PROCESSOS FORMATIVOS NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA MULHERES MIL DO IFSULDEMINAS

Autores

  • Cleonice Maria da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.472

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar os resultados de uma investigação em que se buscou discutir o Programa Mulheres Mil, desenvolvido pelo IFSULDEMINAS na cidade de Inconfidentes. A pesquisa foi realizada sob a forma de um estudo de caso e os dados foram coletados a partir de entrevistas semiestruturadas com educadoras/es que atuaram no programa nos anos de 2012 e 2013 e foram discutidos com base nas teorizações pós-estruturalistas e dos estudos culturais. O estudo demonstra que o Programa Mulheres Mil não consegue romper com problemas históricos relacionados à questão de gênero, mas avança em relação a uma estratégia metodológica capaz de sensibilizar as mulheres quanto à possibilidade de mudança de suas trajetórias de vida.

PALAVRAS-CHAVE: programas educativos; gênero; qualificação profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-25

Como Citar

Silva, C. M. da. (2016). PROCESSOS FORMATIVOS NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA MULHERES MIL DO IFSULDEMINAS. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 4(1), 161–181. https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.472