Compostagem de algas arribadas como ferramenta de Educação Ambiental em uma escola pública

Autores

  • Layanna de Almeida Gomes Bastos Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Cristina Basilio Crispim da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Gil Dutra Furtado

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2699

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Sensibilização, Algas Arribadas.

Resumo

sexto ano de uma escola pública de Cabedelo-PB utilizando a compostagem de algas arribadas. A análise foi realizada avaliando a percepção ambiental pela aplicação de questionários em dois momentos: no contato inicial e após uma sensibilização ambiental. Essa sensibilização ocorreu de maneiras diferentes nos grupos: teórica (palestra); e prática (compostagem e horta). Foi possível observar que houve uma melhoria na percepção dos problemas ambientais e maior abrangência nos conceitos de Meio Ambiente e EA, especialmente para o grupo que realizou a atividade de forma prática, evidenciando que a compostagem pode ser usada como ferramenta de EA e que seu uso na prática oferece resultados mais substanciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-03-2019

Como Citar

Bastos, L. de A. G., Silva, M. C. B. C. da, & Furtado, G. D. (2019). Compostagem de algas arribadas como ferramenta de Educação Ambiental em uma escola pública. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 14(1), 416–438. https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2699

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2018-11-27
Aceito: 2019-01-23
Publicado: 2019-03-30

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.