Challenges and importance of Environmental Education in the education system in Portugal

Autores

  • Elsa Tiago Instituto Politécnico de Bragança
  • Rute Rodrigues Instituto Politécnico de Bragança
  • Ricardo Ramos

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.11587

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Educação, sistema de ensino, curriculo escolar

Resumo

The present work aims to analyze themes that address the importance of Environmental Education, in schools, today, facing the problems of the contemporary world. There is a consensus around the importance of Environmental Education in the school community, which requires environmental training for citizens and also training that better trains professionals linked to education. Sometimes the current model of Environmental Education seems to be deficient and does not satisfy the current training needs, either due to the lack of qualified teachers and the ability to articulate the set of knowledge, attitudes and environmental sensitivity in the existing disciplines. This article seeks to discuss the challenges of Environmental Education as a transversal theme in Portuguese reality.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOERSCHING, S. Evaluation of Selected recycling Curricular: Education the green citizen. Journal of Environmental Education, 17-22,1993.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CHASSOT, A. Alfabetização cientifica: possibilidade para a inclusão social, v.22, pp.89- 100, 2003.

DEBOER, G. Scientific Literacy: Another Look at Its Historical and Contemporary Meanings and Its Relationship to Science Education Reform. Journal of Research in Science Teaching, v.37, n.6, pp.582-601, 2000.

DIAS, M. A Educação Ambiental e os projetos escolares: importância da participação dos alunos para a sua educação e formação. Tese de Mestrado em (Ensino de Biologia e de Geologia). Universidade Nova de Lisboa, 2015

FERNANDES, J.A. Manual de Educação Ambiental. Lisboa: Ed. Secretaria de Estado do Ambiente Comissão Nacional do Ambiente; GEP, 1983.

FERNANDES, J.A. Do Ambiente Propriamente Dito: considerações pouco canónicas sobre Ambiente e o Desenvolvimento Sustentável. Lisboa: Editor IPAMB., 2001.

GARCIA-GOMEZ, J. Modelo, realidad y posibilidades de la transversalidad: el caso de Valencia, España. México. Educacion Ambiental, 2000.

FOUREZ, G. Crise no ensino de ciências? Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 109-123, 2003.

GALVÃO, C. (Coord.) Ciências Físicas e Naturais: Orientações curriculares 3º Ciclo. Lisboa: Ministério da Educação-Departamento da Educação Básica, 2001.

HOLLWEG, K.S.; TAYLOR, J.R.; BYBEE, R.W.; MARCINKOWSKI, T.J.; MCBETH, W.C.; ZOIDO, P. Developing a framework for assessing environmental literacy. Washington, DC: North American Association for Environmental Education, 2011.

HUNGERFORD, H.R.; VOLK, T. Changing learner behavior through environmental education, 1990.

LORENZETTI, L. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p. 37-50, jun. 2001.

MAYER, M. Educación Ambiental: de LaAcción a LaInvestigación.Enseñanza de lasCiencias, Revista de Investigación y Experiencias Didácticas,v.16, n.2, pp.217-231, 1998.

MEYER, R.C.V. Educação Ambiental: Um Desafio para as Novas Práticas Educacionais na Formação do Professor. Monografia para Especialização em MBA-Gestão Ambiental e Práticas de Sustentabilidade.. São Caetano do Sul – SP, 2011.

ROQUE, A. Ambiente e sustentabilidade: o ponto de vista dos alunos. Dissertação de mestrado em (Ensino da Biologia e da Geologia). Universidade Nova de Lisboa, 2011.

SCHMIDT, L., NAVE, J., GUERRA, J. Educação Ambiental: balanço e perspectivas para uma agenda mais sustentável. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2010.

RICKINSON, M. Learners and learning in Environmental Education: A critical review of the evidence. Environmental Education Research, pp. 207-320, 2001.

UNESCO. Década das Nações Unidas da Educação para um Desenvolvimento Sustentável, 2005-2014: documento final do esquema internacional de implementação. Brasília: UNESCO, 2005, 120p.

VENTURA, A. C. Um contributo para o estudo das alterações climáticas: Entre os discursos, as perceções dos riscos, e as práticas quotidianas numa amostra da população da freguesia de Alcântara: Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Universidade Técnica de Lisboa, 2007.

VIEIRA. N Literacia Científica e Educação de Ciência. Dois objectivos para a mesma aula. Revista Lusófona da Educação, V.10, n.7, pp.97-108, 2007.

Downloads

Publicado

2021-08-01

Como Citar

Tiago, E., Rodrigues, R., & Ramos, R. (2021). Challenges and importance of Environmental Education in the education system in Portugal. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 16(4), 49–59. https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.11587

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2020-12-22
Aceito em 2021-05-07
Publicado em 2021-08-01