Análise dos curriculos e práticas de Educação Ambiental dos cursos de licenciatura do Instituto Federal de São Paulo

Autores

  • Ricardo Silveira Orlando Instituto Federal de São Paulo - IFSP

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14272

Palavras-chave:

Ecopolítica, Política Ambiental, Licenciaturas, Educação Ambiental

Resumo

A lei federal que dispôs sobre a Educação Ambiental foi aprovada em 1999 compreendendo-a como práticas em que indivíduos e coletividades constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente e para sua sustentabilidade. Dessa forma, a Educação Ambiental passa a ser entendida como um direito dos grupos sociais e importante instrumento de sensibilização ecológica. Considerando a relevância da educação para a construção de comunidades democráticas e sustentáveis, este projeto de pesquisa tem, entre os seus objetivos, compreender como a Educação Ambiental é incorporada nos currículos as práticas pedagógicas das licenciaturas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BIASOLI, S.; SORRENTINO, M. Dimensões das políticas públicas de Educação Ambiental: a necessária inclusão da política do cotidiano. Ambiente & Sociedade, [s. l.], v. 21, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Brasília, DF: Portal MEC, [20--]. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/rede-federal-inicial>. Acesso: 22 abr. 2022.

BRASIL. Decreto Federal n. 7.566, de 23 de setembro de 1909. Cria as Escolas de Aprendizes Artífices. Rio de Janeiro, DF, 1909. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br>. Acesso: 10 dez. 2021.

BRASIL. Decreto Federal n. 23.793, de 23 de janeiro 1934. Decreta o código florestal. Rio de Janeiro, DF, 1934. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1930-1949/d23793.htm>. Acesso: 26 jun. 2020.

BRASIL. Decreto Federal n. 73.030, de 30 de outubro de 1973. Cria, no âmbito do Ministério do Interior, a Secretaria Especial do Meio Ambiente - SEMA, e da outras providências. Brasília, DF, 1973. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970>. Acesso: 26 jun. 2020.

BRASIL. Lei Federal No 6.938, de 31 de agosto de 1981. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6938.htm>. Acesso: 26 jun. 2020.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Casa Civil, 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso: 15 maio 2020.

BRASIL. Lei Federal No 9.795, de 27 de abril de 1999. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso: 16 maio 2020.

BRASIL. Lei Federal No 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007>. Acesso: 18 jan. 2021.

CAIRES, V.G.; OLIVEIRA, M.A.M. Educação profissional brasileira: da colônia ao PNE 2014-2024. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

CECCON, S. Projeto de Lei que tramita no Senado ameaça a Educação Ambiental. Carta Capital, [s. I.] 2016. Disponível em: <https://www-cartacapital-com-br.cdn.ampproject.org/>. Acesso: 15 fev. 2021.

DOWBOR, L. Educação e apropriação da realidade local. Estudos Avançados, [s. l.], v. 21, 2007.

GUTBERLET, J. Cubatão: desenvolvimento, exclusão social e degradação ambiental. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo/Fapesp, 1996.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. São Paulo: Portal IFSP, [20--]. Disponível em: <https://www.ifsp.edu.br/>. Acesso: 22 abr. 2022.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Resolução nº 8, de 4 de fevereiro de 2014. Altera o Estatuto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. São Paulo: IFSP, 2014.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Sobre o campus. São Paulo: Portal IFSP, 2017. Disponível em: <https://www.ifsp.edu.br/sobre-o-campus>. Acesso: 22 abr. 2022.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração da Conferência de ONU no Ambiente Humano. Estocolmo: ONU, 1972. Disponível em: <https://cetesb.sp.gov.br/proclima/wp-content/uploads/sites/36/2013/12/estocolmo_mma.pdf.> Acesso: 20 jul. 2022.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA. Declaração da Conferência Intergovernamental sobre Educação Ambiental. Tbilisi, Georgia; UNESCO, 1977. In: SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Educação Ambiental e desenvolvimento: documentos oficiais. São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente, 1994. p. 28-29. Disponível em: <http://arquivos.ambiente.sp.gov.br/cea/cea/EA_DocOficiais.pdf>. Acesso: 20 jul. 2022.

PACHECO, E.M. Os institutos federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. Natal: IFRN, 2010.

QUEIROZ, F. L.; CAMACHO, R. S. Considerações acerca do debate da Educação Ambiental presente historicamente nas conferências internacionais. Forum Ambiental da Alta Paulista, [s. l.], v. 1, n. 1, 2016.

TRATADO de Educação Ambiental para sociedades sustentáveis e responsabilidade global. 1992. Rio de Janeiro: [s. n.], 1992. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/educacaoambiental/tratado.pdf>. Acesso: 12 dez. 2021.

VALLE, L. F. Reflexões sobre Educação Ambiental e Ecossocialismo no Brasil pós-pandemia. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 17, n. 4, p. 195–207, 2022.

Downloads

Publicado

01-04-2023

Como Citar

Orlando, R. S. (2023). Análise dos curriculos e práticas de Educação Ambiental dos cursos de licenciatura do Instituto Federal de São Paulo. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 18(3), 431–450. https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14272

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido: 2022-08-29
Aceito: 2022-11-30
Publicado: 2023-04-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.