Vivência com a natureza no ambiente escolar na primeira infância e sua relevância para construção do respeito e cuidados com o meio ambiente

  • Graciele Cristiane Rambo Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Marli Renate von Borstel Roesler
Palavras-chave: Primeira Infância, Natureza, Sustentabilidade.

Resumo

Dentre as fases do desenvolvimento humano, a primeira infância é considerada a mais sensível às influências que os meios social e físico podem exercer sobre esse desenvolvimento. O que a criança vivencia durante essa etapa pode influenciar mais profundamente a construção da sua personalidade que qualquer outra idade. Sendo assim, considerando que cada vez mais cedo as crianças passam a frequentar os espaços escolares, e lá permanecem por longo período do dia confinadas em espaços fechados, evidências apontam que essa realidade tem colocado as crianças em situação de distanciamento da natureza, o que tem contribuído para a separação da criança em relação ao amor e aos cuidados com o meio ambiente. Nesse sentido, o presente artigo tem como objetivo discutir o papel indispensável que o espaço escolar assume: o de ressignificar a importância do meio ambiente no desenvolvimento infantil, e despertar o sentimento de pertencimento da criança à natureza, a começar pelo contato que ela pode e deve ter com os elementos do meio natural, no dia a dia escolar, contribuindo com isso para a formação de indivíduos reflexivos diante de atitudes positivas em relação ao meio ambiente, sempre em busca da promoção da sustentabilidade da vida.

Biografia do Autor

Graciele Cristiane Rambo, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
Professora da Rede Municipal e Estadual do Estado do Paraná. Mestranda do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável - UNIOESTE
Marli Renate von Borstel Roesler
Mestre em Educação pela PUC-PR. Doutora em Serviço Social pela PUC-SP. Pós-Doutora em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela UFPR. Professora do Colegiado de Graduação em Serviço Social da UNIOESTE/Campus de Toledo e dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável (D/M), Serviço Social (M) e de Ciências Ambientais (M) da UNIOESTE. Pesquisadora Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Políticas Ambientais e Sustentabilidade – GEPPAS e Pesquisadora do Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Sustentável (GIIPEDS).
Publicado
2019-03-30
Como Citar
Rambo, G. C., & von Borstel Roesler, M. R. (2019). Vivência com a natureza no ambiente escolar na primeira infância e sua relevância para construção do respeito e cuidados com o meio ambiente. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 14(1), 111-131. https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2698
Seção
Relatos de Experiências