Educação Ambiental na escola: estudo da relação entre a alimentação e a produção de resíduos.

Autores

  • Ellen Maria Pestili de Almeida
  • Solange Maria Montanha
  • Patrícia Mariana Costa Santana
  • Lanny Cristina Burlandy Soares Biomédica com atuação em Imunologia Celular. Possui graduação em Biomedicina pela Universidade de Santo Amaro, UNISA – São Paulo (1989), Mestrado em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2003) e doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2008). É professora universitária e pesquisadora.

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2013.v8.1784

Palavras-chave:

Educação ambiental, alimentação, resíduos, ensino formal.

Resumo

Projetos envolvendo a questão do lixo nas escolas têm tomado espaço quando o assunto está relacionado aos temas meio ambiente e sustentabilidade. Porém, a maioria das ações desenvolvidas foca o pós-consumo, enquanto que o trabalho de se repensar o consumo ainda é pouco difundido. Relacionando a alimentação e a geração de resíduos, é de senso comum que o lixo gerado é resultado de um estilo / padrão de vida de uma sociedade: quanto mais rica e consumista ela o for, mais geradora de lixo ela será. Qualquer tentativa de reduzir a quantidade de lixo pressupõe mudanças no comportamento da sociedade. Partindo desse pressuposto, o trabalho desenvolvido pretende estabelecer uma abordagem capaz de fazer com que as pessoas envolvidas repensem seus padrões de vida e de consumo, por meio de uma visão multidisciplinar no que diz respeito à qualidade de vida, alimentação saudável e geração de resíduos. Palavras-chave: Educação ambiental, alimentação, resíduos, ensino formal. ABSTRACT: Projects involving the issue of waste in schools have taken place when the subject is linked to environment and sustainability issues. However, most of the actions developed focuses on the post-consumption, whereas the work of rethinking consumption is still not widespread. Linking food and waste generation, it is common knowledge that the waste generated is the result of a style / standard of living of a society: the richer and consumerist she is, the more it will be generating garbage. Any attempt to reduce the amount of waste requires changes in the behavior of society. Based on this assumption, the work seeks to establish an approach able to get people involved to rethink their living standards and consumption, through a multidisciplinary approach with regard to quality of life, healthy eating and waste generation. Keywords: Environmental education, food, waste, formal education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ellen Maria Pestili de Almeida

Médica Veterinária com atuação em Educação Ambiental. Possui graduação em Medicina Veterinária pela UNESP - Jaboticabal (1993), mestrado em Cirurgia Veterinária pela UNESP - Jaboticabal (1998), mestrado em Ciências Veterinárias pela Universidade de Montreal (2001), Canadá, e doutorado em Ciências Médicas pela UNICAMP (2005). É artista plástica, escritora e ilustradora de livros infantis. ellen@ellenpestili.com.

Solange Maria Montanha

Nutricionista com atuação em tratamentos naturais. Possui graduação em Nutrição pelo UNASP C1 - São Paulo (2003). Pós graduada em Docência Universitária (2006), Aconselhamento Educacional e Familiar (2009). Atualmente cursa pós graduação em Saúde Preventiva e Natural. solange_mont@hotmail.com.

Patrícia Mariana Costa Santana

Graduada em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Hermínio Ometto de Araras (2005) e em Pedagogia pelo Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson (2008). É pós graduada em Educação Ambiental, atuando em projetos educativos no âmbito formal. Atualmente é mestranda do programa de Pós Graduação em Tecnologia pela Universidade Estadual de Campinas. patriciamarian@hotmail.com.

Downloads

Publicado

10-02-2014

Como Citar

Almeida, E. M. P. de, Montanha, S. M., Santana, P. M. C., & Soares, L. C. B. (2014). Educação Ambiental na escola: estudo da relação entre a alimentação e a produção de resíduos. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 8(2), 131–149. https://doi.org/10.34024/revbea.2013.v8.1784

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2011-11-18
Aceito: 2012-09-08
Publicado: 2014-02-10

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.