A Admiração influencia o julgamento sobre o machucar?:

a diferença entre personagens genéricos e do desenho animado Frozen

  • Paulo Yoo Chul Choi USP
  • Luciana Maria Caetano Universidade de São Paulo
  • Betânia Alves Veiga Dell' Agli Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino
Palavras-chave: Desenvolvimento Moral, Admiração, Teoria do Domínio Social

Resumo

A Teoria do Domínio Social é uma abordagem contemporânea de psicologia cognitivo social que investiga o papel da especificidade dos eventos sociais no desenvolvimento moral e considera que os julgamentos sobre os fenômenos sociais podem ser interpretados de acordo com diferentes domínios. Tomando como base os pressupostos dessa teoria, os objetivos da pesquisa foram: investigar o papel da admiração nos julgamentos das crianças e os critérios de julgamentos sobre quatro situações envolvendo o machucar, compararando quando os protagonistas são personagens genéricas e quando são personagens do desenho animado Frozen. 53 crianças entre 5 e 10 anos de idade participaram da pesquisa. Foram realizadas entrevistas estruturadas individuais sobre a obrigatoriedade, alterabilidade, universalização da regra e independência da autoridade. Os resultados demonstraram que a admiração ao personagem do desenho influenciou os julgamentos em algumas situações e que as respostas às diferentes situações de machucar possuíam preocupações convencionais, negligenciando a preocupação com o outro. Por fim, sugere-se que outras pesquisas sejam realizadas para compreender melhor a variável admiração e os diferentes tipos de julgamentos sobre eventos de domínios prévios como o machucar.

Métricas

Carregando métricas...

Biografia do Autor

Luciana Maria Caetano, Universidade de São Paulo

Luciana Maria Caetano é professora associada do Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade (PSA) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP). Doutora e Mestre pelo Programa de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP). Especialista em Psicopedagogia e em Educação Infantil. Graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Salesiano de Americana e em Tecnologia Têxtil pelo Centro Paula Souza (FATEC). Realiza pesquisas em psicologia do desenvolvimento moral, educação moral e desenvolvimento socioemocional. Atua como docente na graduação em Psicologia, Terapia Ocupacional e Fisioterapia, e orienta mestrados e doutorados no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da USP desde 2013. Atua como vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da USP. É coordenadora do Grupo de Pesquisa e Estudos em Psicologia do Desenvolvimento Moral (GPDM), membro do LEDA (Laboratório de Estudos do Desenvolvimento e da Aprendizagem), membro da Jean Piaget Society e da Sociedade Brasileira de Psicologia do Desenvolvimento.

Betânia Alves Veiga Dell' Agli, Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1996), Mestrado (2002) e Doutorado (2008) em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professor concursado do Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino Fae. Tem experiência na área de educação, neurociências, atuando principalmente nos seguintes temas: dificuldade de aprendizagem, relação entre afetividade e inteligência em escolares, jogo de regras para promover o desenvolvimento cognitivo, afetivo, social e moral, avaliação neuropsicológica.

Referências

ÅKERLIND, Gerlese. Learning about phenomenography: Interviewing, data analysis and the qualitative research paradigm. In: BOWDEN, John; GREEN, Pam (orgs.). Doing developmental phenomenography. Melbourne: RMIT University Press, p. 62-73, 2005.

ALGOE, Sara B; HAIDT, Jonathan. Witnessing excellence in action: The ‘other-praising’emotions of elevation, gratitude, and admiration. The journal of positive psychology, v.4, n.2, p. 105-127, 2009. doi:10.1080/17439760802650519

BALL, Courtney L.; SMETANA, Judith G.; STURGE‐APPLE, Melissa L. Following my head and my heart: Integrating preschoolers' empathy, theory of mind, and moral judgments. Child Development, 88,2, p.297-611, 2017 doi:10.1111/cdev.12605

CAETANO, Luciana Maria; SOUZA, Jackeline Maria de; SILVA, Cecilia Onohara da; CHOI, Paulo Yoo Chul. Concepções educativas morais de crianças e adolescentes: diálogo entre teoria do juízo moral de Piaget e teoria do domínio social de Turiel. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 45, e193129, 2019. doi: 10.1590/s1678-4634201945193129

DECETY, Jean; COWELL, Jason M. The complex relation between morality and empathy. Trends in cognitive sciences, 2014, p. 337-339. doi: 10.1016/j.tics.2014.04.008

DUNN, Judy; CUTTING, Alexandra L.; DEMETRIOU, Helen. Moral sensibility, understanding others, and children's friendship interactions in the preschool period. British Journal of Developmental Psychology,18.2, p.159-177, 2000. doi: 10.1348/026151000165625

FROZEN: UMA AVENTURA CONGELANTE (Frozen). Direção: Chris Buck e Jennifer Lee Produção: John Lasseter e Peter Del Vecho. Walt Disney Pictures, 2013. 108 min., cor.

HELWIG, Charles C.; HILDEBRANDT, Carolyn; TURIEL, Elliot. Children's judgments about psychological harm in social context. Child development, 66.6, p.1680-1693, 1995. doi: 10.1111/j.1467-8624.1995.tb00958.x

HOFF, Erika; LAURSEN, Brett; TARDIF, Florida. Socioeconomic status and parenting. Handbook of parenting, 8.2, p. 231-252, 2002.

KILLEN, Melanie. Social and moral development in early childhood. In: Handbook of moral behavior and development. Psychology Press, p. 137-160, 2014.

KILLEN, Melanie; RUTLAND, Adam. Children and social exclusion: Morality, prejudice, and group identity. John Wiley & Sons, 2011.

NUCCI, Larry; CAMINO, Cleanice; SAPIRO, Clary Milnitsky. Social class effects on northeastern Brazilian children's conceptions of areas of personal choice and social regulation. Child development, 7.3, p.1223-1242, 1996. doi: 10.1111/j.1467-8624.1996.tb01792.x

NUCCI, Larry; TURIEL, Elliot; RODED, Alona D. Continuities and discontinuities in the development of moral judgments. Human Development, 60.6, p.279-341, 2017. doi: 10.1159/000484067

OKIN, Susan Moller. Justice, gender, and the family. New York: Basic books, 1989.

ONU, Diana; KESSLER, Thomas; SMITH, Joanne R. Admiration: A conceptual review. Emotion Review, 8.3, p.218-230, 2016. doi: 10.1177/1754073915610438

PIAGET, Jean. O juízo moral na criança. São Paulo: Summus, 1994. Publicação original de 1932.

SAPIRO, Clary; TURIEL, Elliot; NUCCI, Larry. Brazilian adolescents’ conceptions of autonomy and parental authority. Cognitive Development, 21.3, p.317-331, 2006. doi: 10.1016/j.cogdev.2006.01.001

SMETANA, Judith. Moral development: the social domain theory view. In: ZELAZO, Philip David (Org.). The Oxford handbook of development psychology. Oxford: Oxford University Press, p. 832-863, 2013.

SMETANA, Judith. Social-cognitive domain theory: consistencies and variations in children’s moral and social judgments. In: KILLEN, Melanie; SMETANA, Judith (Org.). Handbook of moral development. London: Lawrence Erlbaum Associates, 2006.

SMETANA, Judith G.; BALL, Courtney L. Heterogeneity in children’s developing moral judgments about different types of harm. Developmental psychology, 2019. doi: 10.1037/dev0000718

SMETANA, Judith; BALL, Courtney; JAMBON, Marc; YOO, Ha. Are young children’s preferences and evaluations of moral and conventional transgressors associated with domain distinctions in judgments?. Journal of experimental child psychology, 173: 284-303, 2018.doi: 10.1016/j.jecp.2018.04.008

SMETANA, Judith; ROTE, Wendy; JAMBON, Marc; TESOPOULOS-CHAN, MARINA; VILLALOBOS, Myriam; COMER, Jessamy. Developmental changes and individual differences in young children’s moral judgments. Child development, 2012, 83.2: 683-696. doi: 10.1111/j.1467-8624.2011.01714.x

SOUZA, JACKELINE MARIA. Julgamento de adolescentes sobre exclusão homofóbica na perspectiva da teoria do domínio social. Teses USP. 2019.

TURIEL, Elliot. Cultural practices, oppression, and morality. Human Development, 41.3, 1998.

TURIEL, Elliot. Moral development. Handbook of child psychology and developmental science, 2015, 1-39. doi: 10.1002/9781118963418.childpsy113

TURIEL, Elliot. The development of social knowledge: morality and convention. Cambridge: Cambridge University Press, 1983.

TURIEL, Elliot; GINGO, Matthew. Development on the moral domain: coordination an the need do consider other domains of social reasoning. In: BUDWIG, Nancy; TURIEL, Elliot; ZELAZO, Philip David (Ed.). News perspective on human development. New York: Cambridge University Press, p. 209-228, 2017.

WESTON, Donna R.; TURIEL, Elliot. Act–rule relations: Children's concepts of social rules. Developmental Psychology, 16.5, 1980. doi: 10.1037/0012-1649.16.5.417

Publicado
2020-04-22
Como Citar
Chul Choi, P. Y., Caetano, L. M., & Alves Veiga Dell’ Agli, B. (2020). A Admiração influencia o julgamento sobre o machucar?:. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 8(1), 33-48. https://doi.org/10.34024/olhares.2020.v8.10245