O Alto Camaquã e a pecuária familiar: a construção da Educação Ambiental hídrica

  • Cibelle Machado Carvalho Universidade Federal de Santa Maria -UFSM
  • Rafael Cabral Cruz Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Nájila Souza da Rocha Universidade Federal do Rio Grande do Sul- UFRGS
Palavras-chave: Representação Social, Educação Ambiental Hídrica, Pecuária Familiar, Alto Camaquã.

Resumo

O território do Alto Camaquã/RS tem como aspecto fundamental a pecuária familiar e sua dependência com os recursos naturais. Porém, há restrições, como baixas disponibilidades hídricas e alterações nas nascentes. Partindo deste princípio, para modificar tal realidade e desenvolver estratégias de Educação Ambiental (EA) é necessário conhecer a realidade e as representações sociais dos pecuaristas familiares. A análise dos resultados propiciou identificar as potencialidades e dificuldades perante metodologias de EA, posteriormente foram diagnosticadas as ideias e percepções, representações dos pecuaristas sobre manejo de campo e água, escassez hídrica, água e qualidade de vida e a sua influência na produção.

Biografia do Autor

Cibelle Machado Carvalho, Universidade Federal de Santa Maria -UFSM
Possui graduação em Bacharelado em Gestão Ambiental (2013) pela Universidade Federal do Pampa- UNIPAMPA, Especialização em Educação ambiental (2015) e Mestrado em Engenharia Ambiental (2015) pela Universidade Federal de Santa Maria- UFSM. Atualmente é Doutoranda do Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil - UFSM, com enfase em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental.
Rafael Cabral Cruz, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
Dr. em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 2005. Atualmente é Professor Associado do Campus de São Gabriel, Fundação Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e atua como professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Santa Maria.
Nájila Souza da Rocha, Universidade Federal do Rio Grande do Sul- UFRGS
Engenheira Florestal formada pela Universidade Federal de Santa Maria, com ênfase nos estudos de análise ambiental com o uso de Geoprocessamento. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-graduação em Sensoriamento Remoto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Publicado
2019-03-30
Como Citar
Carvalho, C. M., Cruz, R. C., & Rocha, N. S. da. (2019). O Alto Camaquã e a pecuária familiar: a construção da Educação Ambiental hídrica. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 14(1), 149-170. https://doi.org/10.34024/revbea.2019.v14.2612
Seção
Artigos