Violência Escolar no município de Ladário - MS: um relato sobre formação para criação de observatório

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.11474

Palavras-chave:

Teoria Crítica da Sociedade, Violência na Escola, Observatório

Resumo

Este relato de experiência tem por objetivo descrever e discutir um programa de formação de professores voltado a prevenir, identificar e combater a violência em ambiente escolar. Tal formação ocorreu por meio de uma disciplina especial oferecida pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal, e foi amplamente divulgada para os professores da rede pública de ensino. Com carga horária de 60 horas, divididas em quatro horas de estudos semanais, a disciplina se estruturou a partir de três módulos, os quais foram intitulados: (a) proposta de pesquisa empírica e interdisciplinar da Teoria Crítica da Sociedade (b) Bullying e preconceito; (c) Observatórios de prevenção à violência e projetos aplicativos para escolas. Essa estrutura teve por finalidade, propiciar não apenas a aquisição de conhecimentos teóricos, mas a reflexão crítica acerca da prática docente cotidiana e o planejamento de ações com vistas a prevenir e intervir sobre as situações de violência no contexto escolar. Tal programa é uma das etapas de desenvolvimento da pesquisa “Violência Escolar: discriminação, bullying e responsabilidade nas escolas municipais de Ládario - MS” vinculada como pesquisa local ao projeto de pesquisa coletivo intitulado de “Violência Escolar: discriminação, bullying e responsabilidade”, aprovado pelo CNPq junto à Chamada Cidadania, Violência e Direitos Humanos, tendo início em fevereiro de 2018 e duração prevista de 35 meses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabella Fernanda Ferreira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Professora Adjunta IV na UFMS. Doutora em Educação pela UNESP de Araraquara. Docente Permanente do programa de Pós-graduação em Educação da UFMS/CPAN. Docente Colaboradora no Programa de Pós-graduação em Educação da UFMS/FAED. Uma das fundadoras e também coordenadora na Rede (Inter)nacional de Pesquisa “NEXOS Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar” dividida por sedes interinstitucionais nas cinco regiões do País. Líder do “NEXOS Teoria Crítica e Pesquisa Interdisciplinar – Centro-Oeste/Norte”. Membro no “Consórcio Internacional de Programas de Teoria Crítica” organizado e produzido em colaboração com o Instituto de Pesquisa em Humanidades da Universidade da Califórnia, Berkeley e a Fundação Andrew W. Mellon. ORCID: 0000-0001-5356-5767. 

Bárbara Amaral Martins, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho",Campus de Marília, com Doutorado Sanduíche na Universidade do Minho, Portugal. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato do Sul, Campus do Pantanal. 

Cláudia Araújo de Lima, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Pedagoga. Mestre em Saúde Pública/ENSP/FIOCRUZ. Doutora em Ciência - Saúde Pública/ENSP/FIOCRUZ. Docente da Graduação em Pedagogia. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação - Educação Social - PPGE/UFMS. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos Fronteiriços - PPGEF/UFMS. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares - NEPI/PANTANAL – UFMS. 

Referências

ADORNO, Theodor Ludwig Wiesengrund. Educação após Auschwitz. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.
BRASIL. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos: 2007. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2007. 76 p.
CHAVES, Denise Raissa Lobato; SOUZA, Maurício Rodrigues de. Bullying e preconceito: a atualidade da barbárie. Revista Brasileira De Educação, v. 23, p. 1413-2478, 2018.
CROCHÍK, José Leon et al. Análise de concepções e propostas de gestores escolares sobre o bullying. Acta Scientiarum: Education, Maringá, v. 36, n. 1, p.115-127, 2014.
DEWEY, John. Experiência e educação. 3. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1979.
FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A INFÂNCIA (UNICEF). Convenção sobre os Direitos da Criança, de 20 de novembro de 1989. Entrou em vigor em 2 de setembro de 1990, ratificado pelo Brasil em 24 de setembro de 1990. Disponível em: https://www.unicef.org/brazil/convencao-sobre-os-direitos-da-crianca
FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A INFÂNCIA (UNICEF). Declaração Universal dos Direitos das Crianças, de 20 de novembro de 1959. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/declaracao_universal_direitos_crianca.pdf
HMELO-SILVER, Cyndi. “Problem-Based Learning: What and How Do Students Learn?” Educational Psychology Review. Vol. 16, n° 3, September, 2004, p.235-266.
LIMA, Cláudia Araújo de. Observatório Eçaí: a aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente e outros direitos humanos na fronteira Brasil-Bolívia in Formação, prática e pesquisa em educação 3 [recurso eletrônico] / Organizadores Natália Lampert Batista, Tascieli Feltrin, Maurício Rizzatti. – Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2019. – (Formação, Prática e Pesquisa em Educação; v. 3).
LOPES, Renato Matos; ALVES, Neila Guimarães; PIERINI, Max Fonseca; SILVA FILHO, Moacelio Veranio. Características gerais da aprendizagem baseada em problemas in Aprendizagem baseada em problemas: fundamentos para a aplicação no ensino médio e na formação de professores / Renato Matos Lopes, Moacelio Veranio Silva Filho, Neila Guimarães Alves (organizadores). – Rio de Janeiro : Publiki, 2019. 198 p. ebook. p.47-74.
MACIEL, Miriam de Oliveira. Alunos com altas habilidades/superdotação e o fenômeno bullying. Santa Maria: UFSM, 2012. 188 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.
MARTINS, Bárbara Amaral; OGEDA, Clarissa Maria Marques. O “nerd” da sala: um estudo descritivo sobre crianças precoces com indicadores de altas habilidades/superdotação e as práticas de bullying. Re-criação – revista do CREIA, Corumbá – edição comemorativa, p. 127- 140, 2020.
OLIVEIRA-MENEGOTTO, Lisiane Machado de; PASINI, Audri Inês; LEVANDOWSKI, Gabriel. O bullying escolar no Brasil: uma revisão de artigos científicos. Revista Psicologia: Teoria e Prática, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 203-215, mai./ago. 2013.
ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS – ONU. Declaração Universal dos Direitos Humanos, publicada em 10 de dezembro de 1948, Palais de Chaillot, Paris. Disponível em https://brasil.un.org/
ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA – UNESCO – REPRESENTAÇÃO NO BRASIL; PALAS ATHENA; MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. Cultura de paz: da reflexão à ação; balanço da Década Internacional da Promoção da Cultura de Paz e Não Violência em Benefício das Crianças do Mundo. – Brasília: UNESCO; São Paulo: Associação Palas Athena, 2010. 256 p. ISBN: 978-85-7652-133-4
ORTEGA, Cristina; DEL VALLE, Roberto San Salvador. (2010). Nuevos retos de los observatorios culturales. Boletín Gestión Cultural 19 (2010) 1-15.
PETERSON, Jean Sunde; RAY, Karen E. Bullying and the gifted: perpetrators, prevalence, and effects. Gifted Child Quarterly, Iowa, v. 50, n. 2, p. 148-168, apr. 2006.
SALLES, Leila Maria Ferreira; SILVA, Joyce Mary Adam de Paula. Diferenças, preconceitos e violência no âmbito escolar: algumas reflexões. Cadernos de Educação, Pelotas, v. 30, p. 149-166, jan./jun. 2008.
SILVA, Jorge Luiz da; BAZON, Marina Rezende. Prevenção e enfretamento do bullying: o papel de professores. Revista Educação Especial, Santa Maria, n. 30, v. 59, p. 615-628, 2017.
SOARES, Lilian Campos; FERNEDA, Edilson; PRADO, Hércules Antônio. Observatórios: um levantamento do estado do conhecimento. Brazilian Journal of Information Studies: Research Trends. 12:3 (2018) p.86-p.110. ISSN 1981-1640.
STELKO-PEREIRA, Ana Carina; SANTINI, Paolla Magioni; WILLIAMS, Lúcia Cavalcanti de Albuquerque. Um livro a se debater: Bullying: mentes perigosas nas escolas, de Ana Beatriz Barbosa Silva. Psicologia: teoria e prática, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 197-202, abr. 2012.

Downloads

Publicado

2021-04-21

Como Citar

Ferreira, I. F., Martins, B. A. ., & Araújo de Lima, C. . (2021). Violência Escolar no município de Ladário - MS: um relato sobre formação para criação de observatório . Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 9(1), 90–107. https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.11474