Esta é uma versão desatualizada publicada em 2023-05-17. Leia a versão mais recente.

TRA Porque Hamburgo não deve perder o filósofo Cassirer

Autores

  • Serzenando Alves Vieira Neto UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.34024/imagem.v2i2.14699

Palavras-chave:

Aby Warburg, Ernst Cassirer, Historiografia da Arte, História das Ideias, Hamburgo

Resumo

Em junho de 1928, Aby Warburg publica no Hamburger Fremdenblatt uma obstinada defesa da permanência do filósofo Ernst Cassirer na cidade de Hamburgo. O texto, que representa um rico documento para o estudo da biografia de Warburg, é também um testemunho vivo da importância de Cassirer para o aprimoramento do estudo da imagem a partir da concepção do símbolo como substrato geral da expressão humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Cassirer, E. (2004). Aufsätze und kleine Schriften (1927–1931). Hamburg: Meiner.

Cassirer, E. (2009). Ausgewählter wissenschaftlicher Briefwechsel. Hamburg: Meiner.

Cassirer, T. (2003). Mein Leben mit Ernst Cassirer. Hamburg: Meiner. (Publicação original em: 1981).

McEwan, D. (2004). “Wanderstrassen der Kultur”: die Aby Warburg – Fritz Saxl Korrespondenz 1920 bis 1929. Hamburg, München: Dölling und Galitz.

Warburg, A. (2001). Tagebuch der Kulturwissenschaftlichen Bibliothek Warburg. Berlin: Akademie.

Warburg, A. (2010). Werke in einem Band. Berlin: Suhrkamp.

Warburg, A. (2021). Briefe: 1886–1929. 2 vols. Berlin, Boston: De Gruyter.

Downloads

Publicado

2023-05-17

Versões

Como Citar

Alves Vieira Neto, S. (2023). TRA Porque Hamburgo não deve perder o filósofo Cassirer. Imagem: Revista De Hist´ória Da Arte, 2(2). https://doi.org/10.34024/imagem.v2i2.14699
##plugins.generic.dates.received## 2022-12-19
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-05-16
##plugins.generic.dates.published## 2024-04-02

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.