A interdisciplinaridade como objeto da Educação Ambiental: uma análise da produção científica da área

Autores

  • Fabrício Ferreira Matos Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.1978

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Interdisciplinaridade, Produção Científica.

Resumo

O trabalho tem como objetivo a análise da interdisciplinaridade como objeto da produção científica em educação ambiental no Brasil, considerando sua abordagem, as principais questões levantadas e os aportes teóricos utilizados em sua discussão. Como procedimento técnico-metodológico utilizou-se da análise de artigos publicados pelos principais periódicos em Educação Ambiental do país. A investigação mostrou a interdisciplinaridade como um conceito em construção, pouco definido pelos autores, mas frequentemente empregado para fortalecer os princípios da educação ambiental. Também evidenciou que a ele outros conceitos e ideias se agregam, permitindo diferentes reflexões sob o prisma de diferentes aportes teóricos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Ferreira Matos, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS

Professor de Biologia/ Ciências, graduado do curso de Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2013), atualmente está cursando Pós graduação em Docência e Metodologia do Ensino Superior.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

Matos, F. F. (2016). A interdisciplinaridade como objeto da Educação Ambiental: uma análise da produção científica da área. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 11(2), 178–191. https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.1978

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2014-11-11
Aceito em 2016-06-08
Publicado em 2016-06-30