Estadual Norte Fluminense. 2019.

PEREIRA, Beatriz Prado; LOPES, Roseli Esquerdo. Por que ir à escola? Os sentidos atribuídos pelos jovens do ensino médio. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. 1 194, p. 193-216, jan./mar. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/2175-623655950

RAJEWSKI, Cristiane Mara. A permanência escolar nos anos finais do ensino fundamental e médio: os programas fica e combate ao abandono escolar do estado do Paraná. 2016. 182p. Dissertação (Mestre em Educação). Programa de Pós-graduação Strictu senso em Educação, UEOP, 2016

RODRIGUES, José Renato Sousa. Permanência Escolar: o caso da infrequência discente na Escola de Ensino Médio Luzia Araújo Barros em Itarema – Ceará. 2020. 106p. Dissertação (Mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública). Programa de Pós-Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública, Universidade Federal de Juiz de Fora. 2020.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SEEDUC). SEEDUC em números. 2020. https://www.seeduc.rj.gov.br/mais/seeduc-em-n%C3%BAmeros acessado em 13 de março de 2022.

SIMÕES, Manoel Ricardo. Desigualdade e violência na Metrópole Carioca. Mesquita: Editora Entorno, 2021

SPOSITO, Marília Pontes; SOUZA, Raquel; SILVA, Fernanda Arantes e. A pesquisa sobre jovens no Brasil: traçando novos desafios a partir de dados quantitativos. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 44, e170308, 2018. : http://dx.doi.org/10.1590/S1678-4634201712170308

TOMASI, Lívia di. Trânsitos, trajetos e circulação dos jovens na cidade. pragMATIZES - Revista Latino Americana de Estudos em Cultura. Ano 3, número 4, semestral, março 2013

TOMMASI, Lívia di.; VELAZCO, Dafne. O governo dos jovens e as favelas cariocas. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 9, p. 531-556, 2016. Disponível em: <https://revistas.ufrj.br/index.php/dilemas/article/view/7737/6968>.

Downloads

Publicado

2022-12-28

Como Citar

Simões, B. F. ., & Vermelho, S. C. S. D. . (2022). PERMANÊNCIA ESCOLAR E A TRAJETÓRIA DE JOVENS DE ESCOLA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 10(1). https://doi.org/10.34024/olhares.2022.v10.14509