Meio ambiente, discurso e identidade em uma comunidade de pesca

Autores

  • Sergio Arruda de Moura Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF-RJ)
  • Arthur Nogueira Garcia Pinho Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14313

Palavras-chave:

Discurso; Identidade; Cultura; Meio Ambiente.

Resumo

O artigo tem como objetivo abordar o discurso de pescadores sobre o impacto ambiental causado pela exploração petroleira e outros desequilíbrios ecológicos em torno da atividade das comunidades pesqueiras da Praia do Siqueira, Cabo Frio (RJ). Metodologicamente, procede-se à análise crítica do discurso em contexto de conflito social em que se verificam assimetrias de poder. Conclui que sujeitos reagem à problemática que impede a mudança social por meio de uma prática social reativa. Esse artigo resulta de pesquisa financiada pelo Projeto de Educação Ambiental (PEA) Pescarte, como medida de mitigação exigida pelo Licenciamento Ambiental Federal, conduzido pelo IBAMA-Petrobras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CENSO PEA PESCARTE. Projeto de mitigação ambiental PETROBRAS/ IBAMA/UENF. Campos dos Goytacazes, 2016.

COSTA, K. V. Expressões do conflito socioambiental na Comunidade pesqueira artesanal no litoral norte do Rio de Janeiro. In: TIMÓTEO, G. (org.). Educação Ambiental com participação popular: avançando na gestão democrática do ambiente. 2.ed. rev. e ampl. Campos dos Goytacazes, RJ: EdUENF, 2019, p. 184-197.

FAIRCLOUGH, N. Discurso e mudança social. Tradução (coordenação) Izabel Magalhães. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001 [1984].

FOUCAULT, M. A. Ordem do Discurso. Tradução Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Edições Loyola, 2006 [1971].

FOWLER, R. Sobre a Linguística Crítica. Tradução Débora de Carvalho Figueiredo e Delcimeris Schlottfeldt de Oliveira. Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubarão, v. 4, n.esp, p. 207-222, 2004.

MAGALHÃES, I. Introdução: a análise de discurso crítica. D.E.L.T.A., vol. 2, n. 2 spe. São Paulo, 2005. Disponível: <https://doi.org/10.1590/S0102-44502005000300002>. Acessado em 4/3/2021.

MAGALHÃES, I. Por uma análise crítica e explanatória do discurso. D.E.L.T.A., vol. 2, n. 2, 1986, p. 181-205.

RODRIGUES-JÚNIOR, A. S. Análise crítica do discurso: modismo, teoria ou método? RBLA, Belo Horizonte, v. 9, n. 1, 2009, p. 99-132.

SILVA, Elaine Ferreira da et al. Análise da percepção ambiental dos moradores do entorno das lagoas de Piratininga e Itaipu, Niterói (RJ). Revista Brasileira de Educação Ambiental. São Paulo, V. 16, N. 2: 446-469, 2021.

TIMÓTEO, G. Apresentação. In: Educação Ambiental com participação popular: avançando na gestão democrática do ambiente. 2.ed. rev. e ampl. Campos dos Goytacazes, RJ: EdUENF, 2019, p. 4-11.

VAN DIJK, T. Discurso e contexto. Tradução Rodolfo Ilari. São Paulo: Contexto 2017 [2011].

VAN DIJK, T. T. Discurso e poder. Tradução J. Hoffnagel, A. R. Vieira, L. Mozdzenski, B. G. Bezerra, R. Castro, K. Falcone. São Paulo: Contexto, 2017 [2008].

Downloads

Publicado

01-04-2023

Como Citar

Moura, S. A. de, & Pinho, A. N. G. (2023). Meio ambiente, discurso e identidade em uma comunidade de pesca. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 18(3), 249–264. https://doi.org/10.34024/revbea.2023.v18.14313

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2022-09-09
Aceito: 2023-01-26
Publicado: 2023-04-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.