Ações de conscientização ambiental no município de Taiobeiras (MG): perspectivas e limitações

  • Everton de Paula Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Andressa Almeida Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Fernando Ruela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Palavras-chave: Educação Ambiental, Sensibilização, Cidadania

Resumo

A pesquisa “Ações de conscientização ambiental no município de Taiobeiras – MG: perspectivas e limitações" teve como objetivo conhecer o contexto do referido município no âmbito da educação e preservação ambiental. A pesquisa, desenvolvida por meio de um estudo exploratório e de campo, buscou investigar as principais ações realizadas por escolas, prefeituras, órgãos públicos e privados destacando os projetos que envolvem as práticas e ações de conscientização sobre o meio ambiente. O resultado revelou que grande parte das ações não são desenvolvidas por falta de recursos, bem como pelo desinteresse da população com relação às questões ambientais. Dentre as ações identificadas, as que merecem destaque foram as realizadas pelas escolas municipais dado o êxito na abordagem de Educação Ambiental e de sensibilização para preservação dos recursos naturais.

Biografia do Autor

Everton de Paula, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

É graduado em Química, especialista em Educação Empreendedora, Mestre em Ciências - Química de Materiais, pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), especialista em Design Instrucional para Ead Virtual pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e Doutor em Físico-Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tendo realizado um estágio sanduíche na Université de Montpellier 2 em colaboração com o Professor Dr. Jean-Jacques Robin. Docente da Diretoria de Educação Aberta e a distância na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), atua na área de Química, desenvolvendo nanocompósitos e blendas poliméricas baseados em materiais biodegradáveis para aplicação nas áreas médica, ambiental e de embalagens. Em Educação, tem experiência no ensino e em orientação, atuando também na área de educação a distância on-line, tendo atuado em diferentes cursos da UFSJ, oferecidos na modalidade de EaD Virtual. Desenvolve trabalhos de extensão universitária voltados para Educação Científica e para a difusão e popularização da Ciência e da Tecnologia. É produtor e apresentador do programa Ciência do Cotidiano veiculado pela Rádio Universitária da UFVJM. Atua também como avaliador de cursos de graduação e de instituições de educação superior, integrante do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Andressa Almeida, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Atualmente é graduanda do curso de Bacharelado em Ciência e tecnologia na UFVJM (Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri).Graduada em Licenciatura Plena em química pela UFVJM (Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri)Possui com experiência no educação básica com ensino de Química e Matemática.E atualmente atua com pesquisa na área de ciências do materiais através do estudo e análise de óleo essencial.

Fernando Ruela , Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Professor Adjunto II da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM, lotado na Diretoria de Educação a Distância (DEAD). Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Ouro Preto (2006), graduação em Química (Licenciatura) pela Universidade Católica de Brasília (2012), mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal de Ouro Preto (2008) e doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013).

Referências

BRUGGER, P. Educação ou adestramento ambiental? 3ª edição. Florianópolis/SC. Editoras Letras Contemporâneas. 2004

CARNEIRO, M.G.T. ; FERREIRA, R.C.T. Educação Ambiental: Que Critérios Adotar Para Avaliar A Adequação Pedagógica De Seus Projetos?. Ciência & Educação. Piracicaba, 2001. 10 p. Disponível: <http://arquivos.ambiente.sp. gov.br/cea/cea/Texto_avaliacao_ea.pdf>. Acesso em: 2 Mar. 2017.

CARVALHO, I.C.M.; GRÜN, M.; TRAJBER, R. Pensar o Ambiente: bases filosóficas para a Educação Ambiental. Brasília: Ministério da Educação, Secre-taria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, UNESCO, 2006.

CODEMA-Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental. Plano Anual de Trabalho do Fundo Municipal de meio ambiente (FUMMA) e contêm outras Providencias. 20/11/2015.Taiobeiras/MG.

CODEMA-Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental. Regimento Interno Aprovado 13/02/2001.Taiobeiras/MG.

EMATER. Projeto: Rio Taboqueiro renascendo de novo. Taiobeiras, 2009.

FRANÇA, I. S.; SOARES, B.R. O sertão norte mineiro e suas transfor-mações recentes. In: Encontro de Grupos de Pesquisa 2., 2006, Uberlândia. Anais...Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2006. p. 1-15.

GUIMARÃES, M.N; VASCONCELLOS, M.M. Relações entre Educação Ambiental e educação em ciências na complementaridade dos espaços formais e não formais de educação. Educar, Editora UFPR, Curitiba, 2006. 12 p.

GOUVÊA , R.G.R.. Rumos da formação de professores para a Educação Ambiental. Educar, Curitiba, n. 27, p. 163-179, 2006.

IBGE. Censo 2010. Disponível em <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/ taiobeiras/panorama> Acesso em 28 fev.2017.

JACOBI, P.R. Educação Ambiental, Cidadania E Sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, n. 118, p. 189-205, março/ 2003.

JACOBI , P.R. Educação Ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 233-250, maio/ago. 2005.

LOUREIRO, B.; FREDERICO, C. Complexidade E Dialética: Contribuições À Práxis Política e Emancipatória em Educação Ambiental. Educ. Soc., Campinas, vol. 26, n. 93, p. 1473 14..

MENDONÇA, F. Geografia socioambiental. In: MENDONÇA, F.; KOZEL, S. (Orgs.). Elementos de epistemologia da geografia contemporânea. Curitiba: UFPR, 2002. p. 121-144

MINISTÉRIO DE MEIO AMBIENTE-MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Programa Nacional de Educação Ambiental – Pronea. Brasília, v. 3, 2005. p105.

MORAES, S.R.R. et al. Visão Geral Dos Problemas E Da Política Ambiental no Brasil. Informações Econômicas, São Paulo, v.34, n.4, abr. 2004.

MOREIRA,H. F. Se for Morrer de Fome eu Prefiro Morrer de Tiro: O Norte de Minas e a formação de lideranças rurais. 2010 139f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.

PAINEL DE DEBATES SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL - Os desafios atuais da Educação Ambiental no contexto nacional. Ministério do Meio Ambiente.. ICMBIO, 2013. Video (26).

PELEGRINI, D.F.; VLACH, V.R.F. As múltiplas dimensões da Educação Ambiental: por uma ampliação da abordagem. Revista Sociedade e Natureza. Uberlândia, ano 23 n. 2, 187-196, maio/ago. 2011.

SORRENTINO, M.; TRAJBER, R.; FERRARO-JUNIOR, L.A. Educação Ambiental Como Política Pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, maio/ago. 2005.

TRISTÃO , M. Tecendo Os Fios Da Educação Ambiental: O Subjetivo E O Coletivo, O Pensado E O Vivido. Universidade Federal Do Espírito Santo. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 251-264, maio/ago. 2005

VASCONCELLOS, H.S.R. et al. Espaços Educativos Impulsionadores Da Educação Ambiental. Cad. Cedes, Campinas, vol. 29, n. 77, p. 29-47, 2009.

Publicado
2020-02-15
Como Citar
de Paula, E., Almeida, A., & Ruela , F. (2020). Ações de conscientização ambiental no município de Taiobeiras (MG): perspectivas e limitações. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(1), 83-96. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.9849
Seção
Artigos