As políticas de Educação Ambiental e suas repercussões sobre o planejamento da educação básica no ensino público brasileiro

Autores

  • João Paulo Gomes de Vasconcelos Aragão Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Joao Pessoa, PB

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.2165

Palavras-chave:

Políticas de Educação Ambiental, Educação Básica, Ensino Público, Professorado.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi “analisar as políticas de educação ambiental no Brasil e suas repercussões sobre o planejamento da educação básica no ensino público”. Para tanto, a discussão fundamenta-se em referencial teórico sobre educação ambiental crítica e considera a atuação do Estado como importante agente social de condução das políticas públicas de educação. Observada a relevância do tema e sua necessidade de aprofundamento teórico e empírico, sugerem-se ao fim do trabalho eixos de análise para propostas de pesquisa em diferentes realidades de recorte municipal ou estadual no Brasil. A tese aqui proposta repousa na ideia de que há uma desarticulação entre as políticas de educação ambiental e o planejamento da educação básica no Brasil, especialmente no contexto material do professorado, seja na esfera pública municipal ou estadual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Gomes de Vasconcelos Aragão, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Joao Pessoa, PB

Licenciado em Geografia e Especialista em Gestão Ambiental pela Universidade de Pernambuco - UPE; Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE/DCG/PRODEMA; Doutorando pelo Programa de Desenvolvimento e Meio Ambiente da UFPE/DCG/PRODEMA; Professor efetivo da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba IFPB.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

Aragão, J. P. G. de V. (2016). As políticas de Educação Ambiental e suas repercussões sobre o planejamento da educação básica no ensino público brasileiro. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 11(2), 263–278. https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.2165

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2015-08-10
Aceito em 2016-06-07
Publicado em 2016-06-30