Internet e seu impacto para a Educação segundo Andrew Feenberg

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.11420

Palavras-chave:

Educação e Internet, Andrew Feenberg, Tecnologias educacionais

Resumo

O presente trabalho objetiva sistematizar o arcabouço teórico feenberguiano da internet e as possíveis implicações na educação. A pesquisa possui natureza teórica, com abordagem qualitativa e fundamentação fenomenológica, baseada nas contribuições de Bicudo (2011), e Merleau-Ponty (1999), cujo recorte teórico perpassa as obras de Feenberg (2002; 2010; 2017a; 2017b; 2019). Ao considerar o que faz sentido para o sujeito que percebe e se volta para a compreensão do fenômeno investigado, nota-se que: o ensino on-line diminui os custos com a educação, que tem constituído uma despesa considerável para estados e empresas; o medo de que a Internet substitua a relação entre professor e aluno não é algo novo, apenas reproduz uma crítica que também foi feita à escrita, mas, assim como esta trouxe novas possibilidades e progressos para a educação, a Internet também parece ampliar a aprendizagem. Portanto, se, por um lado, o avanço e a incorporação da Internet ao cotidiano já nos impõem sérias reflexões, por outro, seu impacto sobre a educação se revela considerável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauricio dos Reis Brasão, Universidade de Uberaba

Doutorado em Educação pela Universidade de Uberaba (UNIUBE). Pós-doutorando em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Gustavo Araújo Batista, Universidade de Uberaba

Doutorado e Pós-Doutorado em Educação. Universidade de Uberaba (UNIUBE). Centro Universitário Mário Palmério (UNIFUCAMP)

Referências

ABBATE, Janet. Inventing the Internet. Cambridge and London: The MIT Press, 1999.

ALMEIDA, José Maria Fernandes de. Breve história da Internet. Portugal. Universidade do Minho, Departamento de Sistemas de Informação, 2005.

BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. (org.). Pesquisa qualitativa segundo a visão fenomenológica. São Paulo: Cortez, 2011.

BRASÃO, Mauricio dos Reis. A fundamentação teórica da tecnologia segundo Andrew Feenberg: implicações na educação à luz da fenomenologia. 487f. 2020. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de Uberaba, Uberaba, 2020.

DEAN, Jodi. Communicative Capitalism: circulation and the foreclosure of politics. Cultural Politics, v. 1, p. 51-74, 2005.

DREYFUS, Hubert L. On the Internet. 2. ed. London and New York: Routledge, 2009.

FEENBERG, Andrew. A polêmica Educação online e o futuro da universidade. Tradução de Maureen Mourning. Tradução do artigo The Online Education Controversy and the Future of the University. [S. l.: s. n.], 2017c. Disponível em: https://www.sfu.ca/~andrewf/a%20polemica.pdf. Acesso em: 2 jun. 2019.

FEENBERG, Andrew. Between Reason and Experience: Essays in Technology and Modernity. Cambridge: The MIT Press, 2010.

FEENBERG, Andrew. Entre a razão e a experiência: ensaios sobre tecnologia e modernidade. Tradução Eduardo Beira com Cristiano Cruz e Ricardo Neder. [S. l.]: MIT Portugal, 2017a.

FEENBERG, Andrew. Technosystem: The Social Life of Reason. Cambridge: Harvard University Press, 2017b.

FEENBERG, Andrew. Tecnologia, modernidade e democracia. Organização e tradução: Eduardo Beira. Lisboa: MIT Portugal, 2015. Disponível em: https://www.sfu.ca/~andrewf/TECNOLOGIA_MODERNIDADE_DEMOCRACIA.pdf. Acesso em: 8 out. 2019.

FEENBERG, Andrew. Transforming Technology: A Critical Theory revisited. New York: Oxford University Press, 2002.

FEENBERG, Andrew. Vers une théorie critique de l’Internet. tic&société, [s. l.], v. 8, n. 1-2, p. 31-56, 2014. Disponível em: https://www.sfu.ca/~andrewf/vers%20une%20theorie.pdf. Acesso em: 7 out. 2019.

FUCHS, Christian. Internet and Society: social theory in the information age. New York: Routledge, 2008.

HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine. FEENBERG, Andrew. Entre a razão e a experiência: ensaios sobre tecnologia e modernidade. Conjectura: Filosofia e Educação, Caxias do Sul, v. 24, p. 1-7, 2019. Disponível em:

http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conjectura/article/view/7388. Acesso em: 28 maio 2021.

HEIDEGGER, Martin. O princípio do fundamento. Lisboa: Instituto Piaget, 1998.

SAMPAIO, Rafael Cardoso; BARROS, Chalini Torquato Gonçalves de. Internet como esfera pública? Análise de usos e repercussões reais das discussões virtuais. Estudos em Comunicação, Salvador, n. 9, p. 161-183, 2011. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/ppgau/article/view/5114/3703. Acesso em: 9 dez. 2019.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. Tradução de Carlos Alberto Ribeiro de Moura. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

OLIVEIRA, Joelson Roberto. Nietzsche e o Transhumanismo: em torno da questão da autossuperação do homem. Kriterion, Belo Horizonte, n. 135, Dez./2016, p. 719-739.

VILAÇA, Murilo Mariano; DIAS, Maria Clara Marques. Transumanismo e o futuro (pós-) humano. Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 2, p. 341-362, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-73312014000200341&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 9 fev. 2020

Downloads

Publicado

2021-07-25

Como Citar

Brasão, M. dos R., & Batista, G. A. . (2021). Internet e seu impacto para a Educação segundo Andrew Feenberg. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 9(2), 217–235. https://doi.org/10.34024/olhares.2021.v9.11420