ENTRAR NO ESCRITO NA IDADE ADULTA: POR UMA ABORDAGEM SITUADA DO ENSINO DA LEITURA E DA ESCRITA

Autores

  • Malory Leclère Universidade Sorbonne Nouvelle
  • Laurence Le Ferrec Universidade Paris Descartes

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.528

Resumo

Face às necessidades de formação dos formadores e à grande heterogeneidade das práticas de ensino da leitura-escrita direcionadas aos adultos, esse artigo visa a estabelecer as bases de uma abordagem que não dissocie as aprendizagens formais da escrita das experiências da escrituralidade vivenciadas pelos aprendizes e representações que lhes são atribuídas. Após retomar componentes e etapas do processo de aprendizagem da língua escrita, o artigo propõe uma reflexão sobre procedimentos de ensino que se distanciam de uma concepção demasiadamente restritiva da língua escrita e que marcam uma ruptura com abordagens postas em prática com as crianças. Trata-se de procedimentos que integram a aprendizagem da escrita em um trabalho mais amplo sobre o desenvolvimento das competências sociocomunicacionais e consideram as representações dos aprendizes sobre o funcionamento, os usos e as funções da língua escrita.

PALAVRAS-CHAVE: leitura-escrita; formação de adultos; representações da escrita


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-25

Como Citar

Leclère, M., & Le Ferrec, L. (2016). ENTRAR NO ESCRITO NA IDADE ADULTA: POR UMA ABORDAGEM SITUADA DO ENSINO DA LEITURA E DA ESCRITA. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 4(1), 107–124. https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.528