Formas de retorno da pesquisa etnobotânica à comunidade no paradigma da complexidade ambiental e Educação Ambiental

Autores

  • Mariana Martins da Costa Quinteiro
  • Ana Mayumi Gonçalves Tamashiro
  • Moemy Gomes de Moraes

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2013.v8.1803

Palavras-chave:

desenvolvimento sustentável, etnociência, comunidades tradicionais

Resumo

A Educação Ambiental (EA) vem sendo apontada como ferramenta de fundamental importância na aderência da sociedade moderna a novos paradigmas. Definir o ferramental metodológico para implementar a sustentabilidade é um grande desafio. Informações sobre o uso de recursos naturais por populações tradicionais têm oferecido modelos de uso sustentável. O objetivo deste trabalho é investigar a interface entre a Educação Ambiental e a Etnobotânica, pelo paradigma da complexidade ambiental, enfatizando a importância das perspectivas de retorno dos trabalhos para a comunidade. A Etnobotânica, abordada de forma mais complexa, pode fornecer subsídios para realização de ações em EA embasadas na realidade socioambiental e nas formas de cognição específicas das comunidades estudadas. Palavras-chave: desenvolvimento sustentável, etnociência, comunidades tradicionais ABSTRACT Means of returning the ethnobotanical research to the community on the paradigm of environmental complexity and environmental education. The Environmental Education (EE) has been identified as a tool of fundamental importance in the adherence of modern society to the new paradigms. Set the methodological tools for implementing sustainability is a major challenge. Information about the use of natural resources by traditional populations has offered models for sustainable use. The aim of this study is to analyze the interface between Environmental Education and ethnobotany, considering the paradigm of environmental complexity and emphasizing the importance of the prospects of returning the work to the community. Ethnobotany, addressed in a more complex way, might aid the implementation of actions in EE grounded in socio-environmental reality and in the specific forms of cognition of the studied communities. Key-words: sustainable development, ethnoscience, traditional communities

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Moemy Gomes de Moraes

Professora do Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás.

Downloads

Publicado

26-02-2014

Como Citar

Martins da Costa Quinteiro, M., Mayumi Gonçalves Tamashiro, A., & Gomes de Moraes, M. (2014). Formas de retorno da pesquisa etnobotânica à comunidade no paradigma da complexidade ambiental e Educação Ambiental. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 8(1), 91–99. https://doi.org/10.34024/revbea.2013.v8.1803

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2012-05-01
##plugins.generic.dates.accepted## 2012-09-08
##plugins.generic.dates.published## 2014-02-26

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.