O naturalismo presente na visão de professores sobre meio ambiente e as marcas da Educação Ambiental conservadora

Autores

  • Magnus José Barros Gonzaga Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.1903

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Perspectiva Crítica, Concepção de Meio Ambiente.

Resumo

Este artigo discute o naturalismo presente na concepção de meio ambiente de professores de escolas públicas. O artigo é resultado de pesquisa desenvolvida em nível de mestrado, a qual objetivou identificar, conhecer e cartografar: a) as experiências pedagógicas em Educação Ambiental; b) a concepção de meio ambiente presente na prática pedagógica dos professores; e c) as matrizes teórico-metodológicas que fundamentam as experiências dos professores de escolas selecionadas da Rede Municipal de Ensino de Natal, RN. A pesquisa desenvolvida constata que predomina a visão naturalista no tocante a concepção de meio ambiente dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Magnus José Barros Gonzaga, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Professor e Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Downloads

Publicado

2016-03-31

Como Citar

Gonzaga, M. J. B. (2016). O naturalismo presente na visão de professores sobre meio ambiente e as marcas da Educação Ambiental conservadora. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 11(1), 54–65. https://doi.org/10.34024/revbea.2016.v11.1903

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2014-04-19
Aceito em 2015-09-02
Publicado em 2016-03-31