OS MODELOS ESCOLARES DE EDUCAÇÃO DE JOVENS, ADULTOS E IDOSOS NA CIDADE DE SÃO PAULO: REFLEXÕES SOBRE DEMANDAS E OFERTAS

Autores

  • Vanessa Elsas Universidade de São Paulo Instituto Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.495

Resumo

O artigo socializa reflexões sobre a distância entre a demanda e a oferta da Educação de Jovens e Adultos na cidade de São Paulo, a partir da dissertação de mestrado - “A Trajetória do Projeto CIEJA entre as políticas públicas de EJA na cidade de São Paulo”, desenvolvida no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade de São Paulo. Aborda-se a queda nos números de matrículas da EJA e os modelos escolares existentes para a modalidade, com foco nos Centros de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) e nos avanços e desafios permanentes para concretização do direito à educação.

PALAVRAS-CHAVE: EJA, organização escolar, políticas públicas de educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Elsas, Universidade de São Paulo Instituto Federal de Santa Catarina

Docente no Instituto Federal de Santa Catarina, no Câmpus Palhoça Bilíngue. Especialista em Educação de Jovens e Adultos e Economia Solidária. Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo. Doutoranda em Línguística pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisa políticas públicas de educação, com foco na modalidade EJA e políticas linguísticas.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2016-05-26

Como Citar

Elsas, V. (2016). OS MODELOS ESCOLARES DE EDUCAÇÃO DE JOVENS, ADULTOS E IDOSOS NA CIDADE DE SÃO PAULO: REFLEXÕES SOBRE DEMANDAS E OFERTAS. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 4(1), 27–43. https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.495