Proposta de Educação Ambiental no Parque Estadual Sítio Fundão (Crato/CE) com ênfase na flora nativa

Autores

  • Priscilla Augusta de Sousa Fernandes
  • Rosimeire Soares Vieira Universidade Regional do Cariri – URCA
  • Mayra Alves Pinheiro Universidade Regional do Cariri – URCA
  • Marcelo Martins de Moura-Fé Universidade Regional do Cariri - URCA

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2017.v12.2413

Palavras-chave:

Biodiversidade, GeoPark Araripe, Patrimônio Natural, Trilha, Unidade de Conservação.

Resumo

As Unidades de Conservação da Natureza (UCs) se apresentam como espaços vocacionados para a realização de diversas atividades relacionadas à Educação Ambiental (EA). Nesse contexto, por um lado, as trilhas se notabilizam por não apresentarem, de maneira geral, a necessidade de grandes investimentos, e, por outro lado, por proporcionarem a proximidade entre as pessoas e seus elementos naturais. Sendo assim, este trabalho propõe a sinalização e inclusão de uma nova trilha no roteiro de visitação do Parque Sítio Fundão, na cidade do Crato, região sul do Ceará, com ênfase na flora nativa para utilização como ferramenta de Educação Ambiental e conservação da natureza, sendo desenvolvido nas seguintes etapas: gabinete, campo e laboratório. Na proposta foram selecionadas as seguintes espécies nativas: jatobá, angico, timbaúba e sabiá (Fabaceae), tingui (Sapindaceae), juazeiro (Rhamnaceae) e o mandacaru (Cactaceae). A proposta de melhoria e sinalização da trilha secundária da UC, só vem a contribuir para tal, bem como servir de ferramenta para disseminar novas formas de educação ambiental nesta UC, ampliando e divulgando assim os recursos naturais, culturais e históricos, além de servir de vínculo para mudanças de comportamentos, hábitos e atitudes dos visitantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-09-2017

Como Citar

Fernandes, P. A. de S., Vieira, R. S., Pinheiro, M. A., & Moura-Fé, M. M. de. (2017). Proposta de Educação Ambiental no Parque Estadual Sítio Fundão (Crato/CE) com ênfase na flora nativa. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 12(4), 207–218. https://doi.org/10.34024/revbea.2017.v12.2413

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2017-04-16
Aceito: 2017-08-01
Publicado: 2017-09-29

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)