Os discursos sobre as diferenças na educação: da negação à utopia freiriana da comunhão na escola

Autores

  • Luciana Pacheco Marques Universidade Federal de Juiz de Fora https://orcid.org/0000-0003-2430-831X
  • Luka de Carvalho Gusmão Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Alan Willian de Jesus Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.12428

Palavras-chave:

Diferenças, Paulo Freire, Comunhão

Resumo

Na Atualidade, ganham cada vez mais corpo as reflexões críticas acerca dos múltiplos modos de exclusão na sociedade, bem como sobre os reais sentidos das políticas de inclusão em diversos espaços de convivência, entre eles o escolar. No presente ensaio, objetivamos dar nossa contribuição a essas reflexões, discutindo os sentidos atribuídos às diferenças humanas no âmbito educacional e ressignificando-os à luz do pensamento de Paulo Freire. Adotando a escrita ensaística, percorremos uma trajetória de pensamento na qual primeiramente destacamos a existência de três diferentes formações ideológicas que caracterizam as atitudes humanas diante das diferenças: a da negação, a da marcação e a da comunhão, sendo que cada uma delas implica num olhar sobre o processo pedagógico. Em seguida, depois de denunciar os discursos da negação e da marcação, desenvolvemos e advogamos em favor da perspectiva da comunhão com as diferenças apoiando-nos nas categorias freirianas de inconclusão, conscientização e diálogo. Por fim, concluímos que a comunhão com as diferenças a partir da leitura freiriana é uma utopia não só possível, como necessária para a concretização de uma educação efetivamente inclusiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Pacheco Marques, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduação em Pedagogia pela UFJF. Graduação em Psicologia pelo CES-JF. Mestrado em Educação pela PUC-Rio. Doutorado em Educação pela Unicamp. Professora Titular aposentada da Faculdade de Educação da UFJF. Professora Convidada do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFJF.

Luka de Carvalho Gusmão, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduação em Pedagogia pela UFJF. Especialização em Filosofia Moderna e Contemporânea pela UFJF. Mestrado em Educação pela UFJF. Doutorando em Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFJF. Professor da Rede Pública de Ensino de Minas Gerais.

Alan Willian de Jesus, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduação em Pedagogia pela UFJF. Especialização em Filosofia Moderna e Contemporânea pela UFJF. Mestrado em Educação pela UFJF. Doutorando em Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFJF. Pedagogo na Rede Municipal de Educação de Juiz de Fora/MG.

Referências

BERGSON, Henri. A evolução criadora. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FERRE, Nuria Pérez de Lara. Identidade, diferença e diversidade: manter viva a pergunta. In: LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos (Orgs.). Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. p. 195-214.

FONSECA, Vitor da. Educação Especial. 2. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

FREIRE, Paulo. Algumas reflexões em torno da utopia. In: FREIRE, Ana Maria de Araújo (Org.). Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: UNESP, 2001a. p. 85-86.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 8. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001b.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 32. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

FREIRE, Paulo. Política e educação. 5 ed. São Paulo: Cortez, 2001c.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

LARROSA, Jorge. O enigma da infância ou o que vai do impossível ao verdadeiro. In: LARROSA, Jorge; FERRE, Nuria Pérez de Lara (Orgs.). Imagens do outro. Petrópolis: Vozes, 1998. p. 67-86.

LARROSA, Jorge. O ensaio e a escrita acadêmica. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 28, n. 2, p. 101-115, jul./dez. 2003.

MARQUES, Carlos Alberto. Uma leitura da inclusão a partir do pensamento de Paulo Freire. Inter-Ação (UFG. Impresso), São Paulo, v. 31, n. 2, p. 219-229, jul./dez. 2006.

MARQUES, Luciana Pacheco. A escola nas diferenças. Dialogia (UNINOVE. Impresso), São Paulo, n.15, p.41-48, 2012a.

MARQUES, Luciana Pacheco. As diferenças na educação. Revista de Educação do COGEIME, São Paulo, v. 16, n. 30, p. 43-50, jun. 2007.

MARQUES, Luciana Pacheco. As diferenças no currículo do curso de Pedagogia da UFJF. In: COLÓQUIO SOBRE QUESTÕES CURRICULARES, 9./COLÓQUIO LUSO BRASILEIRO, 5., 2010, Porto/Portugal. Actas do IX Colóquio sobre Questões Curriculares / V Colóquio Luso-Brasileiro... Porto/Portugal: CIIE, 2010a, p. 1-18.

MARQUES, Luciana Pacheco. Cotidiano Escolar e diferenças. Educação em Foco, Juiz de Fora. v.17, p.101-117, 2012b.

MARQUES, Luciana Pacheco. Diversidade, formação de professores e prática pedagógica. Educação em Foco, Juiz de Fora, v. 13, n. 1, p. 175-184, mar./ago. 2008.

MARQUES, Luciana Pacheco. Os discursos gerados nas relações com as diferenças: desafio atual para a formação em educação. In: DALBEN, Ângela; DINIZ, Júlio; LEAL, Leiva; SANTOS, Lucíola (Orgs.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010b, v. 1, p. 251-268.

MARQUES, Luciana Pacheco; MARQUES, Carlos Alberto. Do Universal ao Múltiplo: os caminhos da inclusão. In: LISITA, Verbena Moreira Soares de Sousa; SOUSA, Luciana Freire Ernesto Coelho Pereira de (Orgs.). Políticas educacionais, práticas escolares e alternativas de inclusão escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 223-239.

MARQUES, Luciana Pacheco; ROMUALDO, Anderson dos Santos. O paradigma da inclusão como utopia na perspectiva freiriana. Revista Educação Especial (On-line), v.28, p. 269-280, 2015.

MELLO, Thiago de. Os Estatutos do Homem. São Paulo: Vergara e Ribas Editoras, 2004.

PAVIANI, Jayme. O ensaio como gênero textual. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS DE GÊNEROS TEXTUAIS, 5., 2009, Caxias do Sul. Anais do V Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais... Caxias do Sul: SIGET, 2009, p. 1-6.

RIPPON, Simon. Um guia conciso para a escrita de artigos filosóficos. Veritas, Porto Alegre, v. 63, n. 3, p. 1127-1141, set./dez. 2018.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 73-102.

SKLIAR, Carlos. A educação que se pergunta pelos outros: e se o outro não estivesse aqui? In: LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth (Orgs.). Currículos: debates contemporâneos. São Paulo: Cortez, 2002. p. 196-215.

SKLIAR, Carlos. A questão e a obsessão pelo outro em educação. In: GARCIA, Regina Leite; ZACCUR, Edwiges; GIAMBIAGI, Irene (Orgs.). Cotidiano: diálogos sobre diálogos. Rio de Janeiro: DP&A, 2005. p. 49-62.

VAZ, Paulo. O inconsciente artificial. São Paulo: Unimarco, 1997.

VEIGA-NETO, Alfredo. Incluir para excluir. In: LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos. Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2011. p. 105-118.

Downloads

Publicado

2021-11-25

Como Citar

Marques, L. P., Gusmão, L. de C. ., & Jesus, A. W. de. (2021). Os discursos sobre as diferenças na educação: da negação à utopia freiriana da comunhão na escola . Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 9(3). https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.12428