Educação Ambiental e o processo de interdisciplinaridade no ambiente escolar

  • Nilziane Costa Marvila Faculdade Vale do Cricaré
  • Luana Frigulha Guisso Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Educação Ambiental, Interdisciplinaridade, desafio, metodologias.

Resumo

Este artigo teve como objetivo compreender os desafios que tangem a inserção da Educação Ambiental no ambiente escolar e seu processo de interdisciplinaridade e Identificar as metodologias que os educadores utilizam para inserir a temática.  Para a pesquisa foram analisados professores de uma escola polo do município de Presidente Kennedy, Espírito Santo. Com característica de pesquisa qualitativa apresenta como principal instrumento de coleta de dados o questionário aberto, em que os pesquisados tiveram a possibilidade de percorrer o tema proposto, sem respostas ou categorias preestabelecidas.

Biografia do Autor

Nilziane Costa Marvila, Faculdade Vale do Cricaré

Licenciatura em Ciências Biológicas. Especialista em Educação Ambiental; Educação Especial Mestranda em gestão social, educação e desenvolvimento regional. Faculdade Vale do Cricaré. 

Luana Frigulha Guisso, Universidade Federal do Espírito Santo

Licenciatura Plena em Pedagogia com Habilitações em: Supervisão Escolar, Educação Infantil e Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, pela Faculdade de Ciências Humanas de Aracruz (2001). Doutoranda em História Social das Relações Políticas pela UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Educação Ambiental pela Faculdade de Aracruz.

Publicado
2019-12-12
Como Citar
Marvila, N. C., & Guisso, L. F. (2019). Educação Ambiental e o processo de interdisciplinaridade no ambiente escolar. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 14(4), 340-350. https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2737
Seção
Artigos