Percepção ambiental de estudantes do ensino técnico federal em agropecuária e a contribuição da Educação Ambiental na formação profissional

Autores

  • Adriana Melo Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia/IFBA
  • Elfany Reis do Nascimento Lopes Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Sorocaba, SP
  • Milton Ferreira da Silva Júnior Universidade Federal do Sul da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2017.v12.2315

Palavras-chave:

Compreensão Ambiental, Ensino agrícola, IFBAIANO, Ambiente

Resumo

Este estudo objetivou analisar a percepção ambiental dos estudantes do ensino técnico em agropecuária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano em relação à educação ambiental e a sua importância para a formação profissional. O estudo evidenciou que há um entendimento sobre a dinâmica da interação homem e natureza e os desdobramentos econômicos e sociais deste processo, mas é preciso despertar um olhar sistêmico capaz de evidenciar a inter-relação meio ambiente e setor agropecuário, visando mitigar os danos ambientais oriundo de tais práticas e estimular a mudança de atitude frente à problemática ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Melo Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia/IFBA

Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (UESC), Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdades Integradas Olga Meetig (2005), em Gestão Ambiental voltada para Municípios pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná -UTFPR (2009), em Educação a Distancia pela Universidade do Estado da Bahia- UNEB (2012) e em Gestão e Docência em Educação a Distancia- USFC/IFMG (2013), graduada em Turismo pela Faculdade Visconde de Cairu (2004). Atualmente é professora titular do quadro permanente do Instituto Federal da Bahia - Campus Valença.

Elfany Reis do Nascimento Lopes, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Sorocaba, SP

Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (UESC), graduado em Biologia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2013). Atualmente é doutorando em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Milton Ferreira da Silva Júnior, Universidade Federal do Sul da Bahia

Possui graduação em Eng. Agronômica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1980), Especialização em Desenvolvimento e Gestão Ambiental (Gesellschaft Fur Technische Zusammenarbeit, GTZ, Alemanha, 1992), Mestrado em Sociologia Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1989) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2006). Entre nov.1980 / dez.. 1989, Extensionista Rural na CEPLAC-AMAZÔNIA(Ro). No intervalo de jan. 1990-set. 1998 Pesquisador na CEPLAC-CEPEC-DIV. SOCIOECONOMIA(Ba).Entre agosto de 1990- julho de 2014 foi Pró Reitor de Extensão, Assessor chefe da Assessoria de Planejamento (ASPLAN) da Universidade Estadual de Santa Cruz e professor assistente da Universidade Estadual de Santa Cruz - Rede PRODEMA (Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente). Desde agosto de 2014 Prof. adjunto concursado na UFSB(UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA) . Assessor de Empreendedorismo Social e Econômico da Progeac (PRO REITORIA DE GESTÃO ACADÊMICA da UFSB).Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Ambiental Critica, Avaliação de Políticas Públicas, Cartografias e Gerenciamento de conflitos socioambientais, nos Processos de Produção de Subjetividades e Inovação Tecnológica.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

Santos, A. M., Lopes, E. R. do N., & Silva Júnior, M. F. da. (2017). Percepção ambiental de estudantes do ensino técnico federal em agropecuária e a contribuição da Educação Ambiental na formação profissional. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 12(2), 136–155. https://doi.org/10.34024/revbea.2017.v12.2315

Edição

Seção

Artigos
Recebido em 2016-03-29
Aceito em 2017-04-01
Publicado em 2017-06-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)