Indícios para a formação de sujeito ecológico nos movimentos preparatórios dos seminários de Metodologia G5 Ambiental

Autores

  • Thiago José Bezerra de Lima Instituto Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2024.v19.15608

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Formação do Sujeito Ecológico, Metodologia G5 Ambiental, Movimentos Preparat´órios, Seminários

Resumo

A formação do sujeito ecológico envolve uma mudança fundamental nas percepções, valores e atitudes de uma pessoa em relação ao mundo natural. À vista disso, esse estudo teve como abordagem uma pesquisa-ação por meio da observação participante com o objetivo de averiguar indícios para a formação de sujeito ecológico por meio de apresentações de seminários realizados pelos integrantes de um projeto de aprendizagem baseado na Metodologia G5 Ambiental. Ao final, foi perceptível que os estudantes do projeto elaboravam e planejavam atividades para apresentar o seminário contendo características ecológicas, cidadãs e ecocidadãs.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBERTI T. F. (et al.). Dinâmicas de grupo orientadas pelas atividades de estudo: desenvolvimento de habilidades e competências na educação profissional. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (online), Brasília, v. 95, n. 240, p. 346-362, maio/ago. 2014.

AMARAL, M. T. A dimensão ambiental na cultura educacional brasileira. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 88, n. 218, p. 107-121, jan./abr. 2007.

BOFF, L. Sustentabilidade: o que é – o que não é. Petrópolis, RJ: Vozes, 4 ed. 2015.

CAPRA, F. A Teia da Vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. Tradução: Newton Roberval Eichemberg. São Paulo: Cultrix, 10. ed. 2006. 249p.

CARVALHO, I. C. de M. Educação Ambiental [livro eletrônico]: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2017. 279p.

FRANCO, E. A. S. Projeto Escola & Universidade: a formação do sujeito ecológico. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 9, n. 2, p. 436–450, 2014. DOI: 10.34024/revbea.2014.v9.1837.

GADOTTI, M. Pedagogia da terra: Ecopedagogia e educação sustentável. In: TORRES, C. A. (org.). Paulo Freire y la agenda de la educación latinoamericana en el siglo XXI. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, set. 2001. 360p. Disponível em: <http://biblioteca.clacso.edu.ar/clacso/gt/20101010031842/4gadotti.pdf>. Acesso em: 13 fev. 2023.

HANAZAKI, N. (et. al). Introdução à Ecologia. Florianópolis, SC: Biologia/ead/UFSC, 2. Ed.1. reimp. 2013. 86p.

LEFF, Enrique. Educação Ambiental e desenvolvimento sustentável. In: REIGOTA, M. (Org.). Verde cotidiano, o meio ambiente em discussão. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

LUCKESI, Cipriano Carlos. O Que é Mesmo o Ato de Avaliar a Aprendizagem? Revista Pátio - Novas Perspectivas em Avaliação. Artmed Editora S.A, 3ed, no. 12, fev./abr. 2000.

MANUAL METODOLÓGICO AMA. Caruaru: Universidade Federal de Pernambuco. 2019.

SPAREMBERGER, R.F.L.; RAMMÊ, R S. Direitos humanos e ecocidadania: ambiente, risco e o despertar do sujeito ecológico. Direito e Justiça, Santo Ângelo, v. 11, n. 17, p. 73-92, nov. 2011.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2008. 56p.

Downloads

Publicado

01-06-2024

Como Citar

Lima, T. J. B. de. (2024). Indícios para a formação de sujeito ecológico nos movimentos preparatórios dos seminários de Metodologia G5 Ambiental. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 19(3), 384–401. https://doi.org/10.34024/revbea.2024.v19.15608

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido: 2023-09-06
Aceito: 2024-03-11
Publicado: 2024-06-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.