Educação Ambiental na educação profissional e tecnológica: ensino a partir de jogos educativos de descarte de lixo eletrônico

  • Ana Sara Castaman Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
  • Lis Ângela De Bortoli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Jogos educativos. Ensino. Lixo eletrônico. Educação Ambiental.

Resumo

A tecnologia aliada à obsolescência programada e ao consumismo exacerbado contribuem significativamente para a intensificação de resíduos eletroeletrônicos. Com base nessa problemática, foram elaborados jogos educativos de descarte de lixo eletroeletrônico, os quais foram aplicados na unidade curricular de Educação Ambiental a estudantes da Educação Profissional e Tecnológica (EPT), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão. Para tanto, este estudo de caso tem por objetivo relatar tal experiência de confecção e execução de jogos educativos no ensino da educação ambiental na EPT. Com base na avaliação realizada, a experiência foi positiva para o processo de ensino e aprendizagem, possibilitando unir teoria e prática, de forma lúdica.

Biografia do Autor

Ana Sara Castaman, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Graduada em Psicologia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2003), graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (2009), mestre em Educação Nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2006) e doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2011). Atualmente atuo como professora no Instituto Federal do Rio Grande do Sul e estou como docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT. Sou líder do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas e Formação de Professores para a Educação Básica e Profissional.

Referências

ANASTASIOU, L.G.C.; PIMENTA, S.G. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002.

BRASIL. Lei nº 9.394. De 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm> Acesso em: 06 ago. 2019.

BRASIL. Lei nº 9.795. De 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a política nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 06 ago. 2019.

BRASIL. Decreto nº 4.281. De 25 de junho de 2002, que regulamenta a Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999, que institui a Política Nacional de Educação Ambiental, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/d4281.htm> Acesso em: 06 ago. 2019.

BROUGÈRE, G. Jogo e educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

CONAMA. Resolução CONAMA nº 275. De 25 de abril de 2001. Publicada no DOU no 117-E, de 19 de junho de 2001, Seção 1, página 80 Estabelece o código de cores para os diferentes tipos de resíduos, a ser adotado na identificação de coletores e transportadores, bem como nas campanhas informativas para a coleta seletiva. Disponível em: <http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=273> Acesso em: 23 ago. 2019.

DE BORTOLI, L. Â. Projeto de Extensão ‘E-lixo: ações de descarte, reutilização e Educação Ambiental’. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão, 2019. (Mimeo).

FIALHO, N.N. Os jogos pedagógicos como ferramentas de ensino. Disponível em: http://quimimoreira.net/Jogos%20Pedagogicos.pdf Acesso em: 06 ago. 2019.

GOMES, R.R.; FRIEDRICH, M.A. Contribuição dos jogos didáticos na aprendizagem de conteúdos de Ciências e Biologia. In: EREBIO, 1, Anais. Rio de Janeiro, p. 389-392, 2001.

GRÜBEL, J.M.; BEZ, M.R. Jogos Educativos. Revista Renote - Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, V. 4, N. 2, Dez., 2006.

IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Sertão. Projeto Pedagógico Do Curso Técnico Em Manutenção E Suporte Em Informática. Julho, 2013. (Mimeo).

LARA, I.C.M. Jogando com a Matemática de 5ª a 8ª série. São Paulo: Rêspel, 2004.

LAYRARGUES, P.P. A resolução de problemas ambientais locais deve ser um tema gerador ou a atividade - fim da Educação Ambiental? In: REIGOTA, M. (org.). Verde Cotidiano: o meio ambiente em discussão. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 1999.

LOUREIRO, C.F.B. (Org.). A questão ambiental no pensamento crítico: natureza, trabalho e educação. Rio de Janeiro: Quartet, 2007.

MIRANDA, N.A. de et al. Educação Ambiental na Optica Discente: Análise de Um Pré-Teste. Disponível em: <http://professores.aedb.br/seget/artigos06/713_Educacao%20ambiental%20na%20optica%20discente-analise%20pre-teste.pdf>. Acesso em: 12 ago. 2019.

OLIVEIRA, C.C.; COSTA, J.W.; MOREIRA, M. Ambientes Informatizados de Aprendizagem: Produção e Avaliação de Software Educativo. Campinas: Papirus, 2001.

ONU. Promoção de ensino, da conscientização e do treinamento. Agenda 21, 1992. Disponível em: <http://www.nepp-dh.ufrj.br/onu13-3-36.html>. Acesso em: 10 set. 2019.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 1994.

SILVEIRA, R.S.; BARONE, D.A.C. Jogos Educativos computadorizados utilizando a abordagem de algoritmos genéticos. Anais do IV Congresso RIBIE, Brasília, 1998. Disponível em: <http://www.niee.ufrgs.br/eventos/RIBIE/1998/pdf/com_pos_dem/151.pdf> Acesso em: 12 ago. 2019.

TAYLOR, J. L. Guia sobre simulación y juegos para la educación ambiental. Santiago: OREAL/UNESCO, 1991.

TOZONI-REIS, M. F. C. Educação Ambiental: natureza, razão e história. 2ª ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

ZANON, D. A. V.; GUERREIRO, M.A.S.; OLIVEIRA; R.C. Jogo didático Ludo Químico para o ensino de nomenclatura dos compostos orgânicos: projeto, produção, aplicação e avaliação. Revista Ciências e Cognição, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 72-81, 2008.

ZORZAL, E. R. et. al. Aplicação de Jogos Educacionais com Realidade Aumentada. Revista Renote - Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, V. 6, N. 1, Julho, 2008.

Publicado
2020-08-21
Como Citar
Castaman, A. S., & De Bortoli, L. Ângela. (2020). Educação Ambiental na educação profissional e tecnológica: ensino a partir de jogos educativos de descarte de lixo eletrônico. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 15(5), 76-88. https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.9893
Seção
Relatos de Experiências