Arquivos Nacionais/ Torre do Tombo, Inquisição de Lisboa, livro 776.

Este número da Revista de fontes, como tudo que foi pensado, feito e preparado nestes últimos meses, é especial. A revista recebeu um grande número de propostas de publicações em todos os formatos possíveis para o nosso número de meio de ano: transcrições, é claro, mas também tabulações de documentação na forma de instrumentos de pesquisa e ainda traduções. Apesar de fazer a revista sair do seu tamanho habitual, achamos por bem não deixar nenhuma das submissões aprovadas (daquelas recebidas até o mês de junho) em espera até o ano que vem, do que resultou um número inédito com onze contribuições e um total de quase 500 páginas.

Aborda-se aqui uma grande diversidade de temas que vão das providências tomadas pela câmara de São Luís do Maranhão no contexto de uma epidemia no século XVIII a manuscritos sebastianistas e sátiras sociais seiscentistas, do registro dos navios que zarparam do porto de Lisboa durante a ocupação napoleônica à tradução do primeiro manual de balé e as crônicas latinas do reino vândalo. Este número reúne contribuições de historiadoras e historiadores de Guarulhos a Sendai, no Japão, de Foz do Iguaçu a Nashville, nos Estados Unidos; estudantes de graduação, doutorandos ou confirmados professores titulares que com suas publicações permitem à Revista de fontes servir com alegria a seu propósito de dar a ver e compartilhar os materiais de trabalho do nosso árduo e prazeroso ofício.

Boa consulta! boa leitura!

Publicado: 2020-09-03

Instrumentos de Pesquisa