DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL: um resgate aos textos de Vigotski

Autores

  • Fabrício Santos Dias de Abreu Secretaria de Educação do Distrito Federal – Centro Universitário Estácio de Brasília.
  • Patrícia Lima Martins Pederiva Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2023.v11.14482

Palavras-chave:

educação especial, inclusão, psicologia e educação

Resumo

O presente artigo busca analisar o conjunto de textos escritos, entre os anos 20 e 30 do século XX, em que L. S. Vigotski (1896-1934) aborda a questão da deficiência intelectual na tentativa de apontar que o teórico inaugura uma interpretação à frente do seu tempo histórico e que muitas das discussões engendradas por ele tomaram vigor apenas no século XXI com o advento das políticas de inclusão e acessibilidade. O esforço é demonstrar que a totalidade desses escritos aponta para a necessidade de reformulação de atitudes pedagógicas e terapêuticas que focalizam suas práticas apenas nos processos biológicos ou naquilo que se considera deficitário e passível de ajustamentos. O entendimento revolucionário encontra-se em afirmar que as leis que regem o desenvolvimento do ser social não fazem distinções de pessoas, são únicas para todos os indivíduos, e dependem necessariamente da qualidade dos processos mediacionais que se efetivam no intercâmbio entre os humanos. Onde outras teorias postulam a defesa de uma educação reduzida, em conteúdos e interações, a Teoria Histórico-Cultural sustenta que as dificuldades oriundas da deficiência intelectual podem ser compensadas por meio do pleno desenvolvimento social que se efetiva em um meio inclusivo e colaborativo.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Santos Dias de Abreu, Secretaria de Educação do Distrito Federal – Centro Universitário Estácio de Brasília.

Mestre em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade de Brasília (UnB), em Brasília, DF, Brasil; pedagogo pela mesma instituição; doutorando em Educação na UnB, professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) e do Centro Universitário Estácio de Brasília, DF, Brasil.

Patrícia Lima Martins Pederiva, Universidade de Brasília

Doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB), em Brasília, DF, Brasil; Musicista pela mesma instituição. Mestre em Educação pela Universidade Católica de Brasília (UCB), em Brasília, DF, Brasil; professora da Faculdade de Educação (FE) da Universidade de Brasília (UnB), em Brasília, DF, Brasil.

Referências

ABREU, Fabrício Santos de; Pederiva, Patrícia Lima Martins. O desenvolvimento da pessoa com deficiência na teoria histórico-cultural: Caminhos indiretos e compensação. Educação Por Escrito, 12(1), 2021.

ADLER, Alfred. La educación de los niños. Buenos Aires: Editorial Losada, 1960.

COSTA, Marina Teixeira Mendes. A unidade corpo-mente nas atividades criadoras de brincar, narrar e desenhar das crianças cegas ou com baixa visão. Tese de Doutorado. Universidade de Brasília, Distrito Federal, 2018.

DINIZ, Débora. O que é deficiencia. São Paulo: Brasiliense, 2018.

GOULD, Stephen Jay. A falsa medida do homem. São Paulo: Martins Fontes; 2003.

JANNUZZI, Gilberta Martino. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. Campinas: Autores Associados, 2012.

MACHADO, Letícia Vier; FACCI, Marilda. Gonçalves.; BARROCO, Sônia. Mari. Shima. Teoria das emoções em Vigotski. Psicol. estud., Maringá, v. 16, n. 4, p. 647-657, Dez. 2011.

MARX, Karl. Teses contra Feuerbach. In: Marx, Karl. Manuscritos econômicos filosóficos e outros textos escolhidos (p.161-163). São Paulo: Nova cultura. 1987.

MAZZOTTA, Marcos. Educação especial no Brasil: história e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 2005.

PESSOTTI, Isaias. Deficiência mental: da superstição à ciência. São Paulo: EDUSP, 1984.

PRESTES, Zoia Ribeiro. Quando não é quase a mesma coisa: traduções de Lev Semionovitch Vigotski no Brasil. São Paulo: Autores Associados, 2012.

SPINOZA, Baruch. Ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

TOASSA, Gisele. Vigotski contra James-Lange: crítica para uma teoria histórico-cultural das emoções. Psicologia USP (Impresso), v. 23, p. 91-110, 2012.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Manuscrito de 1929. Educação e Sociedade, Campinas, v. 21, n. 71, p. 21-44, 2000.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Psicologia pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Sobre a questão da dinâmica do caráter infantil. Linhas Críticas, v. 12, n. 23, p. 279-291, julho-dez, 2006.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A defectologia e o estudo do desenvolvimento e da educação da criança anormal. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 4, p. 863-869, Dez. 2011.

VIGOTSKI, L. S. Acerca dos processos compensatórios no desenvolvimento da criança mentalmente atrasada. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 44, 2018a.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. 7 aulas de L. S. Vigotski sobre os fundamentos da pedologia. Rio de Janeiro: e-papers, 2018b.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Obras Completas – Tomo Cinco – Fundamentos de Defectologia. Paraná: Edunioeste, 2019.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Instrução e desenvolvimento na idade pré-escolar. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 2, p. 144-160, maio, 2020a.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Base biológica do afeto. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 2, p. 161-164, maio, 2020b.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Problemas da defectologia. São Paulo: Expressão Popular, 2021.

VIGOTSKII, Lev Semionovitch. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKII, Lev Semionovitch.; LURIA, Alexander; LEONTIEV, Alexis. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone (pp. 103-117). 2012.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Obras Escogidas V – Fundamentos de defectologia. Madrid: Visor, 1997.

VIGOTSKY, Lev Semionovitch. Teoría de las emociones: estudio histórico-psicológico. Madrid: Ediciones Akal, 2004.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Obras Escogidas III – Problemas del desarrollo de la psique. Madrid: Machado Libros, 2012.

VYGOTSKI, Lev Semionovitch. Vygotsky’s Notebooks: A Selection. Singapore: Springer, 2018.

Downloads

Publicado

2023-05-29

Como Citar

Abreu, F. S. D. de ., & Pederiva, P. L. M. (2023). DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL: um resgate aos textos de Vigotski. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 11(1). https://doi.org/10.34024/olhares.2023.v11.14482

Edição

Seção

SEÇÃO TEMÁTICA: GEPPEDH 10 ANOS: Educação e pesquisa na perspectiva histórico-cultural