Concepções de ambiente e Educação Ambiental de professores: o padlet como uma ferramenta interativa

  • Anderson de Souza Moser Universidade Estadual de Maringá
  • Aline de Gregório Universidade Estadual de Maringá
  • Elocir Aparecida Correa Pires Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Ana Lucia Olivo Rosas Moreira Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Socioambiental, Ensino, Formação Continuada

Resumo

Este artigo investigou por meio da ferramenta Padlet, as concepções de ambiente e EA de professores participantes de um processo de formação continuada em EA e Educomunicação. A pesquisa é de cunho qualitativo e utilizou como instrumento de coleta dos dados um mural interativo no recurso Padlet e gravações em áudio. Para análise das concepções utilizamos três concepções de ambiente (natureza, recurso e objeto de transformação/Local de emancipação), bem como as principais macrotendências político-pedagógicas de EA (conservacionista, pragmática e crítica). O Padlet se mostrou como uma ferramenta eficaz na investigação das concepções e possibilitou uma reflexão oportuna a formação crítica dos professores em EA.

Biografia do Autor

Aline de Gregório, Universidade Estadual de Maringá

Mestra em Ensino de Ciências e Matemática.

Elocir Aparecida Correa Pires, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Mestra em Educação.

Ana Lucia Olivo Rosas Moreira, Universidade Estadual de Maringá

Professora da Universidade Estadual de Maringá – UEM.

Referências

BRASIL. Lei nº. 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9795.htm>. Acesso em: 03 ago. 2019.

BRASIL. Resolução nº 2, de 15 de junho de 2012. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Disponível em:<http://conferenciainfanto.mec.gov.br/images/conteudo/iv-cnijma/diretrizes.pdf> Acesso em 14 junho 2019.

CARVALHO, I. C. M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2004.

GARRIDO, L.; MEIRELLES, R. Percepção sobre meio ambiente por alunos das séries iniciais do ensino fundamental: considerações à luz de Marx e de Paulo Freire. Ciência & Educação, v. 20, n. 3, p. 671-685, 2014.

JACOBI, R. P. Educação ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa, v. 31, n. 2, p. 233-250. 2005.

KATAOKA, A. M.; AFFONSO, A. L. S.; MOSER, A. S.; FISS, B. K.; MATAKAS, B. G. Reflexão sobre alternativas metodológicas para a inserção da educação ambiental crítica no ambiente escolar. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 10, n. 1, p. 1-17, 2017.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. C. Mapeando as macro-tendências políticopedagógicas da educação ambiental contemporânea no Brasil. In: VI Encontro Pesquisa em Educação Ambiental, 2011, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: USP, p. 01-15, 2011. Disponível em: http://www.epea.tmp.br/viepea/files.epea2011.webnode.com.br/200000132-64f2b65ec6/epea2011-0127-1.pdf. Acesso em 21 julho 2019.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. DA C. As macrotendências político-pedagógicas da educação ambiental brasileira. Ambiente & Sociedade, v. 17, n. 1, p. 23–40, mar. 2014.

LIMA, A.M.; OLIVEIRA, H. T. A. (re) construção dos conceitos de natureza, meio ambiente e educação ambiental por professores de duas escolas públicas. Ciência & Educação, v. 17, n. 2, p. 321-337, 2011.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Ed. EPU, 1986.

MOTA, K. M.; MACHADO, T. P. P.; CRISPIM, R. P. S. Padlet no contexto educacional: uma experiência de formação tecnológica de professores. Revista Educacional Interdisciplinar, v. 6, n. 1, p. 1-8, 2017.

OLIVEIRA, A. L.; OBARA, A. T.; RODRIGUES, M. A. Educação ambiental: concepções e práticas de professores de ciências do ensino fundamental. Enseñanza de las Ciencias, v. 6, n. 3, p. 471-495, 2007.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 2005.

SATO, M. Educação ambiental. São Carlos: Ed. Rima, 2003.

SAUVÉ, L. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M.; CARVALHO, I. C. M. (Orgs.). Educação Ambiental. São Paulo: Editora Artmed, 2005, p. 17-46. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4586522/mod_resource/content/1/sauve%20correntes%20EA.pdf. Acesso em 24 julho 2019.

SILVA, P. G.; LIMA, D. S. Padlet como ambiente virtual de aprendizagem na formação de profissionais da educação. RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 16, n. 1, p. 1-10, 2018.

VELHO, A. R. T.; MAURELL, J.; BARWALDT, R.; ROSA, V. Trabalhando a problemática ambiental ao viés de quadros colaborativos online: uma ação no contexto escolar. V Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE 2016). Anais... XXII Workshop de Informática na Escola - WIE, p. 446-455, 2016. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/309883174_Trabalhando_a_Problematica_Ambiental_ao_Vies_de_Quadros_Colaborativos_Online_Uma_Acao_no_Contexto_Escolar. Acesso em 25 julho 2019.

VILLAR, L.M.; ALMEIDA, A. J.; LIMA, M. C. A.; ALMEIDA, J. L. V.; SOUZA, L. F. B.; PAULA, V. S. A percepção ambiental entre os habitantes da região noroeste do estado do Rio de Janeiro. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, v. 12, n. 2, p. 285-290, 2008.

ZANELLA, B. R. F.; LIMA, M. F. Refletindo sobre os Fatores de Resistência no Uso das TICs nos Ambientes Escolares. Scientiacum Industria, v. 5, n. 2, p.78-89, 2017.

ZUPELARI, M. F. Z.; WICK, M. A. L. A incerteza do futuro e a questão ambiental na contemporaneidade. Revista Subjetividades, v.15, n.3, p. 447-456, 2015.

Publicado
2020-08-21
Como Citar
Moser, A. de S., Gregório, A. de, Pires, E. A. C., & Moreira, A. L. O. R. (2020). Concepções de ambiente e Educação Ambiental de professores: o padlet como uma ferramenta interativa . Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(5), 20-36. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.10299
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##