Concepções de meio ambiente e Educação Ambiental de professores do ensino fundamental i

  • Marcelo André Dill Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Irene Carniatto Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, PR
Palavras-chave: Correntes Epistemológicas, Sustentabilidade, Conceitos, Educação

Resumo

Compreender as concepções de meio ambiente é importante, pois, estas influenciam nas abordagens e estratégias pedagógicas utilizadas na Educação Ambiental. Assim, este estudo objetivou analisar as concepções de Meio Ambiente e Educação Ambiental de professores do Ensino fundamental I. A pesquisa apresenta abordagem quali-quantitativa, com dados oriundos de opiniões, coletadas através de um questionário. O estudo apontou concepções de Meio Ambiente, em sua maioria, naturalista e antropocêntrica. Já as concepções de Educação Ambiental que se mostram mais tradicionais, conservacionistas e preservacionistas, são refletidas abordagens pedagógicas que as reforçam.

Biografia do Autor

Marcelo André Dill, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Biólogo, Mestrando em Desenvolvimento Rural Sustentável - Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, Programa de Pós-graduação em desenvolvimento Rural Sustentável, Professor da faculdade de Ensino Superior de Marechal Cândido Rondon - ISEPE Rondon.

Irene Carniatto, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, PR
Doutora em Ciências Florestais/ Conservação da Natureza/ Planejamento e Gestão de Bacias Hidrográficas e Educação Ambiental - UFPR. Pesquisadora do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC). Coordenadora do Centro de Ensino, Pesquisa e Extensão em Proteção e Desastres - CEPED UNIOESTE. Docente do Programa de Doutorado e Mestrado em Desenvolvimento Rural Sustentável - Unioeste. Coordenadora do LABHEA - Laboratório de Estudos em Bacia Hidrográfica e Educação Ambiental -  Campus de Cascavel-PR- Brasil. 

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 4. ed. Lisboa/Portugal: Edições70, 2010, 280 p.

BEZERRA, T. M. O.; FELICIANO, A. L. P.; ALVES, A. G. C. Percepção ambiental de alunos e professores do entorno da estação ecológica de Caetés – região metropolitana do Recife -PE. Revista Biotemas, Florianópolis, SC, v. 21, n.1, p. 147-160, 2008.

BRASIL. LEI 6.938/1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União, 31 de agosto de 1981. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6938.htm. Acesso em: 20 outubro 2019.

BRASIL. Lei nº. 9795, de 27 de abril de 1999: dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União, 28 abr. 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9795.htm. Acesso em: 26 jun. 2013.

CAPRA, F. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. Tradução de Newton Roberval Eichemberg. 6. ed. São Paulo: Cultrix, 2001. 256 p.

CARNEIRO, S. M. M. Formação Inicial e Continuada de Educadores Ambientais. REMEA. v. especial, Rio Grande, RS, dezembro de 2008.

CARNIATTO, I. A Formação Inicial do Sujeito Professor: Investigação Narrativa em Ciências/Biologia. Coleção Thésis. Cascavel: Edunioeste, 2002. 158 p.

CARVALHO, I. C. de M. Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2012, 256 p.

DIAS, G. F. Educação Ambiental: princípios e práticas. 9. ed. São Paulo: Gaia, 2004. 551 p.

FERNANDES, E. C.; CUNHA, A. M. de O.; MARÇAL-JÚNIOR, O. Educação Ambiental e meio ambiente: Concepções de profissionais da educação. In: II Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação Ambiental. 2002, São Carlos-SP. Anais[...]. Disponível em: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/iv-enpec/Arquivos/Painel/PNL123.pdf. Acesso em: 12 out. 2019.

GADOTTI, M. Pedagogia da Terra e Cultura de Sustentabilidade. Revista Lusófona de Educação. Campo Grande, Lisboa, Portugal, v. 6, n. 6, p 15-29, out. 2005.

GIANNUZZO, A. N. Los estudios sobre el ambiente y la ciência ambiental. Scientia e Studia, São Paulo, SP, v8, n.1, p. 129-156, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 176 p.

GUIMARÃES, M. A formação de educadores ambientais. 3. ed. Campinas – SP: Papirus, 2007. 174 p.

GUIMARÃES, M. Educação Ambiental Crítica. In: LAYRARGUES, P. P. (Org.). Identidades da Educação Ambiental brasileira. Ministério do Meio Ambiente. Diretoria de Educação Ambiental. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004, p.25-34. Disponível em: https://www.mma.gov.br/estruturas/educamb/_arquivos/livro_ieab.pdf. Acesso em: 07 out 2019.

JACOBI, P. Meio ambiente urbano e sustentabilidade: alguns elementos para a reflexão. In: CAVALCANTI, C. (Org.). Meio ambiente, desenvolvimento sustentável e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1997. 436 p.

JACOBI, P. Educação Ambiental, Cidadania E Sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, SP, s/v., n. 118, p. 189-205, mar. 2003.

JACOBI, P. Educação Ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa. São Paulo, SP, v. 31, n. 2, p. 233-250, 2005.

LEFF, H. Saber Ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014. 496p

OLIVEIRA, A. L.; OBARA, A. T.; RODRIGUES, M. A. Educação Ambiental: concepções e práticas de professores de ciências do ensino fundamental. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciências, Vigo, Espanha, v. 6, n. 3, p. 471-495, 2007.

PENTEADO, H. D. Meio ambiente e formação de professores, 5. ed. São Paulo: Cortez, 2003. 119 p. (Coleção Questões da Nossa Época, volume 38)

PHILIPPI JÚNIOR, A.; PELICIONI, M. C. F. Bases Políticas, Conceituais, Filosóficas e Ideológicas da Educação Ambiental. In: PHILIPPI JÚNIOR, A.; PELICIONI, M. C. F. (ed.) Educação Ambiental e sustentabilidade. 2. ed. revis. e ampli. Barueri, SP: Manole, p. 3-12. 2014.

RAMOS, E. C. A abordagem naturalista na Educação Ambiental. Uma análise dos projetos ambientais de educação em Curitiba. Tese (Doutorado em Ciências Humanas). Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis – SC, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/88656/227412.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 23 outubro 2019.

REIGOTA, M. O que é Educação Ambiental. 2. ed. Tatuapé, SP: Brasiliense, 2009. 63 p. (Coleção Primeiros Passos, volume 292)

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. 7. ed. São Paulo, SP: Ed. Cortez, 2007. 87 p. (Questões da nossa época, volume 41)

REIGOTA, M. Cidadania e Educação Ambiental. Psicologia & Sociedade. Sorocaba, SP, v. 20, n. especial, p. 61-69. 2008.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SALADINI, A. C. Da Ação à Reflexão: O Processo de Tomada de Consciência. Schème, Revista Eletrônica de Psicologia e Epistemologias Genéticas, Marília, SP, v. 1. n. 2, p. 31-54, jul./dez. 2008.

SAUVÈ, L. Educação Ambiental e desenvolvimento sustentável: uma análise complexa. Revista de Educação Pública, Mato Grosso v.6, n.10, p.72-103, 1997.

SAUVÈ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, São Paulo. v. 31, n. 2, p. 317-322, maio/ago. 2005a.

SAUVÈ, L. Uma cartografia das correntes em Educação Ambiental. In: SATO, M.; CARVALHO, I. C. M. (Org.). Educação Ambiental: pesquisas e desafios. Porto Alegre, RS: Artmed, p. 17-46, 2005b.

¬¬¬¬SAUVÈ, L.; ORELLANA, I.; QUALMAN, S. La educación ambiental: una relación constructiva entre la escuela y la comunidad. Guía de formación e intervención em educacion ambiental. EDAMAZ: Montreal, Canadá. 2000. 167 p.

SEGURA, D. de S. B. Educação Ambiental na escola pública: da curiosidade ingênua à consciência crítica. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2001. 214 p.

TAMAIO, I. O Professor na Construção do Conceito de Natureza: uma experiência de Educação Ambiental. São Paulo, SP: Annablumme/WWF, 2002. 158 p.

TOZONI-REIS, M. F. de C. Temas ambientais como “temas geradores”: contribuições para uma metodologia educativa ambiental crítica, transformadora e emancipatória. Educar, Curitiba, PR, n. 27, p. 93-110, jan./jun. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n27/a07n27.pdf. Acesso em 12 fev. 2019.

Publicado
2020-08-22
Como Citar
Dill, M. A., & Carniatto, I. (2020). Concepções de meio ambiente e Educação Ambiental de professores do ensino fundamental i. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(5), 152-172. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.9928
Seção
Artigos