Educação no campo: o meio ambiente percebido por estudantes de uma zona rural de Jucurutu (RN)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.10687

Palavras-chave:

Análise de Discurso, Ilustração, Educação, Natureza

Resumo

O objetivo geral deste trabalho é compreender a abordagem da temática da Educação Ambiental desenvolvida em uma escola pública multisseriada da zona rural do município de Jucurutu-RN. Para tanto, foram realizadas entrevistas e atividade lúdica ilustrativa a respeito da temática deste estudo. Os resultados revelaram a dificuldade das crianças se expressarem de forma oral, no entanto a atividade ilustrativa despertou positivamente o interesse na temática. Ainda, foi notável observar que os alunos valorizam a natureza de outras culturas e não se consideram parte do meio ambiente. Conclui-se que a inserção de ações e práticas de Educação Ambiental nesta escola, faz-se necessário, considerando a realidade multisseriada e de zona rural.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA-LIMA, M. C.; CARVALHO, A. M. P. O desenho infantil como instrumento de avaliação da construção do conhecimento físico. Revista Electrónica de Enseñanza de Las Ciencias. v. 7, n. 2, p.337-348, 2008.

BINFARÉ, C. Construções no desenho infantil: dos modelos referências à problematização dos estereótipos. 2009. 53 f. TCC (Graduação) - Curso de Especialização em Pedagogia da Arte, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

BOCCANERA, N. B.; BOCCANERA, S. F. B.; BARBOSA, M. A. As cores no ambiente de terapia intensiva: percepções de pacientes e profissionais. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 40, n. 3, p. 343-349, 2006.

BOMBONATO, G. A.; FARAGO, A. C. As etapas do desenho infantil segundo autores contemporâneos. Cadernos de Educação: Ensino e Sociedade, v. 1, n. 3, p.171-195, 2016.

BRASIL. Lei n. 9.795, de 27 abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Política Nacional de Educação Ambiental. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9795.htm. Acesso em: 02 out. 2018.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais – Meio Ambiente Saúde. Brasília: MEC/SEF, 1997. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ livro091.pdf>. Acesso em: 02 maio. 2018.

CALDART, R. S. Por uma Educação do Campo: traços de uma identidade em construção. In: ARROYO, M. G.; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C (Orgs.). Por uma educação do campo. Petrópolis (RJ): Vozes, 2004.

CAVALCANTE, R. L. A. et al. Formação de professores da escola do campo: apontamentos sobre algumas ações e programas desenvolvidos nas IFES mineiras. Revista Brasileira de Educação do Campo, v. 3, n. 3, p.834-861, 2018.

CZARNIESKI, E. M.; DALAROSA, A. A. Educação do campo: perspectivas sobre a formação docente no Colégio Estadual do Campo de Cachoeira - Candói, PR. Os Desafios da Escola Pública Paranaense na Perspectiva do Professor PDE, Cadernos PDE, v. 1, p. 2-16, 2016.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. (Org.). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Ufrgs Editora, 2009.

GUTH, C. K. O desenho da criança: valorizações da expressão gráfica na educação infantil. 2013. 49 f. Monografia (Especialização) - Curso de Pedagogia, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, juÍ, 2013.

KIILL L. H. P. (Brasília) (Org.). ABC da agricultura familiar: Preservação e uso da Caatinga. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2007.

LOIOLA, M. I. B.; ROQUE, A. de A.; OLIVEIRA, Ana Claudia Pereira de. Caatinga: Vegetação do semiárido brasileiro. Ecologia, Fortaleza, v. 4, p.14-19, 2012.

MUNARI, A. Jean Piaget. Recife: Massangana, 2010.

MELLO, L. G. A importância da Educação Ambiental no ambiente escolar. EcoDebate, 2017.

RAMBAUSKE, A. M. Decoração e Design de Interiores: Teoria da cor. Instituto de Artes (IAR) da Unicamp. Campinas, 1985. Disponível em: <http://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Cor/teoria-da-cor.pdf>. Acesso em: 21 abr. 2020.

RAMOS, A. G. S; LOPES, E. V; LUCENA, G. C; PEREIRA, Z. F. Dificuldades enfrentadas pelo educador infantil do campo em turma multisseriada. Revista de Pesquisa Interdisciplinar, Cajazeiras, p.316-331, 2017.

RODRIGUES, A. F. F. Brincar na Natureza: Explorar o Jardim Botânico com crianças dos 2 aos 6 anos. 2017. 123 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Educação Para A Saúde, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, Coimbra, 2017.

STANGHERLIN, C.C.C.; SPECHT, S. Resíduos sólidos: percepções de alunos do Ensino Fundamental. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental., v.18, p.919-927, 2014.

SANTOS, S. E. T. Psicologia das Cores. Tese (Doutorado) - Curso de Design, Universidade do Vale do Itajaí, Balneário Camboriú, 2000.

SARAIVA, M. T. L. C. de M. Boas Práticas para a Cultura da Macieira em Modo de Produção Biológico na região do Minho. 2015. 102 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Agricultura Biológica, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Viana do Castelo, Portugal, 2015.

SAUVÉ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p.317-322, 2005.

SILVA, D. G. da. A importância da Educação Ambiental para a sustentabilidade. 2012. 11 f. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Biológicas, Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí, São Joaquim, 2012.

SOUZA, N. P.; REIS, R. M. Educação do campo prática pedagógica. 2009. 57 f. Monografia (Especialização) - Curso de Educação Ensino de Geografia e História, Faculdades Integradas do Vale do Ivaí, Umuarama, 2009.

SOUZA, P. Análise de Discurso. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014.

VYGOTSKY, L.S. La imaginación y el arte en la infancia. México: Fontamara, 1997.

Downloads

Publicado

2021-03-20

Como Citar

Alves, C. L., Santos, A. dos, & Santos, T. G. (2021). Educação no campo: o meio ambiente percebido por estudantes de uma zona rural de Jucurutu (RN). Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 16(2), 470–487. https://doi.org/10.34024/revbea.2021.v16.10687

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido em 2020-05-26
Aceito em 2021-03-11
Publicado em 2021-03-20

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)