<b>Ambientalização curricular na formação inicial de professores: o curso de pedagogia da FE-UNICAMP<b>

Autores

  • Bruna Monize Rosalem
  • Elisabeth Barolli

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2010.v5.1714

Resumo

Neste trabalho investigamos como a Educação Ambiental se insere no currículo do curso de Pedagogia da Unicamp e como esse campo de conhecimento se expressa no discurso de docentes desse curso. Por meio da análise das ementas e dos programas das disciplinas obrigatórias, foi possível definir, numa primeira etapa da pesquisa, categorias que revelam uma potencial ambientalização para o currículo focalizado. Numa segunda etapa da pesquisa, selecionamos quatro disciplinas cujas ementas e programas sugeriram possibilidades mais objetivas para a abordagem de questões relacionadas à Educação Ambiental. Embora os docentes responsáveis por essas disciplinas tenham declarado em entrevista que reconhecem a EA como um conhecimento pertinente à formação inicial de professores, parecem não se identificar com sua perspectiva transformadora. Nossa hipótese é que essa contradição se justifica pelo fato da EA ser uma área de conhecimento recente, que não conseguiu ainda constituir uma identidade epistemológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Monize Rosalem

Atualmente é pedagoga formada pela Universidade Estadual de Campinas.

Mais informações: Currículo Lattes

Downloads

Como Citar

Rosalem, B. M., & Barolli, E. (2010). <b>Ambientalização curricular na formação inicial de professores: o curso de pedagogia da FE-UNICAMP<b>. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 5(1), 26–36. https://doi.org/10.34024/revbea.2010.v5.1714

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2010-12-07
##plugins.generic.dates.accepted## 2010-12-07