Análise da inserção da Educação Ambiental nas escolas estaduais da região central da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (AL)

Autores

  • Gildo Rafael de Almeida Santana Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • José Aparecido da Silva Gama Instituto Federal de Alagoas - IFAL
  • Eliane Barbosa Santos Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2018.v13.2565

Palavras-chave:

Educação Ambiental Formal, Cotidiano Escolar, Pesquisa de Levantamento, Unidade de Conservação.

Resumo

Este estudo, analisou a inserção da Educação Ambiental em duas escolas estaduais por meio da aplicação de um questionário semiestruturado que requer que os entrevistados indiquem sua percepção sobre a problemática ambiental, expondo as reais condições interdisciplinares da inserção da Educação Ambiental Formal. Os resultados indicam, que as escolas pouco conseguiram integrar seus conteúdos à prática de uma Educação Ambiental com compromisso social, crítica e emancipatória. Assim, é necessária uma educação que trabalhe a criticidade e a emancipação dos sujeitos alvo da ação principalmente entre as crianças e os jovens, para que possibilite uma mudança no panorama das desigualdades socioambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-30

Como Citar

Santana, G. R. de A., Gama, J. A. da S., & Santos, E. B. (2018). Análise da inserção da Educação Ambiental nas escolas estaduais da região central da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (AL). Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 13(4), 216–227. https://doi.org/10.34024/revbea.2018.v13.2565

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido em 2018-03-20
Aceito em 2018-11-21
Publicado em 2018-12-30