Cinema e meio ambiente: inter-relações possíveis entre cinedebate, Educação Ambiental e abordagem CTSA

Autores

  • Arnaldo Antonio Silva-Junior Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Luciana Aparecida Farias Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Luiz Afonso Vaz de Figueiredo Professor aposentado do Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA)

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14567

Palavras-chave:

Cinedebate, Educação Ambiental, Ciência e Tecnologia, Meio Ambiente, Socioambientalismo

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo problematizar e avaliar a dinâmica de um cinedebate para se discutir de forma integrada as possíveis inter-relações existentes entre os temas “ciência” e “meio ambiente” que são materializadas em filmes comerciais. Os filmes escolhidos para a ação e que apresentam esses temas foram:  Perdido em Marte (2015), Avatar (2009) e Wall-E (2008). Este estudo teve caráter qualitativo, na forma de um estudo de caso e foi conduzido com estudantes de ensino médio de uma escola pública. As participantes apresentaram uma tendência voltada para o surgimento de concepções globalizantes de Meio Ambiente e, assim, o processo demonstrou potencialidades enquanto estratégia de EA articulada com a abordagem CTSA.

Biografia do Autor

Arnaldo Antonio Silva-Junior, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Análise Ambiental Integrada da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus Diadema-SP, trabalhando com concepções de ciência e tecnologia, representações sociais de meio ambiente, cinema e educação. Possui licenciatura e bacharelado em Química pelo Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA). Atua principalmente nos seguintes temas: ensino de química, estratégias educativas alternativas, cinema e educação científica/ambiental, formação de professores. Professor da Rede Pública do Estado de São Paulo

Luciana Aparecida Farias, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Possui graduação Química pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (1998), mestrado (2002) e doutorado (2006) em Ciências pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado em Educação Ambiental pelo Programa de Interunidades da USP (2015), especialização em Psicologia Transpessoal (2017) e Pintura Espontânea (2019). Tem experiência na área de Química Ambiental, Educação Ambiental e Psicologia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: percepção ambiental, percepção de risco, educação ambiental, educação socioemocional e questões étnico-raciais. Investiga também a relação entre as práticas religiosas Umbanda e Candomblé e a Educação Ambiental, a partir da interpretação da Lei Federal 11.645/08, a qual determina a obrigatoriedade do ensino de história e cultura africana e afro-brasileira nas escolas. Possui curso de produção de documentários na Academia Internacional de Cinema. Atualmente é professora Associada da Universidade Federal de São Paulo, campus Diadema, do Departamento de Ciências Ambientais.

Luiz Afonso Vaz de Figueiredo, Professor aposentado do Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA)

Possui Licenciatura em Ciências Naturais e Química pelo Centro Universitário Fundação Santo André (1982). É mestre em Educação (Área de Educação, Sociedade e Cultura) pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP (2000) e doutor em Ciências (Área de Geografia Física, linha de Paisagem e Planejamento Ambiental) pela FFLCH-DG-Universidade de São Paulo (2010). Atualmente é Professor Doutor aposentado do Centro Universitário Fundação Santo André (docente 1986-2020). Tendo sido professor-pesquisador em tempo integral entre 2000 e 2018. Foi também professor responsável pelo Curso de Especialização em Educação Ambiental e Sustentabilidade e do curso de Especialização em Educação e Prática Docente do Centro Universitário Fundação Santo André (1993-2019). Foi professor convidado da disciplina Poéticas das Imagens e Narrativas Visuais em Educação Ambiental do Curso de Especialização em Educação Ambiental e Recursos Hídricos (CRHEA/EESC/USP)(2006-2012) e docente de diversas disciplinas do Curso de Especialização em Educação Ambiental da Faculdade de Saúde Pública (FSP-USP), entre 1994-1995. Participa desde 2011 como membro pesquisador do Grupo de Pesquisa Geografia, Literatura e Arte (GEOLITERART) (DG-USP) e desde 2022 do Grupo de Pesquisas Formação de Professores para o Ensino Básico, Técnico, Tecnológico e Superior (FoPeTec/IFSP-Itapetinga). Participou como pesquisador colaborador do Laboratório de Estudos do Lazer (LEL/UNESP-Campus Rio Claro, 2011-2018) e como pesquisador associado do Grupo de Estudos e Comunidade Movimentos Docentes (UNIFESP-Diadema) (2021-2022). Foi Professor Mestre de Espeleologia do Curso de Turismo (Área Ecoturismo) do Departamento de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP)(2003-2008). Diretor e membro fundador da Sociedade Brasileira de Ecoturismo (SBEcotur) e do Grupo de Estudos Ambientais da Serra do Mar (GESMAR). Foi presidente da Sociedade Brasileira de Espeleologia (SBE) (gestão 2009-2011) e Vice-presidente (Gestão 2007-2009); coordenador da Seção de Educação Ambiental e Formação Espeleológica (1992-2015), coordenador da Seção de História da Espeleologia (1994-2007) e membro da Seção de Espeleoturismo e da Seção de Relações Internacionais. Foi secretário adjunto da Federación Espeleológica de América Latina y del Caribe (FEALC) (2010-2018). Membro atuante de Redes de Educação Ambiental (REPEA, REBEA, RUPEA, REA-ABC, REASA), desde os anos 1990. Tem experiência na área de Educação e Ciências Ambientais, atuando principalmente nos seguintes temas: educação ambiental e formação socioambiental; metodologias alternativas e formação docente para o ensino de ciências naturais; geopética e paisagens simbólicas; fotografia, narrativas visuais e antropologia visual; fenomenologia da imaginação poética (Bachelard); multirreferencialidade; pesquisa (auto)biográfica; ecoturismo e gestão de áreas protegidas; espeleoturismo; espeleologia; percepção ambiental; ecologia humana; imaginário da aventura; representações sociais de ciência, saúde e meio ambiente; práticas e poéticas pedagógicas.

Referências

ARROIO, A. Context based learning: a role for cinema in science education. Science Education International, v. 21, n. 3, p. 131-143, sep. 2010.

ARROIO, A.; GIORDAN, M. O vídeo educativo: aspectos da organização do ensino. Química Nova na Escola, São Paulo: SBQ, n. 24, p. 8-11, nov. 2006.

BARBOSA, L.C.A.; BAZZO, W.A. O uso de documentários para o debate ciência-tecnologia-sociedade (CTS) em sala de aula. Revista Ensaio, Belo Horizonte, v. 15, n. 3, p. 149-161, set./dez. 2013.

BRASIL. Lei nº 9.795 de 27 de abril de 1999. Institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 07 nov. 2020.

BRASIL. Resolução nº 2, de 15 de junho de 2012. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rcp002_12.pdf>. Acesso em: 26 abr. 2021.

BRIDI, J.C.A.; GONÇALVES, E.C. O cinedebate como espaço de formação do graduando. In: 11º Congresso Nacional De Educação, 2º Seminário Internacional De Representações Sociais, Subjetividade E Educação, 4º Seminário Internacional Sobre Profissionalização Docente. Anais [...] Curitiba, PR, PUCPR, 2013.

CABRAL, M.I.A.; NOGUEIRA, E.M.S. Diálogo entre cinema e Educação Ambiental. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 14, n. 4, p. 106-119. 2019.

CAMBRUSSI, M.F.; SCHEPANIAK, K.S. Cine-debate na escola e a ação de extensão. In: FERREIRA, E.D.; STARIKOFF, K.R.; GÜLLICH, R.I.C. (Orgs.). As experiências formativas do programa de educação tutorial na Universidade Federal da Fronteira Sul. Bagé, RS: Editora Faith, 2019. p. 19-28. Disponível em: <http://www.editorafaith.he.com.br/ebooks/grat/978-85-68221-37-2.pdf#page=20>. Acesso em: 02 out. 2022.

CAMERON, J. (dir.). Avatar. Produção: CAMERON, J.; LANDAU, J. 20th Century Fox, 2009. 1 DVD (161 min.), son., color.

CHAVES, S.N. História da ciência através do cinema: dispositivo pedagógico na formação de professores de ciências. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 5, n. 2, p. 83-93, 2012.

COSTA, E.C.P.; BARROS, M.D.M. Luz, câmera, ação: o uso de filmes como estratégia para o ensino de Ciências e Biologia. Revista Práxis, Volta Redonda, RJ, v. 6, n. 11, p. 81-93, jun. 2014.

CUNHA, M.B.; GIORDAN, M. A imagem da ciência no cinema. Química Nova na Escola. São Paulo: SBQ, v. 31, n. 1, p. 9-17, fev. 2009.

DIAS, C.A. Grupo focal: técnica de coleta de dados em pesquisas qualitativas. Informação & Sociedade, v. 10, n. 2, p. 141-158, 2000.

FARIAS, L.A. et al. Opposite shores: a case study of environmental perception and social representations of public school teachers in Brazil. International Research in Geographical and environmental education, fev. 2017.

GIL-PÉREZ, D. et al. Para uma imagem não deformada do trabalho científico. Ciência e Educação, Bauru, SP, v. 7, n. 2, p. 125-153, 2001.

GODOY, A.S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades: uma revisão histórica dos principais autores e obras que refletem esta metodologia de pesquisa em ciências sociais. Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 2, p. 57-63, mar./abr. 1995.

HOLANDA, A. Questões sobre pesquisa qualitativa e pesquisa fenomenológica. Análise Psicológica, v. 3, n. 24, p. 363-372, 2006.

LEFF, E. Epistemologia Ambiental. São Paulo: Cortez, 2010. 237 p.

LOUREIRO, C.F.B. Trajetórias e fundamentos da Educação Ambiental. 4. Ed. São Paulo: Cortez, 2012. 150 p.

MACHADO, C.A. Filmes de ficção científica como mediadores de conceitos relativos ao meio ambiente. Ciência & Educação, Bauru, SP, v. 14, n. 2, p. 283-294, 2008.

MARCELLO. F.A.; RIPOLL, D. A Educação Ambiental pelas lentes do cinema documentário. Ciência & Educação, Bauru, SP, v. 22, n. 4, p. 1045-1062, 2016.

MARCONDES, M.E.R. et al. Materiais instrucionais numa perspectiva CTSA: uma análise de unidades didáticas produzidas por professores de química em formação continuada. Investigações em Ensino de Ciências, v. 14, n. 2, p. 281-298, 2009.

MARTINS, H.H.T.S. Metodologia qualitativa de pesquisa. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n. 2, p. 289-300, maio/ago. 2004.

NAZÁRIO, C.L. Vídeo: reflexões sobre a linguagem e o seu uso na educação. In: PHILIPPI JR, A.; PELICIONI, M. C. F. (Orgs.). Educação Ambiental e Sustentabilidade, Barueri, SP: Manole, 2005. p. 529-545.

PIASSI, L.P. Clássicos do cinema nas aulas de ciências - a física em 2001: uma odisseia no espaço. Ciência & Educação, Bauru, SP, v. 19, n. 3, p. 517-534, 2013.

PRATES, L.A. et al. A utilização da técnica de grupo focal: um estudo com mulheres quilombolas. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 31, n. 12, p. 2483-2492, dez. 2015.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 1995.

SAITO, C.H.; MARQUES, K. Educação Ambiental numa perspectiva dialógico-problematizadora e o XI Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA). Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 104-112. 2010.

SANTOS, C.M.B. et al. Cinema e Recepção: Reação de Estudantes de Comunicação Social/Jornalismo Diante a Prática da Profissão no Filme “O Quarto Poder”. In: 39º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Anais [...] São Paulo, SP: Intercom, 2016.

SANTOS, M.O.S.; GURGEL, I.G.D.; AUGUSTO, L.G.S. Documentário e cinedebate como estratégia de pesquisa-ação em saúde: comunicando perigos, construindo saberes, promovendo saúde. Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória: Editora UFES, v. 20, n. 2, p. 129-139, abr./jun. 2018.

SANTOS, P.C. 2010. 179f. A utilização dos recursos audiovisuais no ensino de ciências: tendências entre 1997 e 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo (USP). Disponível em: <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-26042010-092942/publico/Dissertacao_Priscilla_Carmona.pdf>. Acesso em: 02 out. 2022.

SAUVÉ, L. Uma cartografia das correntes em Educação Ambiental. In: SATO, M., CARVALHO, I. (Orgs). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed, 2005. p. 17-44.

SCOTT, R. (dir.). The Martian. Produção: KINBERG, S.; SCOTT, R.; SCHAEFER, M.; SOOD, A.; HUFFAM, M. 20th Century Fox, 2015. 1 DVD (141 min.), son., color.

SILVA, C.L.C. et al. Pesquisa qualitativa na área da saúde: grupos focais. Rev. Fac. Claretianas, Batatais, SP, n. 9, p. 130-143, jan./dez. 2000.

SILVA, P.A.V.B.; ARAÚJO, M.S.T. Abordagem de temas de Educação Ambiental sob o enfoque CTSA no ensino médio no município de Barueri-SP. In: 2º Seminário Hispano Brasileiro-CTS. Anais [...]. São Paulo, SP: UNICSUL 2012. Disponível em: <https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/400/336>. Acesso em: 02 out. 2022.

SILVA, R.L. 2019. 162f. Interfaces entre a Educação Ambiental e a Educação CTS e CTSA no Brasil: possibilidades e limitações. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências) – Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus, BA. Disponível em: <http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/201710069D.pdf>. Acesso em: 02 out. 2022.

STANTON, A. (dir.). Wall-E. Produção: MORRIS, Jim. Walt Disney Studios Motion Pictures, 2008. 1 DVD (97 min.), son., color.

Downloads

Publicado

01-04-2023

Como Citar

Silva-Junior, A. A., Farias, L. A., & Figueiredo, L. A. V. de. (2023). Cinema e meio ambiente: inter-relações possíveis entre cinedebate, Educação Ambiental e abordagem CTSA. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 18(3), 413–430. https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14567

Edição

Seção

Relatos de Experiências
##plugins.generic.dates.received## 2022-11-02
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-01-26
##plugins.generic.dates.published## 2023-04-01

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.