Extensão ou Comunicação? Perspectivas freireanas no Curso de Agroecologia do Projeto de Fortalecimento da Produção de Base Agroecológica do Estado de Sergipe

Autores

  • Marcio Eric Figueira dos Santos PROFCIAMB - Universidade Federal de Sergipe (UFS)
  • Kauane Santos Batista PPMTUR - Instituto Federal de Sergipe
  • Josefa Paula Santos Costa Instituto Federal de Sergipe
  • Anézia Maria Fonsêca Barbosa PROFCIAMB - Universidade Federal de Sergipe (UFS)

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13146

Palavras-chave:

Meio ambiente, Agroecologia, Gestão ambiental, Educação ambiental

Resumo

Refere-se ao estudo das perspectivas freireanas aplicadas no curso de Agroecologia do projeto de Fortalecimento da Produção de Base Agroecológica do Estado de Sergipe. Classifica-se o estudo como uma  pesquisa científica de natureza aplicada, descritiva e explicativa, com abordagem qualitativa, abrangência de procedimentos bibliográficos, documental e com dados secundários obtidos por meio de ferramentas de diagnóstico. O estudo contribui para  ampliação do diálogo com a academia e sociedade em geral, por meio da publicização de toda esta trajetória, auxiliando no desenvolvimento doutras pesquisas/estudos que envolvam a agroecologia, a  Educação Ambiental e gestão ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcio Eric Figueira dos Santos, PROFCIAMB - Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Consultor, Extensionista/Comunicador, Pesquisador e Instrutor Agroecológico e Ambiental. Cursou o Técnico Integrado de Agroecologia no Instituto Federal de Alagoas - Campus Piranhas, com participações de iniciação científica em projetos de pesquisa e extensão. Agroecólogo, graduado no Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, no campus São Cristóvão - SE, com participações de iniciação científica em projetos de pesquisa e extensão. Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB), associada Universidade Federal de Sergipe. Ex tutor no projeto da USP/ANA intitulado como "PROFCIAMB - EAD - água como elemento interdisciplinar do ensino nas escolas". Integrante do Núcleo de Estudos Agroecológicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (NEA / IFS), da RENEA - Rede Nordeste de Estudantes de Agroecologia e Agroecólogos/as, REASE - Rede de Educação Ambiental de Sergipe e do GEPEASE - Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Ambiental de Sergipe. Último exercício profissional: responsável por ministrar o curso de Agroecologia do projeto da Cooperativa de Produção da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Simão Dias/SE - COOPERAFES Simão Dias intitulado como Fortalecimento da Produção de Base Agroecológica no Estado de Sergipe, finalizado em agosto de 2021. Categorias de pesquisas/estudos: adubação verde, ludicidade, ferramentas participativas, Assistência Técnica e Comunicação/Extensão Rural Agroecológica, decolonialidade, identidade, território, ecologia de saberes, etnoconhecimento, conhecimentos tradicionais, povos e comunidades tradicionais, multifuncionalidade da agricultura camponesa, turismo de base comunitária, sujeito ecológico, aprendizagem baseada em projetos, bem viver, racismo ambiental, justiça socioambiental, entropia ambiental, gestão ambiental, educação ambiental e educação decolonial.

Kauane Santos Batista, PPMTUR - Instituto Federal de Sergipe

Curso Técnico Agrícola pela Escola Agrotécina Federal de São Cristóvão ; Agroecóloga, graduada no Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, no Instituto Federal de Sergipe - Campus São Cristóvão; Mestranda em Turismo no Programa de Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Turismo no Instituto Federal de Sergipe (PPMTUR/ IFS). Ex-bolsista de pesquisa no projeto " Chamada MCTI/MAPA/CNPq Nº 40/2014 - Linha 1: Sementes Crioulas, Tradicionais ou Locais território Alto Sertão e Baixo São Francisco ? Sergipano .Integrante do Núcleo de Estudos Agroecológicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe e da RESEA - Rede Sergipana de Agroecologia . Possuo experiencia na área da agricultura familiar, campesina , turismo rural turismo de base comunitária com ênfase na pluriatividade e multifuncionalidade das unidades rurais.

Josefa Paula Santos Costa, Instituto Federal de Sergipe

Tem experiência na área de Cooperativa de Produção de Agricultura Familiar, Vendas de Produtos Naturais (na Empório Saberes e Sabores-Simão Dias/SE), Graduante do Curso Superior Tecnólogo em Agroecologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS) , onde participo do Núcleo de Estudos Agroecológicos do IFS - Campus São Cristovão.

Anézia Maria Fonsêca Barbosa, PROFCIAMB - Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Graduada em Licenciatura Plena em Geografia e Especialista em Geografia e Ensino (Universidade Estadual do Piauí - UESPI), Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA (Universidade Federal do Piauí - UFPI), Doutora em Geografia (Universidade Federal de Sergipe - UFS), Estágio Doutoral na Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. É professora da Universidade Federal de Sergipe - UFS, atua como Pesquisadora dos Grupos de Pesquisas: Geoecologia e Planejamento Territorial (GEOPLAN/CNPq); Ensino em Ciências Ambientais (GPECIAMB/CNPq) e Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Metodologias Ativas (GEPIMA), é Líder do Grupo de Pesquisa em Práticas Educativas e Aprendizagem na Educação Básica (GPEA/CNPq), todos da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Coordenadora Adjunta do Mestrado em Rede Nacional para Ensino de Ciências Ambientais (PROFCIAMB) Associada UFS gestão (2017-2019). Coordenadora Adjunta do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão da Educação Básica (NEPEEB) período (2016-2018) e Coordenadora do NEPEEB gestão (2019-2021, 2021-2023). Tem experiência em todos os níveis de ensinos: Básico (Ensino Fundamental e Médio), Superior (Graduação nos cursos de Licenciatura Plena em Geografia e Pedagogia) e Pós-Graduação é professora Permanente do Mestrado em Rede Nacional para Ensino de Ciências Ambientais (PROFCIAMB) da associada Universidade Federal de Sergipe (UFS). Coordenadora do curso EAD PROFCIAMB/UFS "Água como elemento interdisciplinar do ensino nas escolas" desde de 2017. Atua principalmente nas áreas de Educação e Pesquisa nos temas: Planejamento e Ordenamento Territorial, Desenvolvimento e Análise Integrada do Meio Ambiente, Educação Ambiental, Desenvolvimento Sustentável, Avaliação dos Espaços Sistêmicos, Impactos socioambientais, Ambiente e Sociedade.

Referências

CAPORAL, F. R. Extensão rural e agroecologia: temas sobre um novo desenvolvimento rural, necessário e possível. Brasília (DF), 2009. 398 p.

CAPORAL, F. R.; DAMBRÓS, O. Extensão Rural Agroecológica: experiências e limites. Redes - Santa Cruz do Sul: Universidade de Santa Cruz do Sul, v. 22, n. 2, maio-agosto, 2017.

COSTA, V.C.; GUTIERREZ, D.F.; Carvalho, A.C.C.; ALMEIDA, I.C.C.; SILVA, K.M.; PINHEIRO, L.O.; FERRARI, L.T.; CORRÊA, L.R.S.; REZENDE, M.Q.; VERONESI, M.L.S.; TEIXEIRA, R.D.B.L.; LIMA, I.M. Educação Ambiental e agroecologia: relato e análise de um curso para agricultor(a) orgânico(a) e agroecológico(a). Revista Brasileira de Educação Ambiental, v.16, n.1, 2021, pp.359–377.

DALMAGRO, S.L. A escola no contexto das lutas do MST. In: VENDRAMINI C.R.; MACHADO, I.F. (Orgs.). Escola e movimento social: a experiência em curso no campo brasileiro. São Paulo: Expressão Popular, 2011. 216 p.

DICTORO, V. P.; HANAI, F. Y. A educação e a comunicação ambiental transformadora: abordagens, diretrizes e práticas na gestão de bacias hidrográficas. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v.16, n.6, 2011, pp.104–124.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? - 7ª ed. - Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1983. 93 p.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro (RJ), Paz e Terra, 1992.

FREIRE, P. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo (SP): Editora UNESP, 2000.

LAYRARGUES, P.P.; LIMA, G.F.C. As macrotendências político-pedagógicas da Educação Ambiental brasileira. Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. XVII, n. 1, p. 23-40, jan./mar. 2014.

LAZZARI, F.M.; SOUZA, A.S. Revolução verde: impactos sobre os conhecimentos tradicionais. Anais do 4º Congresso Internacional de Direito e Contemporaneidade. Santa Maria (RS), UFSM, 2017.

LEAL, L.; FILIPAK, A.; DUVAL, H.; FERRAZ, J.M.; FERRANTE, V.L. Quintais produtivos como espaços da agroecologia desenvolvidos por mulheres rurais. Perspectivas em Diálogo, Revista de Educação e Sociedade, Naviraí, v. 7, n. 14, p. 31-54, jan./jun. 2020.

LUZZI, N. O debate agroecológico no Brasil: uma construção a partir dos atores sociais. Tese de doutorado. Rio de Janeiro, UFRRJ, 2007. 182 p.

MACHADO, M.G.; ABÍLIO, F.J.P. Educação Ambiental crítica para a convivência com o semiárido: a formação continuada de docentes no Cariri paraibano. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v.16, n.6, 2021, pp.216–235.

MALDONADO-TORRES, N. Analítica da colonialidade e da decolonialidade: algumas dimensões básicas. In: COSTA, J.B., MALDONADO-TORRES, N.; GROSFOGUEL, R. (orgs.). Decolonialidade e pensamento afrodiaspórico. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2018.

MORAN, J. Educação híbrida: um conceito-chave para a educação, hoje. In: Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação [recurso eletrônico]. Porto Alegre (RS): Penso, 2015.

SAF - Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo. Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER). Brasília (DF): MAPA, 2020. Disponível em: <https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/agricultura-familiar/assistencia-tecnica-e-extensao-rural-ater>. Acesso em 28 ago. 2021.

SANTOS, A. B. dos. Colonização, quilombos: modos e significados. Brasília, Universidade de Brasília 2015.

SANTOS, B.S.; MENESES, M.P. (Orgs.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez Editora, 2009, 518 p.

SOUZA, N.A.; BORUCHOVITCH, E. Mapas conceituais: estratégia de ensino/aprendizagem e ferramenta avaliativa. Belo Horizonte (MG): Educação em Revista, v.26, n.03, p.195-218, 2010.

TEIXEIRA, D.L.; DUARTE, M.F.; MORIMOTO, P. Manual de metodologias participativas para o desenvolvimento comunitário. São Paulo: Instituto ECOAR: York University. 2017. Disponível em:

<http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/ems/PDF%20DOS%20PROGRAMAS/MANUAL_DE_METODOLOGIAS_PARTICIPATIVAS.pdf>. Acesso em: 17 nov. 2018.

Downloads

Publicado

01-08-2022

Como Citar

Santos, M. E. F. dos, Batista, K. S., Costa, J. P. S., & Barbosa, A. M. F. (2022). Extensão ou Comunicação? Perspectivas freireanas no Curso de Agroecologia do Projeto de Fortalecimento da Produção de Base Agroecológica do Estado de Sergipe. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 17(4), 462–480. https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13146

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2021-12-17
Aceito: 2022-06-15
Publicado: 2022-08-01