Contribuições da Secretaria Municipal de Educação em Macapá (AP) para a Educação Ambiental

Autores

  • Delma Maria Correia Cirilo Universidade Brasil - SP
  • Denise Regina da Costa Aguiar Universidade Brasil - SP
  • Leonice Domingos dos Santos Cintra Lima Universidade Brasil - SP

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v15.12248

Palavras-chave:

Palavras-Chave: Meio Ambiente; Educação Crítico-emancipatória; Conscientização.

Resumo

O objetivo do presente artigo é investigar o planejamento e as orientações das ações de Educação Ambiental (EA) da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), vivenciadas nas escolas públicas do Ensino Fundamental I de Macapá (AP) em 2021. É uma pesquisa bibliográfica de caráter exploratório com revisão da literatura. Os dados foram coletados em documentos oficiais de domínio público e na forma digital do site da Secretaria Municipal de Educação, bem como nos registros dos planos e Projetos Políticos Pedagógicos de três escolas referendadas pela SEMED e indicadas como experiências exitosas. A pesquisa mostrou a implementação da Educação Ambiental no âmbito da SEMED e se observou nas escolas práticas ambientais em uma perspectiva crítico-emancipatória, com autonomia, tendo o educando como protagonista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMAPÁ. Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Amapá. Macapá-AP: SEMA-AP, 2015. Disponível em: anwww.sema.ap.gov.br. Acesso em: 8 fev. 2021.

BRASIL. Lei 73.030 de 30 de outubro de 1973. Cria, no âmbito do Ministério do Interior, a Secretaria Especial de Meio Ambiente. Brasília: DF, 1973. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 15 fev. 2021.

BRASIL. Lei 6.938 de 31 de agosto de 1981. Estabelece a Política Nacional de Meio Ambiente. Brasília, DF, 1981. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 16 fev. 2021.

BRASIL. UNCED - Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento. Agenda 21 (global), em português. Ministério do Meio Ambiente – MMA. Brasília, DF, 1992. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/se/agen21/>. Acesso em: 8 fev. 2021.

BRASIL. Lei Federal n º 9.394/96 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. Acesso em: 16 fev. 2021.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: meio ambiente, saúde. Secretaria de Educação Fundamental: Brasília, DF, 1997. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br>. Acesso em: 14 de abr.2021.

BRASIL. Lei nº 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, 1999. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. Acesso em: 15 fev. 2021.

BRASIL. Descreto nº 4.281 de 25 de junho de 2002. Regulamenta a Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999, que institui a Política Nacional de Educação Ambiental. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 17 fev. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 8 de 6 de março de 2012. Ementa, Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, DF, 2012a. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. Acesso em: 17 fev. 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº2/2012. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, DF, 2012b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br .Acesso em: 18 fev. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 14/2012. Aprovado em 6 de junho de 2012, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, DF, 2012c. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. Acesso em: 18 fev. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução no 2, de 15 de junho de 2012. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 2012d. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. . Acesso em: 11 mai. 2021.

CARVALHO, I.C.M. Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004.

CORDANI, U. G.; BRITO NEVES, B. B. The Geologic Evolution of South America during the Archean and Early Proterozoic, Rev. Bras. Geoc, V.12, n.1-3, pp.78-88, 1982.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários a prática educativa. 18. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2009.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 63. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017.

GADOTTI, M. Pedagogia da terra. São Paulo: Pierópolis, 2008.

GUIMARÃES, M. A dimensão ambiental na educação. 11. ed. Campinas, SP: Papirus, 2017. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico).

IBGE. Cidades: Panorama. Macapá, 2021. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/ brasil/ap/Macapá/panorama>. Acesso em: 9 fev. 2021.

LAYRARGUES, P.P.; LIMA, G.F. Mapeando as macrotendências político-pedagógicas da Educação Ambiental contemporânea no Brasil. Anais do VI Encontro “Pesquisa em Educação Ambiental “A Pesquisa em Educação Ambiental e a Pós-Graduação no Brasil, Ribeirão Preto, setembro de 2011. Disponivel em: <http://www.epea.tmp.br/viepea/epea2011_anais/busca/pdf/epea2011-0132-1>. Acesso em: 6 abr. 2021.

LEFF, E. Saber Ambiental: Sustentabilidade, Racionalidade, Complexidade, Poder. 1. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

LOUREIRO, C.F.B.; LAYRARGUES, P.P.; CASTRO, R. de S. (orgs.). O cinismo da reciclagem: o significado ideológico da reciclagem da lata de alumínio e suas implicações para a Educação Ambiental. São Paulo: Cortez, 2002.

MACAPÁ. Plano Municipal de Educação de Macapá. Macapá: PME-MCP. SEMED-AP, 2020. Disponível em: <https://macapa.ap.gov.br/unidade-administrativa/semed/>. Acesso em: 8 fev. 2021.

PEREIRA, S. O.; CINTRA, D. L. Dissertação: Políticas públicas federais e população quilombola: o caso da comunidade Lagoa do Índios – Amapá. São Paulo: Univerdidade Brasil, 2019.

REIGOTA, M. O que é Educação Ambiental. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 2014. (Coleção primeiros passos).

SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

SOARES, F. D.; FREITAS, J. R. da S. A percepção dos discentes do Curso Técnico em Mineração do Instituto Federal do Amapá, campus Macapá, sobre Educação Ambiental. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 15, n. 1, p. 288–309, 2020.

TEIXEIRA, J. V. S.; PALHARES, A. A.; CARVALHO, F. M. P. de; SANTOS, K. V. B.; SILVA, R. F. Lei de Educação Ambiental em Minas Gerais: burocrática e inconstitucional?. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 16, n. 6, p. 378–396, 2021.

Downloads

Publicado

01-10-2022

Como Citar

Cirilo, D. M. C., Aguiar, D. R. da C., & Lima, L. D. dos S. C. (2022). Contribuições da Secretaria Municipal de Educação em Macapá (AP) para a Educação Ambiental. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 17(5), 203–223. https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v15.12248

Edição

Seção

Relatos de Experiências
Recebido: 2021-05-31
Aceito: 2022-07-29
Publicado: 2022-10-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)