EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA CRECHE

Autores

  • Flávio Santiago Faculdade Zumbi dos Palmares

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.438

Resumo

RESUMO: O objetivo do texto é trazer provocações sobre a construção de prática pedagógica em creches que dialogam com os princípios apontados nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira, aprovadas pelo parecer CNE 003/04 e por sua Resolução 01/04. A partir do diálogo construído com os documentos legais e a literatura referente à especificidade da prática pedagógica desenvolvida nas creches, pode-se apontar a necessidade de uma educação não escolarizada no tratamento do conhecimento sobre a cultura africana e afro-brasileira nessa etapa da educação.

PALAVRAS-CHAVE: Creche. Educação das relações étnico-raciais. Educação infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Santiago, Faculdade Zumbi dos Palmares

Pedagogo formado pela Universidade Federal de São Carlos (2010) e mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2014). Atualmente é professor adjunto da Faculdade Zumbi dos Palmares no curso de Pedagogia e doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da UNICAMP com bolsa FAPESP. Pertence ao Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Diferenciação Sociocultural - linha Culturas Infantis , atuando principalmente nos seguintes temas: educação infantil, relações raciais, relações de gênero.

Downloads

Publicado

2016-05-25

Como Citar

Santiago, F. (2016). EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA CRECHE. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 4(1), 254–268. https://doi.org/10.34024/olhares.2016.v4.438